"Governador, pague ao Hospital de Cirurgia", cobra vereadora em discurso na Câmara

Segundo a parlamentar, os valores encaminhados via emendas parlamentares já estão na conta do Executivo estadual

Redação, 23 de Novembro , 2021

A vereadora Sheyla Galba (Cidadania) cobrou, nesta terça-feira (23), na Câmara Municipal de Aracaju, que o Governo do Estado faça o repasse dos recursos destinados pela bancada federal para o Hospital de Cirurgia e que já estão na casa. Segundo a parlamentar, os valores encaminhados via emendas parlamentares já estão na conta do Executivo estadual e são necessários para continuidade dos serviços na unidade hospitalar.

“Uma situação vergonhosa é o repasse federal para o Hospital de Cirurgia, que o Governo do Estado está guardando no banco. São R$ 58 milhões em emendas parlamentares para o Hospital de Cirurgia, mas o repasse não foi feito pelo governo do Estado à unidade hospitalar, que está à beira de suspender o atendimento”, salientou a vereadora.

Sheyla Galba alertou que a situação é preocupante, lembrando que o Hospital de Cirurgia é referência no atendimento cardiológico. “Isso mostra o desrespeito à nossa Saúde. O Cirurgia precisa receber o dinheiro que é dele. Me perguntaram se já há alguma resposta do governo estadual. Que resposta? Responder o que? O dinheiro está na conta, o Hospital de Cirurgia está prestando o serviço e simplesmente não se paga”, frisou.

A parlamentar disse que recebeu uma denúncia de uma paciente oncológica que tentou marcar a primeira consulta no Hospital Cirurgia, mas não conseguiu. “Porque o hospital não está mais recebendo. Fica o alerta para que o governador de Sergipe pague ao Hospital de Cirurgia. O nosso medo é que a unidade comece a fechar as portas para o atendimento, que é tão importante para a população de Sergipe”, enfatizou.

Por fim, Sheyla Galba reiterou a cobrança ao Governo do Estado para que seja feito o repasse dos R$ 58 milhões ao Hospital de Cirurgia. “Falta de amor ao próximo, às pessoas que precisam. Estamos falando de vidas. Em respeito à mulher que tentou marcar sua primeira consulta oncológica no Cirurgia e não conseguiu, o meu discurso vai para o governador do Estado de Sergipe: pague a quem o senhor deve! Pague ao Hospital de Cirurgia!”, concluiu.

O que você está buscando?