“Entendo o papel dos vereadores, principalmente da oposição”, afirma Nitinho

Redação, 30 de Abril, 2020

O presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Nitinho (PSD), ao ser chamado de ditador por uma parlamentar da oposição, disse que entende o papel de cada vereador do Legislativo aracajuano. “Tomamos medidas, muitas vezes para que não haja prejuízo para a Câmara e seus legisladores, que nem sempre agradam, mas que são necessárias. E diante disso, alguns querem apenas fazer palanque”.

"Tenho muita tranquilidade para esclarecer o que ocorreu na última Sessão foi que já estávamos discutindo outra propositura e a vereadora Emília queria ainda debater um Projeto que já havia sido aprovado. Já não cabia mais o uso da palavra, e é isso que precisa ser dito", pontuou Nitinho.

De acordo com o presidente, é preciso compreensão dos demais colegas para que possam ser realizadas as Sessões on-line. “É uma logística diferente, com a qual estamos nos adaptando e envolve diversos setores da Câmara para que elas aconteçam. E temos que seguir os trâmites legais, enquanto setor Público. E toda a equipe técnica está empenhada para que tudo aconteça da melhor forma”.

Nesse contexto, conforme explica o presidente, foram discutidas previamente a Pauta e a logística da Sessão virtual com os líderes da oposição e da situação. “Na última quarta-feira, os trabalhos foram bastante produtivos, apesar da discussão acirrada. Enquanto presidente, temos a incumbência de presidir os trabalhos e fazer com que eles aconteçam da melhor forma possível. Sempre peço compreensão de todos os parlamentares e alguns insistem em não entender”, frisou Nitinho.

Enquanto presidente, Nitinho afirmou que tem que pensar no coletivo. “Cometo erros, como qualquer um. E não tenho vergonha de pedir desculpas. Mas nem todos aceitam e muitos só querem mesmo é palanque para discursar”, finalizou.

Fonte: Ascom CMA

O que você está buscando?