"O mais grave é o desrespeito com a dor do povo", lamenta Alessandro Vieira

Redação, 25 de Novembro , 2021

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) foi a público esclarecer os fatos acerca das cobranças feitas ao Governo de Sergipe sobre o atraso no repasse de R$58 milhões para o Hospital de Cirurgia.

"É lamentável ver que o estilo autoritário do governador vem contaminando os bons profissionais técnicos do Governo de Sergipe. Primeiro a Procuradoria Geral do Estado de Sergipe (PGE) faz denunciação caluniosa contra o deputado Georgeo Passos. Agora a Secretaria de Saúde publica uma nota com informações falsas sobre a minha atuação. Não espero nada de certas autoridades, mas dos profissionais sempre espero respeito e cuidado técnico", alerta Vieira.

No dia 12 de novembro, o senador Alessandro Vieira enviou ofício ao Governo de Sergipe, solicitando justificativa para o atraso dos repasses ao Hospital de Cirurgia. No documento, o parlamentar informa que os repasses em atraso se referem aos R$27 milhões alusivos às emendas parlamentares e R$31 milhões relacionados aos serviços prestados pelo Hospital Cirurgia. Através do ofício, o senador Alessandro pediu urgência na regularização dos pagamentos por parte do Governo de Sergipe.

Na oportunidade, o senador Alessandro destacou que o atraso, sem justificativa, de repasses do Governo do Estado para o Hospital Cirurgia impactam diretamente no atendimento da população, "especialmente num momento em que ainda estamos em pandemia, mas com a abertura das cirurgias eletivas".

"A realidade é essa. Os repasses estão atrasados, exatamente como falei, mesmo com o dinheiro em caixa, e tem gente morrendo na fila. O mais grave não é a falta de verdade ou a desconsideração com a bancada federal. O mais grave é o desrespeito com a dor do povo", lamenta Alessandro Vieira.

O parlamentar sergipano informou que, após a sua cobrança o Governo fez a transferência de R$ 12.487.668,29 para o hospital. “Vamos continuar cobrando a transferência do restante do valor pendente, sempre de forma clara, serena e objetiva. A saúde dos sergipanos deve estar acima de interesses políticos mesquinhos”, declarou.

O que você está buscando?