Polícia Militar apreende animais num abatedouro clandestino em Lagarto

Carne foi destinada para a alimentação de animais do Parque da Cidade

Redação, 30 de Agosto , 2021 - Atualizado em 30 de Agosto, 2021

Na noite da última sexta-feira (27), o 7º Batalhão de Polícia Militar apreendeu dois porcos em um abatedouro clandestino no povoado Colônia Treze, no munincípio de Lagarto. O ocorrido se deu após o recebimento de uma denúncia sobre o funcionamento impróprio do espaço.

Na ocasião, a equipe da PM se dirigiu até o local, onde encontrou dois porcos recém-abatidos e limpos num imóvel que funcionava ilegalmente como abatedouro. Eles foram apreendidos e entregues à Delegacia Regional de Lagarto, onde a Polícia iniciou investigações acerca da destinação dos animais.

De acordo com um dos delegados da unidade, Felipe Andrade, a PC realizou solicitou exames periciais para comprovar a não adequalibidade do local para a prática do abate de animais, assim como também buscou encaminhar a carne dos animais apreendidos, de forma adequada e respeitando a legislação ambiental e sanitária.

Diante do contexto, a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) foi contatada para dar direcionamento à carga suína e prontamente auxiliou na ocorrência. Assim, o orgão decidiu destinar os porcos para a alimentação de animais do Parque José Rolemberg Leite (Parque da Cidade), em Aracaju.

O proprietário da localidade onde os animais estavam vai responder pelo delito de infração de medida sanitária preventiva. A Polícia Civil reitera que a prática de abatimentos de animais em locais irregulares, ou seja, não licenciados pelo poder público, é configurada como crime. Denúncias do tipo podem ser feitas de forma sigilosa por meio do número do Disque-Denúncia, 181.

O que você está buscando?