Presidente da CBVD acompanha visita da primeira-dama Michelle Bolsonaro ao Centro de Treinamento Paralímpico

Redação, 09 de Junho , 2021


Foto: Instagram Michelle Bolsonaro

O presidente da Confederação Brasileira de Voleibol para Deficientes (CBVD), Ângelo Alves Neto, acompanhou a comitiva que visitou as instalações do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, na última terça-feira, 8. A visita institucional contou com a presença da primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, que esteve acompanhada pelo secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães, pelo secretário adjunto do Esporte, André Alves, e pelo secretário do Paradesporto e técnico da seleção de vôlei sentado feminino, Agtônio Guedes.

Na agenda oficial da comitiva estava a assinatura de uma carta de intenção para um acordo de cooperação técnica entre o Comitê Paralímpico Brasileiro e a Secretaria Especial do Esporte. O documento prevê cursos de capacitação, oferecido pelo CPB, aos profissionais que atuam nos programas da secretaria. A data para a assinatura ainda não foi marcada.

A comitiva também assistiu o primeiro dia de seletiva de atletismo, que define vagas para os Jogos Paralímpicos da modalidade; acompanhou a aplicação da segunda dose da vacina em 220 atletas que competirão em Tóquio, em estrutura montada dentro do CT. Dentre os vacinados, estavam as atletas da seleção feminina de vôlei sentado, atuais medalhistas de bronze no Rio 2016.

Satisfeito em ter toda a seleção feminina imunizada contra o covid-19, o presidente da CBVD comentou a honra em poder acompanhar toda a comitiva. “Hoje é um dia especial para todo o esporte paralímpico brasileiro porque nossos atletas estão sendo imunizados com a segunda dose da vacina, fruto de uma doação do Comitê Internacional. Também pude acompanhar a assinatura do termo de intenção de cooperação que irá beneficiar diversas pessoas que poderão saber de verdade quais são as nossas dificuldades”, salientou Ângelo Alves Neto.

Como bom anfitrião, o presidente do CPB, Mizael Conrado, recepcionou a todos e acompanhou toda a comitiva durante a visita ao Centro de Treinamento Paralímpico. “Nossa missão é promover o esporte paralímpico, da iniciação ao alto rendimento, e a inclusão da pessoa com deficiência na sociedade. Esse nosso espaço vai contribuir para a formação de muitos campeões, e, mais do que isso, vai construir a cidadania de muita gente e dar oportunidade para que muitas pessoas acessem estruturas que todo mundo acessa”, afirmou.

O secretário do Paradesporto e técnico da seleção de vôlei sentado feminino, Agtônio Guedes, destacou a importância da parceria entre as instituições. “Quando falamos em igualdade de oportunidades para as pessoas com deficiência temos que pensar que é necessário termos a capacitação dos profissionais para atenderem essas pessoas. O CPB tem essa expertise, através de um programa de educação à distância que pode chegar a todo o Brasil. O que vamos fazer é ampliar isso para que todos os projetos da Secretaria Especial do Esporte sejam atendidos por esse programa. Isso vai permitir que os nossos profissionais, lá na ponta, no interior do Brasil, tenham capacitação para oportunizar às crianças e jovens com deficiência o acesso à prática esportiva”.

A primeira-dama destacou a alegria em participar desse encontro e poder acompanhar, um pouco, do dia a dia do esporte paralímpico. “É um momento de alegria participar desse encontro, conhecer as instalações do Comitê Paralímpico. Saio daqui com o coração cheio de alegria por ver que as pessoas com deficiência estão tendo seus direitos respeitados e que por meio desses direitos eles poderão ter um bom desempenho em suas modalidades. O esporte realmente é transformador e traz mudanças para aquelas pessoas que ficaram por tanto tempo invisíveis na sociedade. É um trabalho lindo”, completou Michelle Bolsonaro.

*Com informações do Ministério da Cidadania
Fonte: Assessoria de Imprensa/CBVD

O que você está buscando?