Movimentação de carga no Porto de Santos bate recorde

Redação, 20 de Janeiro , 2022

A movimentação de carga no Porto de Santos, em São Paulo, chega a um novo recorde no primeiro semestre de 2021, marcando 76,3 milhões de toneladas, ficando acima dos 7,9% apontados no ano passado. A informação foi dada pela autoridade do porto local em julho deste ano. Segundo a Santos Port Authority (SPA), 55,3 milhões de toneladas foram embarcadas no período, um crescimento de 7,3% ante o primeiro semestre do ano passado.

Em relação ao volume de descargas, o número foi de 20,9 milhões de toneladas - um avanço de 9,5% na mesma comparação. Por meio de nota, a autoridade deu ênfase aos granéis sólidos, que movimentaram 38,7 milhões de toneladas no período analisado, sendo um recorde no segmento, com um crescimento de 4,7% no comparativo anual.

Mês de junho

Ainda de acordo com a SPA, analisando apenas o mês de junho deste ano, a movimentação de carga do porto foi de 13,3 milhões de toneladas - um avanço de 7,2% na comparação ano a ano e um recorde histórico para a época.

O mês contou com embarques de 9,7 milhões de toneladas (um crescimento de 2,1%) e descargas de 3,6 milhões de toneladas (saldo de 23,9%). Ainda sob a perspectiva da análise do mês, mas falando a respeito das movimentações de granéis sólidos, segundo a SPA, na comparação anual foi observada uma redução de forças, porém ainda tendo a segunda melhor marca histórica para o mês.

A autoridade ainda apontou para as movimentações de contêineres em junho e também no acumulado do primeiro semestre, atingindo 2,4 milhões TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), 18,5% a mais do que no primeiro semestre de 2020 - o que também marca um recorde. Em junho, ocorreu um avanço de 28,5% ante o mesmo mês de 2020, para 397,1 mil TEUs.

"Os números demonstram que o Porto de Santos está atendendo com eficiência a retomada da economia, tanto do agronegócio como da indústria, cujas cargas vêm apresentando forte crescimento", aponta em nota o diretor de operações da SPA, Marcelo Ribeiro.

Em relação às atracações, em junho foi observado um crescimento de 3,5% ante o ano passado, contando com 491 atracações, sendo 405 no mesmo mês de 2020. Nos seis primeiros meses do ano, foi observada uma queda de 0,7%, com 2.436 atracações no período, contra 2.453 em 2020, mostrando uma capacidade mais elevada dos navios, já que a movimentação de carga cresceu.

Sobre a corrente comercial, o porto permaneceu na fatia histórica na corrente comercial do Brasil, contando com uma participação comercial de 27,9%. Dessas transações, aproximadamente 27,8% com o exterior e que estiveram pelo porto contaram com a China como território parceiro. O estado de São Paulo ainda fica como o lugar com maior participação em transações comerciais com o exterior por conta do Porto de Santos, marcando 55,6%. Ressalta-se ainda a importância de contar com uma cinta de amarração de carga durante todas as operações.



Website: http://www.polifitema.com.br/fabricante-cinta-amarracao-carga/

O que você está buscando?