Povão “fica em casa” e Dória, Ciro e Mandetta ficam “vermelhos”... de vergonha!

Habacuque, 15 de Setembro , 2021

Após a histórica mobilização nacional, que ganhou as ruas de todas as capitais brasileiras, no último 7 de setembro, com uma parcela significativa da população apoiando e defendendo o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a grande expectativa ficou para os movimentos organizados por seus adversários políticos, sobretudo aqueles mais críticos de seu governo, que tentam construir “narrativas” durante a pandemia, que a todo custo tentaram responsabilizar o chefe do Executivo pelas perdas para a covid-19.

A “resposta” dada pelo povão a alguns dos principais adversários do presidente Bolsonaro foi muito “dura” e reflete, verdadeiramente, dois sentimentos do momento: o primeiro deles, e muito claro, é que mesmo diante de tantos problemas, das pressões políticas, do desequilíbrio da economia e alta dos preços, dos conflitos institucionais, além da “politização da grande mídia”, o governo mantem sua densidade eleitoral. Isso foi dito aqui por este colunista no 7 de setembro. O “recuo” do presidente, após aquela manifestação, em relação aos conflitos com o STF foi estratégico...

No domingo seguinte (12), diante de tantas críticas contra o governo do presidente, o que se esperava era uma grande mobilização organizada pelo Movimento Brasil Livre (MBL). Mais um grande “vexame”! Presidenciáveis como Ciro Gomes (PDT), João Dória (PSDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM), João Amoêdo (Novo) “deram as mãos” e não conseguiram impressionar! O governador de São Paulo virou até “meme” na internet, porque seus “pulinhos” e sua “empolgação” chamaram mais atenção do que o próprio ato em si!

O segundo sentimento que ficou exposto no domingo é outra sentença já dada por este colunista há algum tempo: não existe espaço para uma terceira via competitiva para a presidência da República em um País tão polarizado entre bolsonaristas e petistas. Isso ficou ainda mais evidente nos protestos do MBL, que ainda ganharam os “reforços” dos senadores Alessandro Vieira (Cidadania) e Simone Tebet (MDB), que pelo visto acreditaram no “conto da carochinha”, que a CPI da Pandemia faria “cócegas” no presidente da República...

E como a internet não perdoa, diante da baixa adesão aos atos de domingo, sobrou até para o então ministro da Saúde: o “fique em casa” nunca foi tão atual para Mandetta! Uma “ducha de água fria” nas pretensões de Dória e Ciro Gomes. Sem contar a “estreia” do senador Alessandro Vieira, em seu primeiro “palanque político” como presidenciável. No final até a turma da Esquerda não poupou críticas ao MBL e seus organizadores, fazendo a leitura de que o melhor, politicamente falando, é polarizar com o presidente Bolsonaro.

Em síntese, está claro que o chefe do Executivo continua bastante competitivo e que não há espaço para um terceira via. Resta saber se o pré-candidato à presidência pela Esquerda em 2022 será mesmo Lula. Hoje ele é uma das tendências, mas em 2018 ele também era e não disputou aquele pleito. No mais, ficou claro também que o ato de domingo foi desastroso para as pretensões políticas dos organizadores. Findou deixando os presidenciáveis Dória, Ciro Gomes, Mandetta, Alessandro Vieira e Simone Tebet “vermelhos”...de vergonha!

 

Veja essa!

Uma denúncia recente do Portal FAN F1 é muito grave, mas parece que não chamou a atenção de alguns setores da imprensa. Segundo a REDE FAN, uma ex-conselheira do Conselho Municipal de Saúde de Simão Dias formalizou, no Ministério Público Estadual, uma denúncia sobre o possível desvio de dinheiro público na instituição.

 

E essa!

Ainda segundo o Portal FAN F1, em 2017, “três conselheiros municipais receberam diárias do Governo do Estado para participarem de uma plenária em Brasília. O valor da diária paga pelo Estado era R$ 220, já a diária paga pelo município era de R$ 640, e por isso os conselheiros teriam optado por devolver o dinheiro ao Estado para viajarem com o valor da diária do município”.

 

Olha a bronca!

O problema é que, segundo o Portal e a denunciante, a então presidente do Conselho Municipal orientou os conselheiros a devolverem os valores das diárias, só que para a conta da esposa do então vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde! É mole? Dinheiro do Estado que teria sido pago, indevidamente em diárias, e na hora de devolver foi parar na conta de um “particular”. Isso pode, Arnaldo?

 

MP acordou!

Segundo o PORTAL FAN F1, quatro anos depois o Ministério Público “acordou” e já estaria fiscalizando o assunto e já oficiou a prefeitura de Simão Dias, mas informando que foram dois conselheiros que “devolveram” o dinheiro. Segundo a reportagem, todos os citados pela denunciante negam tudo. É esperar para ver se houve ou não “rachadinha” com dinheiro público...

 

Bomba!

Este colunista está analisando uma documentação, ainda sobre estes conselhos de Saúde, que vai dar muito o que falar em Sergipe. A denúncia é muito grave, passa por terceirizações e quarteirizações de prestadores de serviços, envolvendo muito dinheiro público, sobretudo da Saúde e, possivelmente, da Covid-19.

 

Exclusiva!

A informação é que, já diante de rumores sobre essa denúncia, quem tomou conhecimento de que a verdade por vir à tona em breve, tentou “segurar” os “originais”, mas, por enquanto, o máximo que se pode antecipar é que os “originais” estão bem guardados e podem “explodir” em breve...

 

Candidato de Rogério

Depois de anunciar que deve disputar o governo do Estado em 2022, pelo visto o senador Rogério Carvalho (PT) já teria definido quem será sua aposta para deputado estadual: fala que o petista Aby Custódio deverá ter o apoio do senador para conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa.

 

DEM & PSL?

Pelo visto ainda não está plenamente definida a fusão nacional entre o PSL e o DEM. A informação é que existem muitas “ranhuras” que precisam ser superadas, se contar que em alguns Estados, o DEM é mais “bolsonarista” e em outros a legenda tende a fazer oposição ao presidente da República.

 

Luciano Bispo I

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), foi entrevistado na Rádio Cultura, pelo radialista Jairo Alves de Almeida, durante o programa “Linha Direta”. Na oportunidade, o parlamentar respondeu a diversos questionamentos políticos e sobre os desdobramentos do Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável de Sergipe (PDES), elaborado em parceria com a Fundação Dom Cabral.

 

Luciano Bispo II

Luciano Bispo explicou que a ideia do Plano foi de apresentar um volume de informações para ajudar o Poder Executivo na construção de um projeto de desenvolvimento para o Estado de Sergipe. O deputado disse que a ideia foi projetar o futuro tendo como parâmetros os dados do passado e do presente. “Para um compromisso tão importante nós escolhemos a Fundação Dom Cabral, que é referência nacional”.

 

Luciano Bispo III

Em seguida, Luciano destacou a realização do Fórum Itinerante do Plano de Desenvolvimento, cuja 1ª edição ocorreu no plenário da Câmara Municipal de Nossa Senhora do Socorro, com uma exposição para os vereadores e empresários da cidade. O deputado ressaltou que a próxima edição do Fórum será realizada nesta terça-feira (14), desta vez no município de Lagarto. “Já convidamos os prefeitos, vereadores e empresários da região e queremos ampliar essa discussão no Estado”.

 

Maior interação

O presidente Luciano Bispo explicou que sua intenção é realizar cerca de 10 edições do Fórum Itinerante e que o objetivo é promover uma maior interação de todos os setores produtivos para ajudarem no desenvolvimento de Sergipe, garantindo emprego e renda para o povo. Ele também destacou o empenho do governador Belivaldo Chagas (PSD) na recuperação das rodovias estaduais, ação que beneficia o escoamento da produção agrícola, garante mais segurança aos condutores e impulsiona o turismo.

 

Explorar o Turismo

Ainda sobre o Plano de Desenvolvimento, Luciano disse ao radialista Jairo Alves de Almeida que uma de suas preocupações foi de encontrar alternativas para melhor explorar o potencial turístico de Sergipe. “Nós temos muitas potencialidades, lugares lindos, em contato com a natureza, algo atrativo que pode impulsionar a nossa economia através do turismo. Precisamos evoluir neste sentido e parar com essa ideia que o turista só vem ao nosso Estado para quebrar caranguejo”.

 

Setor de Eventos

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), participou de uma reunião-almoço promovida pela Abrape Sergipe. Na ocasião foram apresentados para todos os setores da cadeia de turismo e eventos do Estado os benefícios do Programa de Recuperação do Setor de Eventos (PER/SE) e o convênio Abrape/Sebrae que tem como finalidade elevar a Competitividade e a Sustentabilidade dos pequenos negócios do setor de eventos. O líder do governo, deputado Zezinho Sobral (PODE) também prestigiou o evento.

 

Doreni Camaroni I

Um dos palestrantes da reunião, o presidente nacional da Abrape, Doreni Camaroni Júnior, explicou que a entidade tem trabalhado em duas frentes: na mitigação do impacto da pandemia e aceleração da retomada com responsabilidade. “Nosso objetivo é garantir planejamento contínuo e propositivo para os próximos meses. E o evento vem acompanhado de hotelaria, gastronomia, segurança e uma série de outros setores que se movimentam com os eventos que são lançados”

 

Doreni Camaroni II

“Manter o setor de eventos forte e pujante é dar força a uma série de outros setores que estão ligados. Nossa intenção é referenciar ao poder público, dar tranquilidade e segurança que são medidas que já foram tomadas em outros lugares fora do Brasil e em outros Estados para a gente avançar neste processo de retomada e o agente público poder decidir com firmeza. A gente gostaria de acelerar, mas respeitando as condições epidemiológicas do local. O que nós buscamos é a previsibilidade, é o grande desafio”, completou o presidente Doreni Camaroni.

 

Pode ajudar

O presidente da Alese, deputado Luciano Bispo se comprometeu em ouvir o segmento de eventos e colocou a Assembleia Legislativa à disposição para intermediar os entendimentos para a retomada segura das atividades no pós-pandemia, “Nós estamos presenciando um grande passo dado por esses empresários que estão se somando para planejar esse movimento de retomada da economia e com a segurança necessária. O turismo precisa de apoio e incentivo e nós do Poder Legislativo estamos aqui para somar”.

 

PDES

Em seguida, Luciano Bispo lembrou que a Assembleia Legislativa buscado colaborar quando desenvolveu, em parceria com a Fundação Dom Cabral, o Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável de Sergipe (PDES). “O Plano revelou que um dos setores que a gente precisava ter uma atenção especial é o Turismo. Infelizmente essa pandemia afetou os mais diversos setores, mas o nosso governo está investindo na recuperação das estradas, sofremos com a escassez de voos e passagens caríssimas, mas algumas entidades também precisam ser mais profissionais”.

 

Zezinho Sobral

O também deputado Zezinho Sobral reconheceu que o setor de eventos foi o mais prejudicado pela pandemia e disse que “este segmento está buscando a possibilidade de recriar as suas ações e reprogramar o seu trabalho, inclusive de criar alternativas e se prevenir para determinadas eventualidades. Esse evento tem essa possibilidade, traz informações e sugestões para o trade sergipano. Nosso mandato tem o intuito sempre de apoiar e incentivar e estamos aqui nos colocando à disposição”.

 

Fabiano Oliveira I

O diretor regional da Abrape em Sergipe, Fabiano Oliveira, lembrou para os presentes que são 17 meses sem atividades do setor de eventos e que é preciso buscar a previsibilidade necessária para a retomada dos trabalhos no pós-pandemia. “A Abrape faz parte do Comitê Científico a pedido do governador Belivaldo Chagas e temos essa oportunidade de debater e construir essa retomada. Temos a liberação de 500 pessoas em locais abertos e 300 em ambientes fechados. Os números se mantendo assim, em Outubro a gente já pula para mil pessoas”.

 

Fabiano Oliveira II

Ele explicou que haverá um aumento progressivo nos meses subsequentes, mas enfatizou que as pessoas precisam ter consciência dos cuidados necessários, em especial, de concluírem todo o processo de vacinação. “É preciso se vacinar! Nos eventos será exigido o cartão da vacina! Você precisar para ter acesso em um estádio de futebol, em um casamento, grandes congressos, feiras e eventos, além dos shows, cujos protocolos serão todos cumpridos. A Abrape tem o compromisso de combater a clandestinidade. São 17 meses sem trabalhar, fomos os primeiros a parar e os últimos a voltar”.

 

Sales Neto

Presento na reunião, o secretário de Estado do Turismo, Sales Neto, ressaltou a preocupação dos empresários do setor de eventos em garantir o retorno gradativo das atividades. “O governador já há algum tempo sinaliza e senta na mesa com os representantes da Abrape aqui de Sergipe. Eles precisam de previsibilidade para fazerem o planejamento necessário. Nós ainda vivemos uma pandemia e o governo tem muita responsabilidade. Esse segmento traz muitos turistas, movimenta a cadeia econômica, os hotéis e pousadas e, assim que for possível, esses limites serão ampliados. Tudo será estudado e analisado pelo governo”.

 

Gustavo Paixão

Um dos organizadores da reunião-almoço, o vice-coordenador da Câmara de Turismo da Fecomércio, Gustavo Paixão, explicou que o encontro foi idealizado para discutir as ações da Abrape até o final do ano e os planejamentos estabelecidos para o ano de 2022. “A pauta da retomada nós já cansamos nesses 17 meses de pandemia. A Fecomércio faz questão de apoiar qualquer movimento legal, responsável e seguro que fomente o turismo em Sergipe”.

 

Alô Poço Verde!

Coisas de Sergipe: o presidente da Câmara Municipal de Poço Verde, Rivan Francisco dos Santos, convocou seus pares para a escolha da Mesa Diretora que conduzirá os trabalhos do Poder no biênio 2023/2024, ou seja, estão antecipando em mais um ano a eleição. Por que tanta pressa? O que está havendo? E, como perguntar, essas antecipações não estavam proibidas por lei? Podem ocorrer?

 

Janier Mota I

Com forte atuação no Sertão Sergipano e empenhada em buscar ações de melhorias para a região, a deputada estadual Janier Mota (PL) testemunhou, em solenidade em Nossa Senhora da Glória, as assinaturas de ordens de serviços de importantes obras de infraestrutura na Rodovia SE-175, que somam R$ 6 milhões em investimentos: duplicação da pavimentação asfáltica do trecho urbano que liga a Fábrica Natville à entrada de Glória; e melhorias em revestimento primário do trecho que liga Glória ao Povoado São Mateus, na cidade de Gararu – conhecida como Rota do Leite.

 

Janier Mota II

O ato solene aconteceu nesta última sexta-feira, 10, com a presença do governador Belivaldo Chagas; secretários de Estado; prefeita e vice-prefeita de Nossa Senhora da Glória, Luana Oliveira e Vaneide Farias, respectivamente; vereadores da cidade; deputados estaduais e federal; lideranças políticas da região e do Estado; e da empresária Janea Mota, proprietária da Natville.

 

Janier Mota III

Por meio de indicação protocolada na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Janier Mota solicitou ao Governo do Estado a realização de obras de asfaltamento da Rodovia SE-175, entre os municípios de Glória e Povoado Jiboia em Gararu, via Povoado São Mateus, em virtude da situação precária para o tráfego de veículos. E, através de reuniões com o governador e dirigentes estaduais, desde o início do mandato, a parlamentar vinha requerendo a duplicação da entrada de Glória. 

