“Eu não quero o mandato de Adailton, apenas fiz o que deveria, como vice-prefeito”

Redação, 10 de Maio , 2021 - Atualizado em 10 de Maio, 2021

Alguns sites de notícias publicaram uma matéria na última sexta, afirmando que o “vice-prefeito de Itabaiana exige assumir mandato de Adailton”.

O vice-prefeito de Itabaiana, Everton Cunha, o Neném de Verso emitiu uma nota de esclarecimento à população itabaianense, a respeito de informações que circulam em alguns sites de notícias.

Alguns sites publicaram uma matéria com a seguinte informação: “sem amparo legal, o vice-prefeito de Itabaiana exige assumir o mandato de Adailton”.

Foto: Instagram 

Em sua nota de esclarecimento, Neném disse que isso não é verdade. “Eu não quero o mandato de Adailton, apenas fiz o que deveria, na minha função de vice-prefeito”.

Segundo o vice-prefeito, como o prefeito Adailton estava afastado, já há dez dias, ele não poderia se omitir e deixar o município sem comando, principalmente neste momento de pandemia, que exige muitos esforços das gestões.

“Assumir a prefeitura, caso o prefeito Adailton não retornasse, seria um direito, e OBRIGAÇÃO minha, para com a população de nosso município; somente por isso encaminhei o documento à Câmara. Eu não quero o mandato de Adailton e nem traí ele, como informou a matéria”, completou Neném.

Ainda conforme ele, o documento enviado à Câmara, tem como base o que diz a Lei Orgânica do Município, conforme o Artigo 56, que diz o seguinte:

“O prefeito e o vice-prefeito, quando no exercício de cargo não poderão, sem licença da Câmara Municipal, ausentar-se do município por período superior a 10 dias, sob pena do cargo ou do mandato”. 

Neném disse ainda que está muito feliz com a cura de Adailton, o seu retorno a Itabaiana, e às suas funções.

Por: assessoria 

O que você está buscando?