Estudo indica que consumo de vídeo bateu recorde no Brasil em 2020

Redação, 24 de Setembro , 2021

Segundo o estudo "Inside Video", lançado pela Kantar IBOPE Media, em nenhum outro momento os brasileiros tiveram um consumo de vídeo como no ano passado. 99% das pessoas que estão na internet assistem a vídeos em dispositivos e plataformas diferentes, como na TV e em redes sociais. O estudo da Kantar IBOPE Media analisa o contexto dessa indústria no país, além de apontar as novas fases de análise de audiência e publicidade crossmedia no Brasil.

A pesquisa aponta que 80% dos brasileiros assistiram a vídeos on-line gratuitamente, em comparação a 65% dos estrangeiros. Em relação às redes sociais, essa diferença entre brasileiros e estrangeiros permanece, sendo 72% e 57%, respectivamente, assim como em vídeos e serviços por assinatura (62% e 50%). Ainda foi mostrado que o crescimento acontece apesar da forma de acesso: 60% dos internautas assistiram a mais vídeos e TV on-line por streaming, gratuitamente, durante o isolamento social causado pela pandemia de Covid-19 e, além disso, 58% assistiram a mais streaming pago.

O estudo da Kantar IBOPE mostra também que mais de 204 milhões de brasileiros assistiram TV no ano passado. Os aparelhos televisores foram deixados ligados por 7 horas e 9 minutos (37 minutos acima da média de 2019, sendo o tempo mais elevado dos últimos cinco anos). No ano passado, também foram apontadas 38 das 50 maiores audiências dos últimos cinco anos, tendo um pico no dia 24 de março (23% acima da média anual registrada em 18,25%).

Em 24 de março, foram divulgadas notícias muito relevantes, como o adiamento das Olimpíadas de Tóquio, a descida de portas do comércio nas capitais e o estabelecimento, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), dos EUA como novo epicentro global da pandemia.

"O ano também contou com outras coberturas igualmente importantes, como o cenário político nacional, o movimento Black Lives Matter e as eleições norte-americanas. Tudo isso fez com que os canais dedicados ao jornalismo na PayTV tivessem um aumento considerável em suas audiências. Em média, as pessoas passaram 30% a mais de tempo assistindo a canais de notícias em 2020", observa Adriana Favaro, diretora de Desenvolvimento de Negócios da empresa.

O consumo de vídeo em formato streaming possui destaque por conta do catálogo, sendo que cada usuário passa, em média, 1h49 por dia assistindo aos conteúdos. Todavia, a disputa cresce. "Com mais opções de players, somente 8% dos usuários afirmam que não cancelariam o serviço que assinam por motivo nenhum. Um desafio para um mercado com crescente competitividade", informa Adriana.

Benefícios da transcrição de vídeo

No universo dos vídeos, está a transcrição de vídeo e áudio, práticas muito procuradas no mercado atual. A transcrição de vídeo é o ato de transcrever um áudio de alguma mídia de vídeo para um documento impresso ou digital, como arquivos em formato PDF, por exemplo. A prática é realizada por profissionais que escutam a mídia original e a transformam em texto, digitando o que está sendo transmitido. Ao final, é entregue um arquivo com o conteúdo transcrito integralmente, em quaisquer idiomas. A transcrição de vídeo e a de áudio são serviços similares; o que é muda é que, na modalidade áudio, a mídia original é apenas sonora.



Website: https://onetranslations.com.br/

O que você está buscando?