Polícia Civil faz alerte sobre aumento de falsas comunicações de crimes

Notícias Policial
Compartilhe

Essas falsas comunicações são feitas tanto para seguradoras quanto para os departamentos policiais, causando sérios impactos negativos na sociedade.

Recentemente, a Polícia Civil de Sergipe tem notado um aumento no número de casos em que pessoas fazem denúncias falsas sobre furtos e roubos de veículos. Essas falsas comunicações são feitas tanto para seguradoras quanto para os departamentos policiais, causando sérios impactos negativos na sociedade.
De acordo com informações da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), foram identificados 22 incidentes de falsa comunicação de crime entre janeiro e maio de 2024.

O delegado Kassio Viana, responsável pela Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), ressaltou que muitas das denúncias falsas estão ligadas a fraudes em seguros de veículos. Proprietários, visando benefícios financeiros, simulam o furto ou roubo de seus veículos para receber indenizações ou evitar pagamentos de financiamentos. Essa conduta não apenas eleva os custos dos seguros, mas também distorce os dados de segurança pública.

As investigações conduzidas pela DRFV têm sido cruciais para identificar e desmantelar essas fraudes. A equipe da delegacia examina minuciosamente os registros de ocorrência e frequentemente identifica indícios de falsificação, o que muitas vezes leva os denunciantes a admitirem a fraude. De acordo com o artigo 340 do Código Penal Brasileiro, as consequências legais para a falsa comunicação de crime incluem detenção e multa.

A colaboração estreita entre a Polícia Civil e Militar tem sido eficaz na redução do impacto dessas denúncias falsas, promovendo um ambiente mais transparente e equitativo no mercado de seguros de veículos em Sergipe.


Compartilhe