Setembro Amarelo: Um Mês de Conscientização e Prevenção ao Suicídio

Saiba como surgiu, a importância da data e onde encontrar ajuda

Redação, 04 de Setembro , 2023

Setembro Amarelo: um mês que se destaca no calendário como um período de conscientização e prevenção ao suicídio. A data surgiu da necessidade de abordar um tema delicado e preocupante, que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Neste artigo, exploraremos a origem do Setembro Amarelo, sua importância, as campanhas realizadas e onde as pessoas podem buscar ajuda.

Origem e Importância do Setembro Amarelo

O Setembro Amarelo teve início em 2015, quando o Centro de Valorização da Vida (CVV), o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) se uniram para conscientizar a população sobre a prevenção do suicídio. A escolha do mês de setembro se deu em razão do Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, celebrado em 10 de setembro.

A importância da data reside na necessidade de desmitificar o assunto e estimular o diálogo sobre saúde mental. O suicídio é um problema global de saúde pública, e o Setembro Amarelo busca quebrar tabus, fornecer informações e oferecer apoio às pessoas que enfrentam desafios relacionados à saúde mental.

 Campanhas e Ações de Conscientização

Durante todo o mês de setembro, uma série de campanhas e ações são realizadas para conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção ao suicídio. Nas redes sociais, as hashtags #SetembroAmarelo e #PrevençãoAoSuicídio se tornam populares, disseminando informações úteis e histórias de superação.

Diversas instituições de saúde mental, organizações não governamentais e voluntários se unem para promover palestras, workshops, rodas de conversa e eventos culturais com foco na prevenção do suicídio. Essas iniciativas visam criar um ambiente de acolhimento e apoio, reduzindo o estigma associado à busca por ajuda.

Onde Encontrar Ajuda

Buscar ajuda é um passo fundamental para quem enfrenta desafios relacionados à saúde mental. Durante o Setembro Amarelo e ao longo de todo o ano, diversas instituições oferecem suporte emocional e orientação profissional, como:

1. Centro de Valorização da Vida (CVV): O CVV é uma organização que oferece apoio emocional voluntário por meio de telefone, chat e e-mail, 24 horas por dia. O número de telefone é 188.

2. Caps (Centros de Atenção Psicossocial): Os Caps são unidades de saúde mental que oferecem atendimento gratuito e multidisciplinar a pessoas com transtornos mentais. Procure o Caps mais próximo de você para obter ajuda.

3. Profissionais de Saúde: Psicólogos, psiquiatras e outros profissionais de saúde mental estão disponíveis para oferecer tratamento e acompanhamento.

4. Redes Sociais e Sites de Apoio: Muitas organizações e grupos online oferecem suporte e compartilham informações sobre saúde mental.

É importante destacar que o Setembro Amarelo tem desempenhado um papel crucial na conscientização sobre a prevenção do suicídio. O aumento do diálogo e da disponibilidade de recursos tem contribuído para uma maior busca por ajuda e, consequentemente, uma redução das taxas de suicídio em alguns locais.

É fundamental continuar monitorando os números e investindo em ações de prevenção ao longo dos anos para garantir que mais vidas sejam salvas e que a saúde mental seja tratada com a seriedade que merece.

O Setembro Amarelo é um lembrete de que a prevenção ao suicídio é uma responsabilidade de todos nós. Ao falar abertamente sobre o tema, buscar ajuda quando necessário e apoiar aqueles que estão passando por momentos difíceis, podemos contribuir para salvar vidas e construir uma sociedade mais empática e solidária.


Siga os canais do Portal 93 Notícias: YouTube, Instagram, Facebook, Threads e TikTok

Participe da comunidade da 93 Notícias no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc