Coronavírus: OMS muda recomendações para doses de reforço da vacina

Redação, 29 de Março , 2023 - Atualizado em 29 de Março, 2023

 

Foto: ilustrativa

 

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou novas recomendações para a aplicação de doses de reforço contra a covid-19. Por trás da decisão, está a ideia de continuar a vacinar aqueles que correm maior risco de desenvolver formas graves da infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2, como idosos e pessoas com comorbidades. Por outro lado, crianças e adolescentes saudáveis deixam de ser o foco das doses de reforço.


Aqui, é preciso esclarecer: as doses de reforço são seguras para todos os públicos, segundo a OMS. A nova diretriz foi baseada em análises envolvendo custo-efetividade das doses, capacidade de infecção da variante Ômicron, risco de formas graves das covid-19 e prioridade das campanhas de vacinação. Inclusive, cada país irá adaptar a decisão a sua realidade, podendo existir divergências com essa recomendação global.

Quem deve receber as doses de reforço contra a covid-19? Através do Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas em Imunização (SAGE), a OMS separou a população em três grandes grupos — alto, médio e baixo risco em desenvolver formas graves da doença — e a posição de cada indivíduo vai indicar se ele precisa receber o reforço ou não.

OMS reforça importância da vacinação das gestantes

Embora a OMS entenda que crianças não são o foco da atual etapa de vacinação com doses de reforço, a entidade destaca a importância de imunização das grávidas, o que deve ajudar a reduzir o risco de covid-19 grave nos bebês com menos de 6 meses. "A vacinação de gestantes — inclusive com uma dose adicional [de reforço] se tiverem passado mais de 6 meses desde a última dose — protege tanto a elas quanto ao feto, ao mesmo tempo em que ajuda a reduzir a probabilidade de hospitalização de bebês pela covid-19", finaliza.

Fonte: OMS


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc