Brasileiros se encontram no topo da lista de vistos de residência dados por Portugal em 2020

Dados preliminares do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (SEF) mostram que, das 117.500 novas autorizações de residência emitidas no ano passado, 41.990 foram concedidas a brasileiros

Redação, 10 de Novembro , 2021

Nos últimos 5 anos os brasileiros vêm construindo uma comunidade de expats farta em Portugal, com uma quantidade aproximada de 450.000 atuais residentes no país, e segundo dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (SEF), os brasileiros somaram 41.990 concessões de autorizações de residência. A segunda posição dessa corrida foi ocupada pelos britânicos, os quais alcançaram 13.160 autorizações de residência concedidas (uma quantidade três vezes inferior à dos brasileiros).

A empresa Imovirtual recentemente compilou dados que demonstram que a maior parte das visitas internacionais em seu site são brasileiras, seguidas logo atrás pelos franceses. A empresa também concluiu que a considerável maioria desses brasileiros que pesquisam seus anúncios imobiliários possuem não passam dos 35 anos, (e correspondem a quase um terço do tráfego online total vindo do país). É interessante notar também que, segundo a imobiliária, os locais mais pesquisados foram Lisboa, Braga e Porto, deixando fortemente subentendido que tais jovens estejam buscando por locais que possam prover mais oportunidades de emprego juntamente com a qualidade de vida que esses centros metropolitanos portugueses têm a oferecer.

Não é de se surpreender que o local mais disputado de Portugal tenha sido sua capital. De fato, quase 200.000 brasileiros já residem lá, tirando proveito da mistura do ritmo agitado de uma cidade grande que não dorme com construções centenárias que já viram muitas primaveras. Os valores médios de aluguéis lisboetas continuam sendo um fator bem persuasivo para aqueles que sonham em viver em algum país da União Europeia, fazendo com que Lisboa se torne a porta de entrada para muitos sul-americanos para o velho continente. O valor para se alugar um apartamento em Lisboa se encontra em torno de €1276 por mês (estimado em outubro de 2021), o qual, apesar de ser um dos mais caros do país, ainda é, por exemplo, quase 60% inferior aos valores londrinos (outro local europeu de grande massa imigratória). Isso se dá pelo fato de que, mesmo sendo uma das cidades mais ricas do país, Lisboa não teve seus valores imobiliários gritantemente inflacionados como Paris e Londres, demonstrando possuir um alto custo-benefício ao se falar em acessibilidade e oportunidade.

É importante notar que, embora as cidades costeiras se mantenham no topo da popularidade entre os brasileiros, o governo português tem recentemente investido numerosos esforços para redirecionar boa parte da imigração da América do Sul para o interior do país. Uma das principais mudanças mais interessantes foi a possibilidade de cidadãos brasileiros se elegerem para receberem ajuda financeira de modo a facilitar a mudança para regiões do interior de Portugal (algo que anteriormente era oferecido só a cidadãos portugueses). A finalidade é atrair mais expats para povoar cidades que tiveram grandes reduções no tamanho da população (uma realidade latente para muitas cidades interioranas portuguesas graças ao grande êxodo da sua PEA nas últimas décadas).

O que você está buscando?