Prefeitura alerta sobre consequências para quem desrespeita as regras nos corredores de mobilidade

Redação, 31 de Outubro , 2023


Foto: Michel de Oliveira/Secom

Antecedendo a implementação das novas normas de trânsito no que diz respeito ao funcionamento dos corredores de mobilidade da capital, a Prefeitura de Aracaju, através da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), conduziu uma extensa campanha educativa na cidade que durou quase 60 dias. A ação teve como foco a segurança dos pedestres, o acesso aos abrigos de ônibus e o respeito dos motoristas às lombofaixas e faixas exclusivas.

Inicialmente programado para um período de adaptação de 30 dias, a gestão municipal estendeu esse prazo, visando garantir um número maior de condutores ficassem cientes das novas normas e, com isso, garantir uma maior segurança para quem circula nas vias da capital que passaram por mudanças, seja em algum meio de transporte ou a pé. Durante esse período, diversos veículos de comunicação foram utilizados para informar a população sobre as mudanças que estavam por vir.

Embora durante o período de adaptação tenha sido observado o respeito às faixas exclusivas durante o período de adaptação, alguns motoristas de transporte individual ainda insistiam em invadir as vias exclusivas. No entanto, a partir de agora, tais ações acarretará em penalidades financeiras e acúmulo de pontos por infração adicionados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Desde o dia 1° de outubro, qualquer infração cometida nas faixas exclusivas é considerada gravíssima em termos de trânsito, resultando em uma multa no valor de R$293,47 e a atribuição de 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), conforme estipulado no Artigo 184, III do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Thiago Alcântara, diretor de Trânsito da SMTT, aponta as medidas tomadas. “Temos diariamente, agentes em pontos estratégicos dos corredores de mobilidade, monitorando o trânsito e fiscalizando as faixas exclusivas e temos notado um respeito maior dos condutores às faixas. A SMTT fez uma ampla campanha educativa sobre a importância das faixas, que priorizam o transporte coletivo, e a gente vê que a maioria dos condutores tem respeitado as regras dos corredores. Ainda têm alguns que infelizmente, desrespeitam as sinalizações, mas acreditamos que a tendência é que cada vez mais os condutores se conscientizem e respeitem as faixas. Continuaremos atentos e o condutor que desrespeitar as regras de circulação nas faixas pode ser autuado, como determina a legislação de trânsito".

É crucial ressaltar que os corredores de mobilidade urbana foram desenvolvidos para beneficiar os usuários do transporte público, reduzindo o tempo de deslocamento e proporcionando mais comodidades. Com as faixas exclusivas em funcionamento, o tempo médio de viagem dos ônibus foi reduzido em cerca de 26%.

Nos corredores Beira Mar, Centro/Jardins e Augusto Franco, a circulação é proibida de segunda a sexta-feira, entre 6h e 9h e de 16h às 19h. Além dos ônibus, táxis, transporte escolar e veículos oficiais caracterizados também têm livre circulação nas faixas.

Já na faixa exclusiva do corredor Hermes Fontes apenas ônibus, táxis, transportes escolares e veículos oficiais devidamente caracterizados podem transitar. Porém, táxis e transporte escolar não podem realizar embarque e desembarque dentro do corredor.


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc