Alessandro Vieira defende a realização de concurso público para áreas essenciais

Redação, 03 de Agosto , 2022

Alessandro Vieira, candidato ao governo de Sergipe pelo PSDB, participou nesta terça-feira (02) do ciclo de debates com candidatos ao governo do Estado promovido pelo Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe (SINDIMED). Na oportunidade, Alessandro falou sobre seu diagnóstico da situação geral do estado, além de apresentar suas propostas para a saúde pública.

"A última vez que o Estado de Sergipe sentou e discutiu a pactuação da saúde pública foi em 2011. É necessário atualizar este planejamento. Por isso, nossa proposta é de, nos primeiros seis meses, nos reunirmos com os profissionais da saúde para rediscutir a área, os principais gargalos, permitir a participação dos profissionais no processo, ouvir as necessidades para definir a destinação de recursos de forma estratégica e transparente. Nossa proposta para Sergipe é de economia dos recursos públicos, combate à corrupção, resolução dos problemas que nós temos, a partir da gestão eficiente", esclarece Alessandro Vieira.

O candidato ao governo de Sergipe defende a realização de concursos públicos como ferramenta de estruturação do Estado. "Isso não significa um estado inchado e pesado. Mas é preciso compreender que algumas atividades são permanentes. Saúde, educação, segurança e assistência social são demandas contínuas. Eu não posso estruturar esses serviços na base da terceirização ou das contratações temporárias, que fragilizam as relações de trabalho e geram possibilidade de interrupção do atendimento. É necessário concurso público principalmente para as atividades permanentes", pontua Alessandro.

Alessandro Vieira evidencia que o governo de Sergipe aparece na terceira pior posição no Índice de Transparência e Governança Pública (ITGP), lançado pela Transparência Internacional - Brasil, e destaca que a falta de transparência dos dados ou a má qualidade na informação prejudica o próprio planejamento, além de dificultar a fiscalização da sociedade.

"Trazemos a proposta clara de realizar um choque de honestidade em Sergipe. A corrupção está na raiz de uma série de problemas que nós vivemos em Sergipe e no Brasil, e a saúde não escapou desse mal. Corrupção essa que se inicia no período eleitoral, na captação de doações, nos compromissos que são assumidos e que influenciam na gestão futura. Nós propomos a ruptura desse modelo e apresentamos uma proposta efetiva de transformação, e que busca a todo custo devolver uma esperança de mudança do nosso estado", ressalta.

*Propostas para a saúde pública*

Em seu plano de governo, Alessandro Vieira assume compromissos para fortalecer o sistema de saúde, reorganizando a descentralização dos serviços e consolidando os níveis de atenção. "Com uma gestão eficiente e muito trabalho iremos tirar a Saúde desta situação lamentável. E vamos realizar isso a partir da profissionalização da gestão da saúde, garantindo a despartidarização e equipe técnica".

Para a Saúde, o plano de governo inclui propostas como implantação, ao longo do primeiro ano, da gestão informatizada via aplicativos e internet com banda larga de alta velocidade; fortalecimento do Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde a fim de qualificar a tomada de decisão e aplicação de recursos de acordo com as necessidades de saúde, focando na regionalização; fortalecimento da política de atenção primária, especializada, ambulatorial e hospitalar; promoção da valorização dos profissionais de saúde; além de garantir o estoque de medicamentos para que não ocorra interrupção ou falha de tratamento.

"Eu acredito essencialmente na construção coletiva, e confio que com uma gestão que seja forte o suficiente para garantir a ruptura dos velhos esquemas, comprometida com a valorização dos bons profissionais, naturalmente Sergipe vai retomar o caminho do desenvolvimento", reforça.

O que você está buscando?