Disney não pagará salários de 43 mil funcionários

Redação, 13 de Abril, 2020

O parque da Disney World em Orlando (Flórida, Estados Unidos) deixará de pagar cerca de 43 mil funcionários devido à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Apesar do corte nas remunerações, planos de saúde e outros benefícios serão mantidos. Os parques estão fechados nos EUA como medida de isolamento para evitar aglomerações.

Segundo o jornal Orlando Sentinel, os 43 mil trabalhadores, representados por um sindicato, são o maior grupo de empregados a entrar em suspensão temporária de contratos em toda a Flórida Central. Eles continuam recebendo salário, mas terão a verba cortada no dia 19, pois não há previsão de quando a Disney poderá retornar às atividades. 

Negociações já foram firmadas com outros grupos de empregados do parque temático que, antes de fechar todas as atrações, empregava 77 mil pessoas.

Até o momento, o acordo alcançado obriga a empresa a continuar fornecendo benefícios de saúde gratuitos por um ano. O programa de educação da Disney também será mantido.

Fonte: Metropoles

O que você está buscando?