MPSE promove dia de lazer, com acolhimento e doações de cestas básicas e kits de higiene na Instituição Bom Pastor

Através de doações ao Projeto Participação Solidária, desenvolvido pelo CAOpIA, foram doadas 340 cestas básicas

Redação, 05 de Agosto , 2022

O Ministério Público de Sergipe, através de uma ação integrada entre o Centro de Apoio Operacional da Infância e Adolescência (CAOpIA), a Coordenadoria Permanente de Autocomposição e Paz (COAPAZ), da 8ª Promotoria de Justiça dos Direitos do Cidadão, Especializada na Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, e a Divisão de Serviço Social do MPSE, promoveu um dia de acolhimento, orientações cidadãs e de doações de cestas básicas e kits de higiene aos assistidos do Instituto Bom Pastor. A ação também contou com o apoio da Secretaria Estadual da Inclusão, Assistência Social e do Trabalho.

A visita foi conduzida pela Diretora do CAOpIA, a Promotora de Justiça Talita Cunegundes, em parceria com a Procuradora de Justiça Maria Conceição de Figueiredo Rolemberg, Coordenadora da COAPAZ, da Promotora de Justiça Maria Lilian Mendes Carvalho, da 8ª Promotoria de Justiça dos Direitos do Cidadão, e de Ana Luiza Oliveira Sobral, Coordenadora da Divisão de Serviço Social do MPSE.

Através de doações ao Projeto Participação Solidária, desenvolvido pelo CAOpIA, foram doadas 340 cestas básicas e kits de higiene para assistidos pelo Instituto, assegurando uma contribuição para as famílias em condição de vulnerabilidade social. A visita também proporcionou para as crianças e adolescentes uma imersão dinâmica, realizada pela COAPAZ para desenvolver o acolhimento pessoal e com o objetivo de despertar a autopercepção enquanto sujeitos, seres humanos, parte de uma comunidade.

Especialmente para famílias com adolescentes, a equipe da Divisão Social do Ministério Público de Sergipe distribuiu fichas do Projeto Oportunidade Aprendiz (POA), para que os jovens aptos ao programa construam um caminho para o mercado de trabalho.

> Doações

Criado pelo CAOp da Infância e Adolescência e formalizado em 2020, o Projeto Participação Solidária tem como objetivo fomentar a participação da sociedade, comunidade, empresas e pessoas em geral, através de ações, parcerias e destinações de recursos. O projeto tem a finalidade de garantir a dignidade de crianças e adolescentes que estiverem em situação de vulnerabilidade social.

Até o mês de abril, somente em 2022, 1.543 cestas básicas já haviam sido doadas a instituições de caráter social. Em 2021, destinou cerca de 1.051 cestas básicas nos meses de outubro, novembro e dezembro a entidades e famílias em situação de vulnerabilidade social. Além dos alimentos, também foram doados 282 kits de material de higiene.

O que você está buscando?