Convenção: Advogada Raquel Tavares firma-se como uma das principais promessas do PP Mulher

Redação, 05 de Agosto , 2022

A advogada criminalista Raquel Tavares, destaque por sua atuação à frente da Anacrim Mulher Sergipe, oficializou sua candidatura a deputada estadual nesta quinta-feira (4)na convenção partidária da executiva estadual do Partido Progressistas (PP).

Entre ao nomes recém-chegados ao Progressistas, sem dúvida, o de Raquel Tavares está entre os que mais agrega peso à sigla liderada pelo candidato ao senado noagrupamento governista, Laércio Oliveira.

Sinal disso é que a advogada chegou a convenção acompanhada por um forte grupo de apoiadores, muitosligados à seccional da OAB/SE. Não somente isso, a coordenadora do Mulheres Progressistas Sergipe tambémnão escondeu sua alegria em contar com o nome de Raquel.

“Eu tenho certeza que na Assembleia Legislativa de Sergipe Raquel será a voz da mulher. Com Raquel nós teremos uma voz ativa, competente para nos representar. E o Mulheres Progressistas tem muito orgulho de ter uma mulher no nível dela. Raquel Faz toda a diferença!”, elogiou Glória Sena, coordenadora do Mulheres Progressistas Sergipe.

Quem também declarou apoio a candidatura da advogada Raquel Tavares foi o ex-jogador e empresário,Whashington Coração Valente que em março deste ano se filiou ao PP e concorre uma vaga na Câmara Federal. “Raquel é uma guerreira, grande advogada que agora chega como um nome novo, leve e limpo e com interesse de ajudar o Estado de Sergipe. Confio em Raquel e por isso faço questão de estar junto com ela”, pontuou.

Além da Anacrim, Raquel apresenta história como ativista na ONG Paridade de Verdade, que luta por condições de igualdade entre homens e mulheres nos espaços de poder.É cristã, escritora, palestrante e realiza um trabalho em combate à violência contra a mulher.

“Eu sou Mulher e desejo ver mais mulheres na participação e decisões políticas de nosso estado. As mulheres são tão competentes quanto os homens e muitos mais sensíveis às causas humanitárias. Coloco-me à disposição porque assim como tantas outras mulheres passei por dores que só as mulheres sentem: dores da discriminação, dores para conquistar espaços, dores de relacionamentos abusivos, tudo é mais difícil para as mulheres, isso é fato”, explica Raquel.

A advogada já sabe exatamente para quem vai legislar. “Em favor principalmente das mulheres, das crianças, adolescentes, de vulneráveis em geral e para formação e educação de homens íntegros na sociedade. Quero promover o bem e a paz social e defender a causa em favor do povo sergipano”, sinaliza a progressista.

O que você está buscando?