 

Frutos no Sertão

“Estou muito feliz em ver o empenho do nosso mandato rendendo frutos em nosso Sertão. Ao lado do governador, de lideranças do Sertão e de nosso Estado, e de minha irmã Janea Mota, pude testemunhar o nosso sonho se tornando realidade. Estes investimentos irão melhorar a vida dos sertanejos que trafegam pela área e serão essenciais para escoar a produção agrícola e leiteira da nossa Capital do Leite e região. Por isso, agradeço muito ao governador por atender ao nosso pedido”, destacou a deputada, na solenidade.

 

Números da obra I

De acordo com o Governo do Estado, com investimento de R$ 3.243.217,30, a obra de duplicação da pavimentação asfáltica terá extensão de aproximadamente 1km, com 25,28 m de largura, compreendendo: duas pistas de rolamento com 7m de cada lado; canteiro central com 1,20m; passeio com 3m do lado direito; passeio com 1,50m do lado esquerdo; ciclovia com 2m, além da iluminação no canteiro central.

 

Números da obra II

E, com investimento de R$ 2.868.512,41, a obra de revestimento primário terá extensão de 61,25 km e compreenderá: a execução de serviços de limpeza mecanizada em 183.000,00 m²; regularização mecanizada em 490.000,00 m²; e 73.500,00 m³ receberão revestimento primário com elevação.

 

Na bronca!

De um leitor assíduo da coluna: “o asfalto da rodovia João Bebe Água, em especial do trecho que liga a ponte próxima à Viação Progresso até e entrada do Conjunto Eduardo Gomes está precisando de reparos urgentes. No trecho entre o Sergipe Tec e o colégio Armindo Guaraná a gente tem que andar em meia pista porque do outro lado a buraqueira tomou conta”.

 

Acidente no local

Pior é que na segunda-feira (13) ocorreu um acidente, exatamente no trecho citado acima, quando uma moto tentou desviar de um buraco e o transtorno foi grande, com um engarrafamento que irritou muito quem trafegava por ali. O risco de acidente é iminente e o pior pode acontecer, infelizmente.

 

Luciana Déda

Filha do Desembargador Edson Ulisses de Melo, ex-Diretora do DETRAN (primeira mulher a ocupar o cargo) e ex-secretária de Justiça do Estado, Luciana Déda, que é sobrinha do saudoso governador Marcelo Déda (in memoriam) está disposta a concorrer a um mandato eletivo no próximo ano. Atualmente diretora-geral da Fundação de Saúde Parreiras Horta, Hemose, Lacen e Svo, ela é cotada para concorrer a uma cadeira na Alese, mas também sonha com a vaga de vice em uma chapa ou até de Senado.

 

Nilton Vieira Lima I

O advogado Nilton Vieira Lima produziu um artigo, que este colunista reproduz sobre o STF. “Aos brasileiros honestos: É um caso muito pertinente aos dias atuais. É extenso, procurei resumir ao máximo e, vale a pena você brasileiro e brasileira honestos, tomarem conhecimento e repassarem, vai ajudar o Brasil. Um processo da comarca de Santa Adélia, interior de São Paulo, chegou ao Supremo Tribunal Federal, com o número RE (Recurso Extraordinário) 852.475 SP. O assunto é a afronta ao artigo 37, parágrafo 5° da Constituição Federal, virando Repercussão Geral, com o Tema de número 897”.

 

Nilton Vieira Lima II

“Qualquer pessoa pode ter acesso ao mesmo, basta ver no sítio eletrônico do STF, com o número do processo: RE 852.475. O ministro relator era Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo - até hoje pouco esclarecido - que mandou, em 14/06/2016, expedir 86 ofícios a todos os tribunais, procuradorias e tribunais de contas de todo o país, sobrestando (parando) todos os processos existentes no Brasil sobre o mesmo assunto - se apropriar de dinheiro público”.

 

Nilton Vieira Lima III

“Corrupção, em outras palavras. Pois a decisão da corte, serviria para todos estes processos. O seu sucessor na corte e no processo foi o ministro Alexandre de Morais, porém, como foi vencido - pois queria retirar do dever de devolver aos cofres públicos certos casos diferentes dos tipificados na lei de improbidade administrativa - quem redigiu o voto foi o ministro Édson Fachin”.

 

Nilton Vieira Lima IV

“VEJAM bem: Este processo é do máximo interesse para todos nós brasileiros honestos. Por que? Exatamente pela oportunidade de recuperar todos os recursos financeiros subtraídos dos cofres públicos, principalmente neste momento que o país está passando. É necessário para a SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA PÚBLICA, GERAÇÃO DE EMPREGOS e outras áreas muito importantes para todos os brasileiros. Porém, a demora está causando muito prejuízo, pois os corruptos estão dando fim ao dinheiro roubado”.

 

Nilton Vieira Lima V

“Aí, algumas providências que o STF tem o dever e a obrigação funcional de tomar: já mandou o ministro relator Alexandre de Morais, fazer e encaminhar os 86 ofícios, dizendo aos tribunais, procuradorias e tribunais de contas de todo o país, para prosseguirem com os processos a fim de serem ressarcidos os cofres públicos, federal, estaduais e municipais??? Pois, foi julgado em 08/08/2018, publicado somente em 25/03/2019 e, até agora, nada sabemos se os 86 ofícios foram encaminhados”.

 

Nilton Vieira Lima VI

“O ministro Alexandre de Morais - a quem cabe fazer isto - precisa responder, já a todos os brasileiros que pagam o seu excelente salário, já que, sempre tem muita celeridade, vide os últimos acontecimentos. Sabemos que muitos dos ministros foram nomeados por pessoas que DEVEM devolver dinheiro aos cofres públicos, mas, longe de mim qualquer ilação, até porque, melhor que eu, sabem todos os ministros que a desidia no cumprimento do dever funcional é CRIME DE PREVARICAÇÃO”.

 

Nilton Vieira Lima VII

“Mas, todos esperamos que não se esperem até que os larápios dos erários morram para que haja uma ação eficaz dos senhores ministros do STF, achando eu, que, como tem virado moda decisões 'hiper petitas', deveriam, para restabeleceram suas credibilidades perante o povo brasileiro, INEDITAMENTE, AVOCASSEM - como na área penal isto lá já é corriqueiro - todos os casos idênticos ao da cidade do interior de São Paulo, julgando-os de uma só vez, em dois ou três meses. Tomara que isto aconteça, pois, do contrário, muitos dos ministros do nosso tribunal maior, só devem ter seus nomes grafados em letras minúsculas”, conclui o artigo o advogado Nilton Vieira Lima. 

 

Vaquinha online - CIRAS

O Centro de Integração Raio do Sol (CIRAS) está em campanha buscando doações para a construção de Baias para a prática da Equoterapia no tratamento de pessoas com deficiências múltiplas. Para ajudar a realizar este grande sonho e contemplar os assistidos. Quem puder colaborar é só acessar a “vaquinha online” no site https://vaka.me/2085357. Para conhecer o trabalho do CIRAS basta acessar o site www.ciras.orb.br

 

Ewerton Fonseca

Idealizador do projeto “Mudando uma História”, que chega a sua 16ª edição, Ewerton Fonseca, o “louro” do Conjunto Bugio, se prepara para mais um ato de solidariedade para o próximo dia 12 de outubro (Dia das Crianças). Ele arrecada presentes em vários bairros de Aracaju e garante a alegria de muitas crianças carentes. Quem quiser doar pode contribuir com apenas dois brinquedos pelo telefone (79) 99870-5001. A coluna se soma e vai ajudar.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com  e habacuquevillacorte@hotmail. com

O que você está buscando?