1ª Bienal do Livro de Aracaju 'desconvida' agente rodoviário preso por envolvimento na morte de Genivaldo

Redação, 04 de Maio , 2024

 

Por: Reprodução redes sociais 


A organização da 1ª Bienal do Livro e Cultural de Aracaju (SE) revogou o convite ao ex-policial rodoviário federal Paulo Rodolpho Lima Nascimento, preso há mais de um ano por seu papel na morte de Genivaldo Jesus, para participar como palestrante do evento.

A presença de Nascimento na feira literária, inicialmente agendada para os dias 17 e 18 de maio, havia sido divulgada no início de abril. No entanto, dias depois, a publicação foi removida das redes sociais da Bienal.

A decisão da organização segue a repercussão negativa da notícia nas redes sociais, com diversas críticas ao convite feito ao agente penitenciado.


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT