Justiça absolve ex-prefeito e homem acusado por envolvimento na morte do radialista Cláudio Rotay

Noticias, 03 de Agosto , 2022 - Atualizado em 03 de Agosto, 2022

 


Em julgado realizado nesta terça-feira (02) no Fórum de Tobias Barreto, o júri popular decidiu, por 7 a 0,  absolver o ex-prefeito de Tobias Barreto Diógenes Almeida e um homem identificado como José Pereira de Souza, 20 anos após o caso.

 

Os dois foram acusados à época, pelo envolvimento na morte do radialista Cláudio Rotay, em 2002.



Cláudio Rotay que era radialista e pré -candidato a deputado estadual, tinha 33 anos e foi morto a tiros no dia 17 de junho de 2002 em um bar da cidade, quando foi alvejado com três disparos. Ele foi atingido no peito e na cabeça. Um segurança do radialista morreu e outro ficou ferido.

O que você está buscando?