Investimento de R$ 31 milhões em munições, armamentos e coletes reforçam treinamentos dos profissionais da segurança pública de Sergipe

Na Acadepol, foram feitos mais de 40 mil disparos de arma de fogo nas instruções dos servidores da SSP em 2020

Redação, 18 de Janeiro , 2021

Em Sergipe, o investimento na Segurança Pública foi de mais de 31 milhões em 2020. No ano passado, foram feitas aquisições de munições, novos armamentos e coletes balísticos, além dos investimentos em tecnologia, que juntos refletem diretamente na redução dos índices de criminalidade no estado. Com foco na melhoria da segurança da população, a Polícia Civil realiza diversos cursos anualmente e, no ano passado, foram usadas 40.984 munições em disparos junto ao Setor de Instrução de Armamento e Tiro (SIAT), da Academia de Polícia Civil (Acadepol). A Polícia Militar também recebeu novas munições e teve o arsenal renovado.


 

Nos investimentos realizados pela Segurança Pública durante o ano passado em todo o estado, foram captados exatos R$ 31.402.524,08 de recursos, sendo R$ 11.198.404,00 por meio do Fundo a Fundo e R$ 20.204.120,08 com a celebração de convênios federais, ambos com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Diferente de várias unidades da federação, Sergipe conseguiu cumprir com as exigências previstas em lei federal para o recebimento dos recursos. 
 

Cerca de 450 mil munições de armas de fogo, adquiridas pela SSP, foram destinadas à Polícia Militar e à Polícia Civil. A compra foi possível após recursos firmados com o MJSP. As munições são adequadas para o uso em armas de fogo como pistolas, escopetas e fuzis e serão utilizadas por diversas unidades operacionais das forças de Segurança Pública em Sergipe.
 

Investimentos e treinamentos
 

O coordenador do curso de formação, sobrevivência policial, capacitação e cursos continuados da Acadepol, o instrutor de armamento e tiro Geverson Ramos, ressaltou que a a Segurança Pública está focada no constante aprimoramento e treinamento dos profissionais, de modo que os investimentos também são essenciais para a capacitação dos agentes da Secretaria da Segurança Pública (SSP).


 

“No que tange à instrução de armamento e tiro é de suma importância mantermos o treinamento continuado. Nesse sentido estamos trabalhando de forma permanente. No ano de 2017, tivemos o pioneiro curso de  sobrevivência policial, onde tivemos instruções com uma empresa formada por policiais civis e federais, que proporcionou ao quadro de instrutores treinamento para capacitar e repassar conhecimento aos agentes”, enfatizou.
 

Geverson também destacou que os investimentos são essenciais para os constantes treinamentos dos profissionais da Segurança Pública de Sergipe. “Durante todo o ano temos cursos na Acadepol, onde as coirmãs também fazem uso do nosso espaço, e temos o treinamento continuado com a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros e Polícia Federal. Diante disso, em 2020, mesmo com a pandemia, quando retornamos aos trabalhos tivemos uma média de 40 mil disparos nos cursos de sobrevivência, entradas táticas, capacitação e cursos continuados”, detalhou.
 

Segurança dos profissionais e da sociedade
 

A coordenadora das delegacias da capital, delegada Rosana Freitas, reiterou que os investimentos contribuem para uma intensa capacitação dos servidores, de modo que o trabalho de melhoria da Segurança Pública da sociedade seja cada vez mais perceptível nas ruas de todo o estado. “Esses investimentos, na aquisição de munições, armamentos e coletes são importantes para que continuemos fazendo o trabalho efetivo e com segurança”, reforçou.


 

Rosana Freitas também evidenciou o foco na garantia de um trabalho de combate à criminalidade sem colocar em risco a população local. “Os treinamentos estão sendo dados de forma cada vez mais constante e têm contribuído para que os policiais em campo estejam cada vez mais habilitados no desempenho de suas funções”, assinalou.
 

A redução dos índices de criminalidade, conforme indicou a coordenadora das delegacias da capital, passa, além do treinamento, pela integração da atuação das forças de segurança de Sergipe. “Esses investimentos logicamente têm repercussão na sociedade, na prestação do serviço público. Tivemos recentemente a divulgação de dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública que demonstram que Sergipe teve redução na criminalidade. Graças a uma atuação conjunta das forças de segurança e a esses investimentos feitos tanto no âmbito estadual, quanto federal”, pontuou.

SSP/SE

O que você está buscando?