Alessandro Vieira aprova relatório que permite mais inclusão na educação

Redação, 02 de Setembro , 2021

A Comissão de Educação do Senado aprovou nesta quinta (2) projeto relatado pelo senador Alessandro Vieira que trata da inclusão de pessoas com deficiência na educação. A aprovação foi em caráter terminativo - ou seja, não precisará passar pelo plenário da casa. A lógica do projeto é integrar o aluno com deficiência ao ambiente escolar pleno, ao invés de segrega-lo em escolas ou classes especiais.

Alessandro Vieira relatou o Projeto de Lei N° 278 de 2016, de autoria do Senador Romário. O projeto modifica a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, reforçando o apoio aos educandos com deficiência nas instituições de ensino. Ao invés de segregar as pessoas com deficiência, a proposta entende que estes devem estar junto com os demais alunos. Para isso, ele garante profissionais de apoio escolar aos estudantes com deficiência, em número adequado, a fim de auxiliar na superação de barreiras e no atendimento de suas necessidades pessoais e pedagógicas.

O senador rebateu o ministro da Educação, Milton Ribeiro, que disse, em entrevista recente, que "alunos com deficiência atrapalham o aprendizado de outras crianças sem a mesma condição". Depois disso, o ministro pediu desculpas. "Ao contrário do que disse o ministro, a inclusão de alunos com deficiência não atrapalha o ensino. A saída não é segregá-los e sim incluí-los nas nossas escolas regulares. Para isso, é preciso ter profissionais com formação para um apoio e atendimento de suas necessidades pessoais e pedagógicas. Com isso, todos ganham."

Fonte: Assessoria de Imprensa

O que você está buscando?