Parque dos Falcões abriga mais de 400 aves em Itabaiana

Redação, 24 de Outubro , 2021

Foto: divulgação 


O Parque dos Falcões é um santuário ambiental a céu aberto abrigando mais de 400 aves. Além da recuperação e preservação das aves, o parque desenvolve atividades de educação ambiental em escolas e a soltura de aves. Quem visita o parque, tem a oportunidade de ter contato direto com as aves.

 
O Parque dos Falcões, localizado na Serra de Itabaiana, é o único centro de criação, multiplicação e preservação de aves de rapina da América do Sul. É também o único local do país com autorização do Ibama para a criação de aves de rapina.



Quem iniciou esse sonho foi c, que se tornou referência em treinar aves de rapina. O amor pelas aves iniciou quando ele ainda tinha 7 anos de idade e ganhou um ovo de carcará. Depois de 28 dias sendo chocado por uma galinha, nasceu Tito, seu grande amigo. A partir disso, começa a história de dedicação e amor de Percílio pelas aves. Atualmente, o parque tem mais de 400 aves, entre gaviões, falcões, corujas, socós-boi, pombos, entre outros animais, em uma área de 3.500 km².

 

O parque é também um dos principais pontos turísticos de Sergipe. Antes da pandemia, o parque recebia uma média de 700 visitas por semana. O fundador do parque, José Percílio, lembra que recebia os visitantes na sua casa para assistir os vídeos sobre as aves e palestras.

“A Energisa foi a primeira empresa que vestiu a camisa desse projeto. Os visitantes assistiam os vídeos dentro da minha casa e a Energisa teve a iniciativa de construir um auditório que cabe 50 pessoas, loja de artesanato, lanchonete e banheiros. Agradecemos muito por este apoio e o novo projeto agora é construir os viveiros”, afirma Percílio.

 
Desde 2013, a Energisa apoia o Parque dos Falcões por entender a importância socioambiental do projeto. “A Energisa não poderia deixar de apoiar um projeto ambiental tão importante como este, que tem também traz impactos positivos para a economia de Itabaiana e o turismo sergipano”, afirma o diretor-presidente, Roberto Currais.

 

Por: Energisa

O que você está buscando?