Centro Artístico Musical apresenta o show “No tom da mulher”

Redação, 05 de Março , 2024

Um tom para viver, um tom para a cor, um tom para o som, um tom para o ser”. Essa é uma parte do refrão da música “Um tom”, de Caetano Veloso, que cai como uma luva para o show “No tom da mulher”, apresentado pelos alunos e professores do Centro Artístico Musical (CAM), em homenagem às mulheres, que acontecerá no dia 6 de março, às 19 horas, no Reciclaria – Casa de Artes, em frente ao Aeroporto Internacional de Aracaju.  No palco estarão crianças dos 11 aos 83 anos tocando diversos instrumentos e cantando várias músicas para marcar o 8 de março, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher.

Esse evento faz parte do calendário pedagógico do CAM, mas esta será a primeira vez depois da pandemia de Covid-19, que alunos do CAM fazem uma apresentação pública. A última aconteceu em 2020, e logo depois começou a pandemia. O coordenador pedagógico do CAM, Wesley Santos Barbosa, ressalta que, além de todas as conquistas já consolidadas, há um caminho muito árduo ainda a ser desbravado pelas mulheres.

Uma das apresentações será de oito garotas, cuja faixa etária é de 12 a 13 anos, e elas vão representar as mulheres do futuro. “Esse grupo irá se apresentar, numa participação especial. Essas meninas estarão acompanhadas de instrumentistas tocando piano, guitarra, baixo e bateria. São todos alunos de primeira linha, nível de The Voice”, disse Wesley, orgulhoso, numa referência à programa de TV que descobria cantores talentosos.

Além desse octeto, haverá uma dupla de garotas, de 11 anos, que vai tocar e cantar a música Time after Time, de Cindy Lauper. “Todas elas representam essa nova geração da mulher, já amadurecida em vários aspectos, incorporadas no sentimento de valorização, respeito e uma série de outras questões.  Será uma forma de mostrar que as mulheres estão vindo com uma força ainda maior para terem mais espaço, além de todas as conquistas já obtidas”, destacou Wesley.

No show em homenagem às mulheres haverá espaço para todas as idades. Uma das apresentações será do casal Gabriel Soares de Aquino, 83, e Nayr Silva de Aquino, 89, alunos do CAM. Eles cantam e Nayr, além de cantora, é baterista.

Este ano, exatamente no dia 21 de outubro, o CAM, que é uma referência no ensino de música, completará 23 anos de atuação em Aracaju. Hoje a unidade, que fica no bairro Grageru, tem cerca de 300 alunos que aprendem diversos instrumentos, como violão, baixo, bateria, piano, teclado, ukulelê, guitarra, flauta, percussão, violino, violoncelo, dentre outros. “Temos ainda um coral e logo teremos, também, um grupo de percussão formado por alunos e pelos pais deles, observa.

“O show, que esperamos contar com um excelente público, está sendo preparado com muito carinho, deve seguir até as 21 horas e a entrada é franca”, observa Wesley. Ao todo 23 intérpretes atuarão neste espetáculo.

Um show, no tom da mulher, “um tom para voz, um tom para mim, um tom pra você, um tom para todos nós”.


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT