O que muda em Sergipe com a fusão entre DEM e PSL

Redação, 04 de Setembro , 2021

DEM  e PSL vão se fundir e formar o maior partido do País. Segundo divulgou a Globo News, as conversas se aprofundam e a união já tem data para acontecer: dia 21 de setembro numa grande festa das duas legendas.

A união das duas legendas, além das presidências das Casas Legislativas, o DEM e PSL querem formar uma expressiva bancada na Câmara (hoje, DEM tem 27 deputados e PSL, 53) além de estarem de olho no fundo partidário do PSL – só em 2019, de cerca de R$ 110 milhões, além do tempo para o horário eleitoral.

Segundo ainda informação de um parlamentar federal de Sergipe, os dois partidos estão definindo novo nome e qual o número da sigla. A possibilidade é que mantenha o 25 do DEM, porque o PSL acha que o seu número, o 17, associa o partido ao presidente Bolsonaro.

Com a união do DEM e PSL o pleito em Sergipe para 2022 pode ter mudanças, inclusive porque o PSL é diretamente vinculado ao senador André Moura e o DEM à senadora Maria do Carmo Alves e ao presidente da sigla no Estado, José Carlos Machado, candidato a deputado federal.

Fonte: FaxAju

O que você está buscando?