Programa Minha Casa Minha Vida aprova financiamento com valor inicial inferior a R$ 500; Veja os critérios e faça a sua simulação

Redação, 18 de Julho , 2023

O ponto de partida foi ampliar o teto de financiamento, que passou de R$ 264 mil para R$ 350 mil. Essa mudança pode aumentar a demanda pelo Minha Casa Minha Vida em 76% em determinados locais. A alta cobertura deve ocorrer na cidade de São Paulo (SP).

O novo limite é válido para as 3 faixas mais altas do programa, e os domínios destinados a pessoas de alta renda entre R$ 4.400,01 e R$ 8.000. O aumento do valor tem dois efeitos diretos sobre a demanda por financiamento.

A primeira é cobrir mais imóveis em São Paulo, uma das cidades mais caras do Brasil. Assim, a oferta de imóveis abrangidos pelo programa aumenta.

A segunda consequência é que mais famílias com a renda necessária podem se interessar pelo financiamento, pois têm mais oferta imobiliária e podem encontrar algo mais próximo de suas necessidades.

“A partir dos resultados obtidos, o aumento máximo no valor do imóvel da 3ª Banda do Minha Casa Minha Vida deve fortalecer o mercado imobiliário em São Paulo e realizar o sonho da casa própria para mais famílias”, afirma Pedro Tenório, economista do DataZAP+, responsável pelo estudo.

O programa Minha Casa Minha Vida tem como objetivo oferecer moradia digna para famílias de baixa renda. Subsídios, financiamento contínuo e parcerias com o setor privado tornam possível a realização da casa dos sonhos. Além disso, promove o desenvolvimento econômico e a geração de empregos no setor da construção.

Por meio dessa iniciativa, milhões de brasileiros têm a oportunidade de sair do aluguel e conquistar a estabilidade e a segurança que suas casas proporcionam. O programa abrange diferentes faixas de renda e garante que pessoas de diferentes estratos sociais sejam beneficiadas por essa política habitacional.

Novos preços do Minha Casa Minha Vida por faixa de renda

simulador de captação de recursos minha casa minha vida

Sobre o financiamento de novos imóveis residenciais no estado de São Paulo, veja Simulação das diferentes faixas de renda do programa. Um exemplo é Joan Victorino, especialista em finanças pessoais. Tudo isso permite parcelamento por até 420 meses.

Nota:

Simulação – Faixa 1

Valor do imóvel: R$ 190 mil.

Renda: até R$ 2640 mil;

Valor financiado: R$ 98.689,39;

Entrada: R$55,909.61;

Juros: 4,50%;

Bolsa FGTS: 34.501;

 

Simulação – Faixa 2

Valor do imóvel: R$ 264 mil.

Renda: até R$ 4,4 mil;

Valor financiado: R$ 162.379,80;

Entrada: R$ 99.500,20;

Juros: 6,50%;

Bolsa FGTS: 2.120.

 

Simulação – Faixa 3

Valor do imóvel: R$ 264 mil.

Renda: até R$ 4,4 mil;

Valor financiado: R$ 162.379,80;

Entrada: R$ 99.500,20;

Juros: 6,50%;

Bolsa FGTS: 2.120.

Para conhecer as linhas de crédito imobiliário, simular as melhores opções e obter informações sobre comparativos de preços, os clientes podem acessar o site ou aplicativo da Caixa Habitacional, disponível gratuitamente nos sistemas operacionais Android e iOS.

 

RBN


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc