Bricelet, famoso biscoito de São Cristóvão, pode ser Patrimônio Cultural Imaterial de Sergipe

Redação, 27 de Setembro , 2021

Os Bricelets, famosos biscoitinhos finos do Município de São Cristóvão, podem se tornar Patrimônio Cultural Imaterial do Estado. A proposta vem de um Projeto de Lei (PL), de autoria da deputada Maria Mendonça (PSDB), protocolado na Assembleia Legislativa. “A enorme qualidade desses biscoitos, que possuem uma massa leve, o sabor de laranja e derretem na boca, rompeu as fronteiras municipais. Ele deixou de ser somente a fonte econômica que mantinha o Orfanato da Imaculada Conceição e, hoje, é uma iguaria que representa, também, toda uma cultura da primeira capital de Sergipe", argumentou.

Ao justificar a sua iniciativa, Maria fez questão de lembrar a história do biscoito, que tem origem Suíça e é herança das freiras beneditinas que viveram enclausuradas na antiga Santa Casa de Misericórdia. "Esta Santa Casa, construída no estilo Barroco, no início do século XVIII, funcionou primeiro como um Hospital de Caridade. Em 1911, ela se tornou um Asilo para, por fim, 11 anos mais tarde, tornar-se um orfanato, que era de responsabilidade das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição”, contou, ressaltando que a culinária, fator fundamental para a sobrevivência dos conventos, a partir de 1834 com a extinção de ordens religiosas, foi o que possibilitou a continuidade do lar dessas crianças órfãs até 2017. 

A parlamentar, ainda, destacou que, atualmente, os biscoitos são produzidos por ex-funcionários do orfanato. Uma das lojas mais famosas que vende a guloseima fica localizada no Centro Histórico de São Cristóvão e tem como nome "A Casa dos Bricelets". Para Maria, "é um alimento que possui uma história rica e traduz a força de vontade e a ligação da economia com a fé do povo são cristovense. Aprovar essa propositura é destacar e valorizar a cultura do nosso Estado", disse.
--
Assessoria Parlamentar deputada Maria Mendonça

O que você está buscando?