Projeto de “Cardápio em Braille” garante Selo e Prêmio de Boas Práticas ODS ao Senac-SE

Redação, 22 de Novembro , 2023

O Senac Sergipe recebeu o Prêmio Boas Práticas e o Selo ODS, por atender alguns dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), elaborados pela Organização das Nações Unidas (ONU), como metas para a Agenda 2030. A entrega aconteceu no auditório do Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE), durante a abertura do Encontro do Movimento ODS em Sergipe.

O reconhecimento ao trabalho da instituição de educação profissional veio por meio do “Projeto Integrador de Turismo – elaboração de cardápio em Braille”, iniciativa de alunos de uma turma do curso de Garçom do Programa Senac de Gratuidade (PSG), sob a orientação do instrutor Edelzio Santos.

O diretor Regional do Senac-SE, Marcos Sales, destacou que o projeto apresentado por alunos mostra que a instituição está cumprindo o seu papel.

“Através deste projeto estamos incluindo cada vez mais nossos alunos no mercado de trabalho. O Projeto Integrador faz com que o aluno tenha um projeto aplicado, prático, que deve ser feito dentro do ambiente do trabalho. E esse projeto em específico, nos possibilitou reconhecimento nacional, através do Selo ODS”.

A coordenadora dos cursos de Turismo, Cristina Feitosa, destacou a satisfação em participar da premiação.

“Esse prêmio é o resultado de todo o esforço da equipe Senac em preparar os nossos alunos de forma humanizada e inclusiva. É um reconhecimento ao trabalho e sensibilidade dos alunos, neste momento, do curso de Garçom, com turma ofertada pelo PSG”

“O Selo ODS é o reconhecimento do trabalho que os alunos fizeram e que tem ligação com as principais iniciativas da ONU para um mundo mais sustentável. Fazer um projeto como de elaboração do cardápio em Braile, tem uma importância muito grande pois traz uma conscientização que a inclusão é necessária, em todas as áreas de trabalho. Eles estão de parabéns”, ressaltou Cristiane Tavares, gerente do Núcleo de Desenvolvimento e Implementação Educacional (NDIE).

O diretor de Educação Profissional, Adalberto Trindade de Souto, enfatizou que o Senac Sergipe ampliará a aplicação das 17 metas estabelecidas na Agenda 2030, nos projetos integradores.

“Este selo que o Senac recebemos já atende essa proposta de buscar aplicar nos projetos integradores os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU. Inclusive o Senac já está fazendo uma formação com os instrutores, com toda a equipe técnica, com a proposta de aliar os conteúdos dos projetos integradores para que atendam essas metas determinadas pela ONU e que compõem a Agenda 2030”.

Satisfação

O egresso Jean Victor Santos Silva, que representou a turma de Garçom que elaborou o projeto integrador, não cabia de tanta satisfação pelo reconhecimento ao trabalho.

“Muito um trabalho feito com amor, carinho e dedicação por toda a turma e não esperávamos ter esse reconhecimento. Foi muito gratificante ter reconhecido a nossa dedicação em procurar, pesquisar e fazer o melhor possível. Vencemos dificuldades, obstáculos e diferenças e o resultado foi gratificante. Foi uma honra representar todo o grupo na solenidade”.

O gerente do Centro de Gastronomia e Turismo (CGT) do Senac-SE, José Américo Siqueira, destaca o estímulo que a instituição sempre dá aos instrutores e alunos, para que tenham independência ao definir o tema do projeto integrador.

“Esta foi uma premiação muito importante e ímpar para o Senac e seus alunos. A equipe do Centro de Gastronomia e Turismo está bastante honrada em participar dessa conquista, através de uma turma de PSG do curso de Garçom. O cardápio foi preparado pelo grupo pensando na inclusão e foi adotado pela instituição, no Restaurantes Escolas Senac e Bistrô Cacique Chá, e será uma prática nos futuros restaurantes da instituição”.

Movimento ODS

A coordenadora geral do Movimento Nacional ODS em Sergipe, Sandra Sena, destacou a construção do Movimento ODS, que em 2024 completará 20 anos de fundação.

“O movimento nacional ODS nasceu em 2004 e é formado por pessoas da sociedade civil, dos diversos segmentos da sociedade, todos voluntários. E aqui em Sergipe, temos um pessoal muito bom, que dedica parte do seu a este trabalho. Nascemos como Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade e trabalhávamos com os oito objetivos do desenvolvimento do milênio. Em 2015, passou a se chamar Movimento Nacional ODS, com a nova agenda da ONU, que saiu dos oito para 17 objetivos, visando garantir vida plena para gerações futuras. Nesse contexto, é preciso um olhar mais atento dos governantes para o Nordeste, que concentra a maior parte da população carente do país. O que nos move é acreditar que podemos ser agentes dessa transformação da humanidade, pois o mundo precisa. Neste movimento, aprendemos a amar e admirar pessoas de Norte a Sul do Brasil, mesmo com divergências de pensamentos”, enfatizou.

Senac| SE


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc