As principais restrições previstas no calendário eleitoral, destinadas a impedir o uso da máquina pública em benefício de candidatos às eleições municipais de outubro, entram em vigor neste mês.

Conforme a Lei das Eleições (Lei 9.504/1997), no dia 6 de julho, três meses antes do pleito, começam as restrições para a contratação e demissão de servidores públicos.

A partir do dia 20, os partidos podem realizar suas convenções internas para a escolha dos candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores.

O primeiro turno das eleições será no dia 6 de outubro. O segundo turno ocorrerá em 27 de outubro nos municípios com mais de 200 mil eleitores, onde nenhum dos candidatos à prefeitura alcançar mais da metade dos votos válidos, excluídos os brancos e nulos, no primeiro turno.

6 de julho

20 de julho

Com informações Agência Brasil