Em entrevista, Jorginho Araujo destaca concurso público da Câmara Municipal de Aracaju

Redação, 15 de Setembro , 2021


Foto: FanF1

Em entrevista ao programa Jornal da Fan,  na manhã desta quarta-feira, 15, o superintendente de relações internacionais da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Jorginho Araujo, falou sobre a definição da data do concurso público da Casa. "As provas serão aplicadas no dia 5 de dezembro", afirmou.

Para Jorginho, a realização do concurso é um feito histórico da gestão do presidente Nitinho e dos demais vereadores desta Legislatura. “A prova foi adiada não por vontade da Câmara e sim, por questão de segurança devido à pandemia do coronavírus”, explicou.

Ainda na conversa, o superintendente utilizou a oportunidade para destacar a realização do concurso é a soma de um trabalho. "Com muita alegria todos fazem parte deste processo, e ao anunciarmos ontem a data, gerou muita expectiva aos inscritos na prova. Esta é uma realização não somente de um, mas sim de toda uma equipe de servidores e também dos 24 parlamentares.

Perguntado sobre o andamento da reforma da Câmara e dos trabalhos nas sessões remotas, Jorginho pontuou que a produtividade se mantém firme.

"A câmara está passando pelo processo de modernização para aproximar a população dos parlamentares da melhor forma possível, implementamos a ouvidoria, comissão de proteção de dados, Lei na Palma da Mão, o parlamento e núcleo digital para conteúdos das mídias digitais", disse.

Sobre o concurso

As provas serão aplicadas em dois turnos distintos e em várias localidades da capital para comportar os inscritos. Pela manhã, das 8h às 12h, farão as provas os cargos de nível superior e a tarde, das 14h às 18h, os inscritos nas vagas de nível médio e técnico.

O concurso será realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e prevê o preenchimento de 52 vagas imediatas. Destas, 34 para nível médio e 18 para nível superior. As vagas destinadas aos cargos de nível médio e técnico foram divididas em sete funções, sendo 12 para Assistente Administrativo, 8 para Assistente Legislativo, 2 para Intérprete e Tradutor de Libras, 1 para Tecnologia da Informação, 1 para Técnico em Enfermagem, 1 para Técnico em Segurança do Trabalho e 4 para Técnico em Taquigrafia.

Já para os cargos de nível superior, foram destinadas 18 vagas para nove funções, sendo cinco para Analista Administrativo, três para Analista Legislativo, três para Jornalista, uma para Contador, uma para Enfermeiro, uma para Redator, uma para Médico, duas para Procurador Judicial e uma para Relações Públicas.

Nas provas de nível médio e técnico terão 60 questões, sendo dividida em 20 questões de língua portuguesa, 10 de raciocínio lógico e 30 de conhecimentos específicos. Para os cargos de nível superior, exceto o de Procurador, serão 70 questões, sendo divididas em 24 de língua portuguesa, 10 de legislação específica e 36 de conhecimentos específicos.

Fonte: Agência Câmara Aracaju

O que você está buscando?