Cresce a revenda informal de produtos diversos como forma de sustento

Devido a alta taxa de desemprego gerada pela pandemia, a revenda de lingerie tem sido uma opção estratégica para obter renda diante da crise econômica

Redação, 05 de Outubro , 2021 - Atualizado em 06 de Outubro, 2021

A pandemia do novo coronavírus e o isolamento social fizeram com que muitas pessoas precisassem se reinventar. No primeiro trimestre do ano, o índice de desemprego bateu recorde, chegando à taxa de 14,7% de brasileiros, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por isso, mediante a nova realidade, muitas famílias precisaram buscar soluções para garantir o sustento durante o período pandêmico.  

Foi nesse contexto que a revenda informal de diversos produtos cresceu e se tornou a solução para quem buscava por novas oportunidades de renda. De acordo com a pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Empresas de Venda Direta, atualmente, o número de revendedores autônomos chega a 4 milhões no país. Entre os setores que se destacam estão o de produtos de beleza, representando 52% dos trabalhadores, e de roupas, com 22%.
 
A moda íntima foi um dos mercados que obteve impacto positivo durante o período. Dados do Google Trends mostram que a busca pela palavra-chave "revenda de lingerie" aumentou no ano de 2020. Comprar lingerie no atacado para revender tem se tornado a opção de muitas famílias para garantir renda extra diante da crise econômica que assola o país.

Vantagens de revenda de moda íntima

Além de serem peças indispensáveis para o dia a dia, itens de moda íntima são capazes de aumentar a autoestima e proporcionar bem-estar. Por esse motivo, os conjuntos de calcinha e sutiã são produtos com ampla saída no mercado, tornando-se aliados de quem busca novas oportunidades, flexibilidade no trabalho e novos caminhos profissionais.

Independência financeira

A busca pela independência financeira é o que leva milhares de pessoas a optar pela revenda informal de produtos. Ao trabalhar para si mesmo, é possível ter maior controle do dinheiro, saber quanto investir e quanto utilizar para benefício próprio.

No caso das lingeries, as chances de lucro são altas. As peças de moda íntima são utilizadas no dia a dia e costumam ter bastante procura pelo público feminino e alta rotatividade no estoque.

Flexibilidade no horário de trabalho

A revenda, de modo geral, possibilita uma maior flexibilidade no horário de trabalho. Um revendedor consegue organizar o melhor momento do dia para realizar os atendimentos do seu negócio.

Além disso, diferente do que ocorre em um trabalho de carteira assinada, quem atua na revenda informal é também o seu próprio patrão e pode ter folgas em dias especiais, como aniversários por exemplo. Dessa forma, a liberdade é uma das maiores vantagens, tanto para quem está se dedicando somente a revenda quanto para quem precisa revezar a atividade com outros trabalhos.

Baixo investimento

Uma das maiores preocupações de quem começa a empreender um novo negócio, sendo de revenda ou não, diz respeito ao capital de investimento. No caso do atacado de moda íntima, os preços costumam ser acessíveis. Portanto, montar um estoque inicial requer baixo recurso.

O que você está buscando?