Saúde reforça importância da vacinação contra a gripe

Redação, 15 de Maio , 2023 - Atualizado em 15 de Maio, 2023


 
INFORME PUBLICITÁRIO

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) segue com a Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza segue até o dia 31 de maio, e a população alvo pode procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu município, para se imunizar contra o vírus Influenza. Devido o período de sazonalidade, o aumento dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), em crianças e adolescentes, está acontecendo em todo o Brasil nos meses mais frios do ano, incluindo os vírus Influenza, Vírus Sincicial Respiratório (VSR) e o SARS-CoV-2 (Covid-19)

Os grupos prioritários correspondem a crianças de 6 meses a menores de seis anos de idade ( 5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos e mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Pessoas com deficiência permanente, profissionais das forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade, também podem ser imunizados.

É importante ressaltar ainda a necessidade de se evitar aglomerações, especialmente se houver outras crianças com doenças respiratórias, manter os ambientes ventilados, lavar as mãos frequentemente (ou usar o álcool a 70%) e usar corretamente a máscara se estiver com sintomas gripais.

Caso apresente sintomas que não melhoram com as medidas habituais, a população deve procurar, preferencialmente, uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da residência. As unidades hospitalares estão indicadas para aqueles que evoluem com desconforto respiratório (tosse com chiado ou falta de ar).  

Nos meses de março e abril deste ano, houve um aumento no número de casos de Síndrome Gripal (SG) e de SRAG em Sergipe, com acréscimo muito expressivo da busca pelo atendimento nos serviços de urgência e da necessidade de internações em toda rede de saúde (pública e privada), principalmente, nas faixas pediátricas.  

Número de casos

De acordo com o alerta epidemiológico de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave em Sergipe (SRAG), divulgado no dia 24 de abril, de 1º de janeiro a 21 de abril de 2023, em Sergipe, foram notificados 576 casos de SRAG, sendo 334  crianças de até dez anos e, dentre essas, 116 são menores de um ano.

 

 


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT