Marianna Budanova, mulher de chefe da inteligência militar da Ucrânia, é envenenada com metais pesados

Redação, 28 de Novembro , 2023 - Atualizado em 28 de Novembro, 2023

 Marianna Budanova, mulher do chefe do Serviço de Inteligência Militar da Ucrânia (GUR), Kirilo Budanov, está recebendo tratamento após ter sido envenenada com metais pesados. A informação foi confirmada por uma fonte anônima à agência de notícias estatal ucraniana Ukrinform.

 

 

A inteligência militar ucraniana não negou a informação e disse que comentará o caso em breve.

Uma fonte da inteligência militar explicou à publicação ucraniana Babel que Marianna Budanova se encontra no hospital, onde foi internada após "uma deterioração prolongada" do seu estado de saúde.

As substâncias detectadas no corpo da mulher "não são utilizadas em nenhum caso na vida cotidiana nem para fins militares", e "sua presença indicaria uma tentativa de envenenamento deliberado de uma pessoa específica", acrescentou essa fonte.

Marianna Budanova é conselheira do prefeito de Kiev, Vitali Klitschko. Ela é uma figura pública proeminente na Ucrânia e tem sido uma defensora vocal da resistência ucraniana à invasão russa.

O envenenamento de Marianna Budanova é um novo golpe para a Ucrânia, que já enfrenta uma guerra brutal contra a Rússia. O incidente também aumenta as suspeitas de que a Rússia está usando armas químicas contra a Ucrânia.

O envenenamento de Marianna Budanova é um ato de violência atroz contra uma mulher inocente. É também um ataque à Ucrânia e à sua democracia.

A Rússia tem um histórico de uso de armas químicas, incluindo o agente neurotóxico Novichok, contra seus adversários. O envenenamento de Marianna Budanova pode ser um sinal de que a Rússia está disposta a usar armas químicas novamente, mesmo que isso constitua um crime de guerra.

O incidente também levanta preocupações sobre a segurança dos líderes ucranianos. Marianna Budanova é apenas a mais recente figura pública ucraniana a ser alvo de um ataque.

A comunidade internacional deve condenar o envenenamento de Marianna Budanova e exigir que a Rússia seja responsabilizada por seus crimes.


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc