Governador Belivaldo autoriza obras de rodovias que ligam Lagarto a Itabaiana e Macambira

Ordens de serviço contemplam a reestruturação da rodovia SE-255, no acesso ao município de Macambira, e trechos da SE-170, entre os municípios de Macambira, Campo do Brito, Lagarto e Itabaiana. O investimento total é de cerca de R$ 25 milhões

Redação, 24 de Julho , 2021 - Atualizado em 24 de Julho, 2021


Dando prosseguimento ao programa de recuperação da malha rodoviária estadual, o governador Belivaldo Chagas assinou três ordens de serviço, nesta sexta-feira (23), para a reestruturação da rodovia SE-255, no acesso ao município de Macambira, e trechos da SE-170, entre os municípios de Macambira, Campo do Brito, Lagarto e Itabaiana. O investimento total é de cerca de R$ 25 milhões.

“Um dia realmente importante para a região. Investimentos de aproximadamente R$ 25 milhões e mais 46 km de rodovias que serão praticamente reconstruídas, um compromisso que assumimos e estamos cumprindo graças a Deus. Os recursos financeiros estão garantidos, a ordem de serviço foi assinada e o que precisa agora é só a empresa começar e terminar no menor espaço de tempo possível”, disse o governador.

De acordo com Belivaldo, além de todos os benefícios para região, os investimentos contribuem para movimentar a economia e somam-se as demais ações do governo para o desenvolvimento do estado. “Economia aquecida, finanças do Estado melhorando cada vez mais, o que desde o primeiro momento também foi o meu foco: arrumar a casa, preparar Sergipe para o futuro. Um gestor não pode governar pensando só no hoje, mas também no amanhã. E pretendo deixar o estado em ótimas condições de governabilidade para que o próximo governador não sofra tanto quanto tenho sofrido, pois além das dificuldades financeiras, com a pandemia não tem sido fácil, mas graças a Deus estamos conseguindo fazer um bom trabalho”, destacou.

Realizada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), as obras fazem parte do Pró-Rodovias, dentro do Programa de Recuperação da Economia – Avança Sergipe. O morador de Campo do Brito, João da Cruz, afirmou que a recuperação das rodovias ajudará a fortalecer o comércio dos produtos produzidos no campo. “A economia aqui é a agricultura, feijão, milho. A estrada vai ficar boa para gente fazer o transporte até a cidade. Sou filho daqui, tenho 72 anos, e é um sofrimento com a estrada ruim. A recuperação traz a esperança de diminuir os acidentes e melhorar a situação”, declarou.

Além de facilitar o escoamento da produção agrícola e a ligação entre os territórios Agreste Central e Centro Sul sergipanos, os investimentos em infraestrutura rodoviária contribuirão para o acesso a municípios que compõem roteiros turísticos na região, dentro do projeto da Rota da Farinha, que visa ofertar turismo ecológico e de experiência nos municípios de Campo do Brito, São Domingos e Macambira.

O prefeito de Campo do Brito, Marcell Souza, falou da importância estratégica da obra para toda a região. “Quero dizer, governador, da nossa alegria por uma obra tão esperada por todos que aqui residem e transitam diariamente, uma obra que interliga as duas maiores cidades do interior sergipano, Lagarto e Itabaiana, não apenas as duas cidades, mas as duas regiões mais desenvolvidas e mais dinâmicas do nosso estado. Uma obra que, tenho certeza, que por sua vontade, governador, já teria sido feita há muito tempo, mas essa pandemia acabou atrapalhando os planos, mas hoje dando o pontapé inicial, um investimento de mais de R$ 25 milhões do Estado, fruto do seu esforço. Serão mais de 46 km de vias reconstruídas que trarão desenvolvimento aqui para nossa região. Existem mais de 500 casas de farinha nesses três municípios, é um povo trabalhador que acorda cedo para sustentar sua família. É um trabalho árduo fazer farinha e centenas de caminhões circulam aqui semanalmente, trazendo desenvolvimento, gerando emprego e renda. Então, em nome de todos os farinheiros, de toda população desses três municípios, quero agradecer por esse investimento aqui em nossa região”, ressaltou.

Rota da Farinha

A Rota da Farinha soma mais de 600 unidades produtoras dos derivados da mandioca, uma atividade artesanal, baseada na agricultura familiar, e que fomenta a economia da região Agreste. A Rota conta ainda com ambientes naturais de grande relevância para o turismo, por se tratar de áreas com belezas naturais, importantes aspectos geológicos, que dão origem às serras, e recursos hídricos que propiciam áreas de banho e contato com a natureza.

Na oportunidade, o secretário de Estado do Turismo, Sales Neto, ressaltou a importância da obra para o roteiro turístico. “É o governo do Estado preocupado com a infraestrutura rodoviária da região, que ao mesmo tempo ajuda a fomentar esse novo produto turístico que é a Rota da Farinha. Nós iniciamos esse processo de construção desse novo produto turístico do estado, a Rota da Farinha, que já se beneficia ganhando do Governo de Sergipe essa infraestrutura rodoviária que é fundamental para que os turistas possam se deslocar até aqui. Então é muito importante essa preocupação do governador Belivaldo Chagas com o desenvolvimento do turismo”, explanou.

O roteiro unirá o turismo ecológico, rural, gastronômico e de base comunitária proporcionando aos turistas uma experiência imersiva, unindo a cultura local, trilhas, cachoeiras, visitas guiadas às casas de farinha, e degustação da culinária típica local. “Nós iniciamos todo o processo de inventário dos atrativos turísticos da região, do ecoturismo, das casas de farinha, do turismo rural, o turismo de base comunitária e o turismo de experiência. Então a secretária de turismo e as secretarias municipais, já que contamos com todo o apoio dos prefeitos de Macambira, São Domingos e Campo do Brito, já estão trabalhando nesse inventário para que, a partir dele, a gente possa criar os produtos turísticos. E uma notícia importante é que um empresário da região, proprietário da fazenda onde fica a Cachoeira de Macambira, já se uniu a esse projeto e irá construir o primeiro produto da Rota da Farinha: a Casa da Farinha, com restaurante e camping, no local da cachoeira de Macambira”, informou.

Serviços 

Para as obras da rodovia SE-255, a reestruturação abrangerá aproximadamente 9,3 quilômetros, que vão do entroncamento da SE-170 (Campo do Brito) à sede municipal de Macambira, com investimentos no valor de R$ 4.953.618,80. No que diz respeito à obra da rodovia SE-170, no trecho entre Campo do Brito e Lagarto, a extensão total do serviço será de 28,16 quilômetros, com investimento de R$ 15.136.042,94. Já no trecho que liga os municípios de Campo do Brito e Itabaiana, o serviço de reestruturação terá investimento de R$ 4.922.436,16 e a extensão de aproximadamente 8,7 quilômetros. 

As rodovias possuem largura de 8 metros e as obras irão contemplar serviços de reciclagem com adição de brita; imprimação; pintura de ligação; implantação de camada em pavimentação asfáltica com vibroacabadora, assim como de sinalização horizontal e vertical com pintura termoplástica de faixas e zebrados, placas de sinalização vertical e tachas refletivas. Além disso, será realizada a drenagem completa e executada a base e sub-base de trechos específicos.

As obras autorizadas nesta sexta-feira integram-se a outras do Pró-Rodovias já em andamento na região, que formam um corredor rodoviário entre as regiões Centro Sul e Agreste de Sergipe. No trecho da Rodovia SE-170, entre Lagarto e Riachão do Dantas, a recuperação dos 19 km está com 96% dos serviços executados. Com investimentos de quase R$ 20 milhões, provenientes do Tesouro Estadual, a recuperação da SE-170, no trecho entre Riachão do Dantas e Tobias Barreto, está com 99% dos serviços executados. Em junho, foram autorizados os serviços de duplicação da entrada da cidade de Lagarto pela Rodovia Lourival Baptista, no Centro Sul Sergipano. São 2,02 km de rodovia, compreendendo o trecho do entroncamento da SE-170, que liga os municípios de Lagarto a São Domingos, e o entroncamento da mesma Rodovia (SE-170), ligando os municípios de Lagarto a Riachão do Dantas. 

 

po: ASN

O que você está buscando?