500 mil pessoas podem morrer em nova onda da Covid na Europa, diz OMS

Redação, 20 de Novembro , 2021


A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que está "muito preocupada" com o aumento de casos de covid-19 na Europa, que vive uma nova onda de infecções pelo coronavírus. Em entrevista à BBC, Hans Kluge, diretor regional da OMS, disse que 500 mil novas mortes podem ocorrer até março, se medidas urgentes não forem adotadas.

Kluge disse que exigir uso de máscara, por exemplo, produziria um efeito imediato em conter as infecções. O alerta da OMS chega num momento em que vários países vivenciam recordes em taxas de infecção. Alguns estão introduzindo lockdowns totais ou parciais.

Kluge diz que uma série de fatores está por trás da nova onda de covid, como a chegada do inverno, cobertura vacinal insuficiente e a prevalência da variante Delta na Europa, que é mais transmissível. Ele defendeu aumentar o ritmo de vacinação, adotar medidas básicas de saúde pública e introduzir novos tratamentos para ajudar a combater mortes pela doença.

"A covid-19 se tornou novamente a principal causa de morte na nossa região", disse ele à BBC. "Sabemos o que precisa ser feito (para combater a doença)."

 

Informações Época Negócios

O que você está buscando?