Orla Sul terá novo quartel do Corpo de Bombeiros e um batalhão da Polícia Militar

Segundo o governador, esta ampliação só será possível graças às convocações de policiais e bombeiros aprovados em concursos públicos

Redação, 20 de Novembro , 2021

O governo do Estado pretende instalar ao longo da Orla Sul, um novo quartel do Corpo de Bombeiros Militar. A informação foi passada pelo governador Belivaldo Chagas, nesta sexta-feira(19), durante visita às obras de Urbanização. Acompanhado do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, o governador visitou o projeto, que conta com investimento de mais de R$ 85 milhões em urbanização, implantação de ciclovias e recuperação total dos 16 km do trecho da rodovia SE-100, do antigo hotel Parque dos Coqueiros até o farol do Mosqueiro, no intuito de gerar emprego e renda através do Turismo.

“Adiantei que todos os esforços e planejamento do governo do Estado estão sendo feitos para que seja instalada na região um novo quartel do Corpo de Bombeiros Militar e um batalhão da Polícia Militar. Esta é uma área da capital que cresceu bastante, praticamente uma cidade dentro da outra, e precisa deste suporte para dar maior segurança à população e visitantes de toda a chamada Zona de Expansão. Esta ampliação só será possível graças às convocações de policiais e bombeiros que estamos fazendo de aprovados em concursos públicos”, revelou o governador.

Sobre o andamento das obras de urbanização da Orla Sul, o governador enfatizou que os trabalhos seguem em um bom ritmo. “Nós já tivemos o primeiro trecho sendo entregue e agora visitamos o trecho 2, que está previsto para ser entregue no mês de janeiro de 2022. Além disso, visitamos também o trecho 3 A,  que está em ritmo bastante acelerado, com a possibilidade que seja entregue também até o mês de março de 2022. É uma grande obra, que conta com  16 km quilômetros de calçadão e de ciclovia, para atrair o turismo para Sergipe. Será um impacto extremamente positivo, afinal de contas, a região já era bonita pela própria natureza e vai ficar mais bonita ainda e organizada”, pontuou Belivaldo.

Executada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) e da Companhia Estadual de Habitação e Obras em parceria com a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), a intervenção está inserida na ampliação da infraestrutura turística do estado, que vem a ser um dos pilares do Programa de Recuperação da Economia - Avança Sergipe, que tem como objetivo promover a aceleração econômica sergipana, prejudicada em razão da pandemia da Covid-19.

Na oportunidade, o Belivaldo reforçou também que serão garantidas vagas de estacionamento, no intuito de oferecer conforto, segurança e ordenamento ao espaço. “O governo está fazendo um esforço para a realização dessa obra que irá custar cerca de R$ 80 milhões e ao longo de toda essa obra iremos ter 1.100 vagas de estacionamento. Antigamente, não tínhamos um ordenamento dessa região, mas com a urbanização da Orla Sul, teremos pontos de estacionamentos e outros surgirão pela iniciativa privada”, disse o governador, frisando que a obra está sendo acompanhada pelo Ministério Público Federal.
  
A previsão é que depois que concluída a obra, a Orla Sul seja administrada pela Prefeitura de Aracaju.  Para o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, a obra trará mais turistas e qualidade de vida para os aracajuanos.  “Essa é uma obra muito importante para a nossa cidade e a cada novo trecho que for finalizado, será repassado para a Prefeitura, que administrará toda a área. Então, em 2020, assumimos a Orla da Atalaia, já conveniamos o primeiro trecho da Orla Sul e, assim que os demais forem entregues, faremos o mesmo. Cuidaremos deste espaço com muita satisfação. É um grande presente do governo do Estado para a nossa capital e que fortalecerá muito a nossa economia”, destacou Edvaldo.

Serviços

O projeto da Orla Sul inicia a partir da intersecção da Avenida Santos Dumont com a Rua Deputado Clóvis Rollemberg, no bairro Atalaia, seguindo a faixa litorânea da Rodovia SE-100 até o Farol do Mosqueiro, no limite com o município de Itaporanga D'Ajuda, totalizando quatro trechos (1, 2, 3-A, 3-B, 3-C, 3-D, 3-E, 3-F, 3-G, 3-H e 4), correspondente a 16 km, tendo o Trecho 1, com 2,16 km, inaugurado no último mês de maio.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto, o governo já está em processo de licitação de mais trechos, a exemplo do trecho 3B, 3H e 4. “O trecho 2 , 3C, 3D e 3E estão execução, assim como o trecho 3F e 3G. Se tudo der certo, a nossa intenção é que até dezembro de 2022, toda obra seja entregue em benefício da população. Com certeza, será uma das obras mais bonitas do país. Existe uma tramitação entre o governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Aracaju, no que se refere à continuidade da Orla até a ponte do shopping RioMar. Sendo assim, seria a Orla mais extensa do país, saindo do shopping RioMar até o Viral”, informou.  

Benefícios

Para o secretário de Estado do Turismo, Sales Neto, os benefícios da urbanização já são sentidos por sergipanos e turistas, a partir do primeiro trecho já entregue. “Estamos muito satisfeitos com o que estamos vendo, a população está aprovando, elogiando, comentando e a gente sabe que esse novo cartão-postal vai ser importante para o turismo, mas também para os sergipanos, que irão usufruir dessa infraestrutura que o nosso governo coloca aqui para a população”.

O aposentado José Francisco de Santana Neto, morador da Zona de Expansão de Aracaju e frequentador assíduo da Orla, é um dos que aprovaram as adequações realizadas. “Melhorou muito. Não só melhorou como também valorizou muito a região. É mais uma opção para o turismo e para os residentes”.

Presenças 

Também acompanharam a visita o secretário do Escritório de Representação de Sergipe em Brasília, Heleno Silva; o diretor-presidente da Cehop, Caetano Quaranta; o cel. Marcony Cabral, comandante-geral da PM/SE; os presidentes da Emsurb, Luiz Roberto, e da Emurb, Sérgio Ferrari, dentre outras autoridades.

O que você está buscando?