51 aves silvestres são apreendidas em dois municípios de Sergipe

Animais eram mantidos em cativeiro ilegal

Redação, 11 de Janeiro , 2022

Nessa segunda-feira (10), policiais militares do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb) apreenderam 51 aves silvestres que estavam sendo mantidas em cativeiro ilegal. O crime ambiental foi registrado nos municípios de Lagarto e Nossa Senhora do Socorro.

Segundo relato policial, a equipe do PPAmb realizava fiscalização de rotina na feira-livre de Lagarto, com o objetivo de coibir o comércio ilegal de animais silvestres, quando flagrou 40 pássaros presos em gaiolas. As aves foram apreendidas e um homem precisou assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por não apresentar autorização dos órgãos ambientais.

No mesmo dia, os policiais foram acionados para averiguar a denúncia de que no Povoado Palestina, em São Cristóvão, um homem criava dezenas de pássaros de maneira ilegal. Na residência, os militares constataram a informação e apreenderam mais 11 aves sendo mantidas em cativeiros sem a devida autorização. Após o flagrante, a proprietária do imóvel também assinou um Termo Circunstanciado.

Em ambos os casos, os autores responderão por crimes ambientais, previstos no artigo 29 da Lei 9.605/98. Os pássaros apreendidos, num total de 51, foram soltos em seus habitats naturais.

O que você está buscando?