Luiz Alberto Moura Araujo é promovido ao cargo de Procurador de Justiça

A posse está prevista para o próximo dia 25

Redação, 19 de Novembro , 2021

Em sessão extraordinária do Conselho Superior do Ministério Público de Sergipe, o Promotor de Justiça Luiz Alberto Moura Araujo foi promovido, por critério de antiguidade, ao cargo de Procurador de Justiça. A posse está prevista para o próximo dia 25, no Colégio de Procuradores de Justiça, com transmissão pelo canal do MPSE no YouTube, a partir das 11h.

O novo Procurador de Justiça enxerga neste novo momento uma grande responsabilidade, acompanhada de novos desafios. “Sai o Luiz Alberto que teve sua atuação de forma individualizada e baseada nas próprias convicções e entra o Luiz Alberto que viverá o coletivo de ideias presente no Colégio de Procuradores, sabendo aceitar opiniões e contrapontos dos meus pares”, destacou o membro. “Conviverei cotidianamente com pessoas que querem o crescimento da instituição e tenho a sorte de ser mais um elo dessa forte corrente, formada pelos colegas Procuradores de Justiça. Espero, no Colegiado, uma convivência de companheirismo, respeito e admiração mútua”, completou.

O Procurador-Geral de Justiça, Manoel Cabral Machado Neto, desejou boas-vindas ao novo integrante do Colegiado. “Parabenizo o Dr. Luiz Alberto pelo seu ingresso no Colégio de Procuradores, ele que tem inúmeros serviços prestados ao MPSE e à sociedade sergipana. Desejo muito sucesso ao colega nesta nova empreitada e que possamos, através do Colegiado, avançar cada vez mais no nosso fortalecimento enquanto instituição”, ressaltou o PGJ.

Breve biografia do novo Procurador de Justiça

Nascido em Pedrinhas, município do sul sergipano, no ano de 1955, é filho de Alípio Messias de Araújo e Dejanira de Moura, esposo de Rosane Rezende Araujo e pai de seis filhos: Vivien, Thuany, Yasmin Syssi, Luiz Filho, Roger e Tatiana. Iniciou seus estudos na Escola Rural de Pedrinhas, dando continuidade, já em Aracaju por iniciativa do seu pai servidor público federal, na Escola Municipal Oscar Nascimento, no Ginásio Presidente Vargas, no antigo Colégio Estadual Costa e Silva, hoje João Costa, e ensino médio na Escola Técnica Federal.

Formado na antiga Faculdade de Direito de Sergipe, iniciou sua carreira profissional como Delegado de Polícia Civil, enquanto aguardava pela nomeação para o cargo de Promotor de Justiça, com a aprovação no concurso do MPSE 11 meses após formado. Como Delegado, atuou nos municípios de Laranjeiras, Nossa Senhora do Socorro, Riachuelo e Maruim.

A nomeação como Promotor de Justiça veio no ano de 1984, quando assumiu como substituto na Promotoria de Justiça do município de Propriá. No ano seguinte, foi promovido, por merecimento, à titularidade na Promotoria de Justiça de Simão Dias. Em 1988, na gestão do então PGJ Pascoal Nabuco D’Avila foi promovido por merecimento para a 1ª Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Aracaju, com a desafiante missão de substituir na então proclamada vitrine do MPSE, o Dr. Gilberto Vila Nova de Carvalho. Concomitantemente, foi o primeiro membro do MPSE a ocupar a curadoria do Controle Externo da Atividade Policial.

Em 2000, foi removido para a 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Aracaju, onde atuou até o ano de 2013, quando recebeu o convite do então PGJ Orlando Rochadel Moreira para dirigir o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do MPSE. Entre 1997 e 2001, Luiz Alberto Moura Araujo também foi Presidente da Associação Sergipana do Ministério Público (ASMP). No mesmo período, também teve participação no âmbito associativo a nível nacional, ocupando a Presidência do Conselho Fiscal da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp).

Em 2014, ainda em nível nacional, foi eleito pelos membros do MPSE para concorrer a uma das vagas de Conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O que você está buscando?