Clube e dirigentes de time de futebol são condenados por testes falsos de covid

Redação, 22 de Abril , 2021 - Atualizado em 22 de Abril, 2021

O ex-gestor do Mesquita Futebol Clube, formação do Rio de Janeiro, foi punido com 1440 dias de suspensão por alegadamente ter falsificado testes à covid-19 durante a disputa da última edição da Série B do campeonato carioca, que terminou em fevereiro, segundo avança a imprensa brasileira.

António Carlos Dias de Souza vai ter ainda de pagar uma multa de cerca de 4500 euros.

A 7.ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro puniu ainda o presidente e o ex-presidente do clube a 120 dias de suspensão.

O clube e dirigentes foram citados no artigo 234 (falsificação de documentos) e 258 (conduta antiética desportiva).

O que você está buscando?