Machado defende há mais de 15 dias o escalonamento anunciado pelo PMA

Redação, 02 de Abril , 2021

A situação do transporte público em Aracaju, em meio ao cenário mais crítico da pandemia de Covid-19 apontado pela Fiocruz, preocupa os órgãos de saúde e acendeu um alerta para as autoridades. Nesta quinta-feira (1), o prefeito da cidade, Edvaldo Nogueira explicou que o escalonamento dos horários de atividades econômicas do município foi sugerido pelo Comitê Científico para reduzir aglomerações nos coletivos. Desse modo, os órgãos da Prefeitura da capital que prestam serviços não-essenciais passarão a funcionar das 9h às 15h, a partir da próxima segunda-feira, 5.

O Ex-Deputado Federal José Carlos Machado acredita que essa deve ser uma medida somatória, e não única, para evitar a propagação do vírus. “O escalonamento nos horários dos serviços evita a procura do sistema de transporte pelos usuários ao mesmo tempo. Mas se tornaria mais eficaz contra aglomeração se associado às ações de fiscalização ao uso de máscara, disponibilização de álcool gel nos terminais de transportes coletivos e redução do número de passageiros por coletivo.

Por fim, Machado defende que o grupo de trabalho volte a se reunir até sábado com os diversos setores da economia para chegar a um consenso sobre escalonamento das atividades econômicas e que representantes da Câmara de Vereadores façam parte desse grupo.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

O que você está buscando?