Campeonato Espanhol volta dia 8 de junho com autorização do governo

Redação, 24 de Maio, 2020 - Atualizado em 24 de Maio, 2020


O Campeonato Espanhol já tem data definida de retorno: a partir de 8 de junho, conforme anunciou o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez. O torneio está paralisado há mais de dois meses, desde o dia 12 de março, em razão da pandemia do novo coronavírus.

"Com o aval do Conselho Superior de Esportes, o governo da Espanha e o Ministério da Saúde deram luz verde a voltar a disputar novamente a liga de futebol profissional a partir da semana de 8 de junho", declarou o primeiro-ministro.

A decisão de retomar a competição em junho foi influenciada pelo progresso da Espanha no combate à covid-19, de modo que o número de casos e mortes vem caindo no país europeu, um dos mais afetados pela doença no mundo.

"É claro que a bola vai rolar novamente em condições que garantam a segurança máxima de todos os participantes da competição", alertou Pedro Sánchez, que também comunicou que outros eventos esportivos serão retomados na Espanha.

A La Liga, responsável pela primeira e segunda divisões da competição, elaborou um protocolo sanitário para o retorno do futebol na Espanha. Os jogadores já retornaram aos treinamentos e têm sido testados regularmente, além de tomarem as precauções para evitar o contágio.

"Voltam as competições profissionais. A partir da semana de 8 de junho e graças à visão das partes envolvidas no âmbito esportivo, sempre sob a orientação das indicações do Ministério da Saúde", disse a LaLiga por meio de suas redes sociais.

Ainda não estão definidos a data e horário da primeira partida do recomeço do torneio. O presidente da La Liga, Javier Tebas, já manifestou o desejo de a competição voltar a ser disputada no dia 12 de junho, uma sexta-feira. Certo é que as partidas serão realizadas sem a presença de torcedores.

Os clubes aguardam o aval do Ministério da Saúde para começar a realizar os treinos coletivos sem restrições. Os jogadores foram liberados desde a última segunda-feira para atividades em conjunto, mas com dez atletas no máximo por exercício.

FUTEBOL
por Agência Estado

O que você está buscando?