Como os carros híbridos e elétricos se diferenciam?

Ambos os modelos funcionam à base de energia elétrica, mas se distanciam bastante nas demais características

Redação, 08 de Outubro , 2023

 


Já tem alguns anos que os carros híbridos e elétricos vêm ganhando mais espaço no mercado automobilístico. Esses modelos se destacam por serem menos nocivos ao meio ambiente, substituindo os combustíveis tradicionais pelo uso de energia limpa. Ambos funcionam à base de eletricidade, mas essa é uma das poucas semelhanças entre eles. Na prática, trata-se de dois tipos de veículos completamente diferentes.

Os carros elétricos possuem motores movidos por baterias recarregáveis, dependendo 100% de eletricidade para funcionar. Além de não emitir nenhum tipo de gás poluente na atmosfera, eles também são mais econômicos, pois sua carga costuma durar mais tempo do que os combustíveis tradicionais. Em termos de economia e sustentabilidade, não existe opção melhor do que um carro elétrico.

O maior problema se limita ao suporte regional para esse tipo de veículo. Eles exigem instalar estações elétricas específicas nas ruas, permitindo que os motoristas conectem o automóvel e recarreguem a bateria sempre que precisar. Muitos países, incluindo o Brasil, ainda não possuem uma grande cobertura para esse modelo de carro, se limitando apenas aos grandes polos urbanos.

A solução para superar esse obstáculo acaba sendo apostar em um veículo híbrido, que utiliza tanto combustível tradicional quanto eletricidade. Esses automóveis possuem dois motores, um elétrico e outro à combustão, sendo que ambos funcionam em conjunto, e não individualmente. Eles ainda emitem gases poluentes, mas em uma quantidade bastante reduzida; além disso, são mais potentes que os modelos elétricos, devido ao uso de gasolina.

Existem três variações de carros híbridos no mercado: em série, paralelo e misto. Nos modelos em série, o motor de combustão alimenta a bateria elétrica; no paralelo, ambos os motores trabalham juntos equilibradamente, um focando na força do veículo e outro no desempenho; já no misto, os dois motores trabalham individualmente para aumentar a potência do automóvel.

Sendo assim, os modelos híbridos são mais semelhantes aos carros tradicionais, em alguns casos dispensando até mesmo a necessidade de carregar o motor elétrico. Acaba sendo uma alternativa mais viável em regiões com poucas estações de eletricidade, além do fato de a manutenção não ser muito diferente dos veículos mais populares.

No Brasil, os automóveis híbridos são bem mais populares que os elétricos. Hoje em dia, não é incomum encontrar carros seminovos em SP e em outras regiões do país que atendam a esses requisitos, se tornando uma alternativa cada vez mais acessível.


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc