“Ponte JK”: obra de Edvaldo é uma vergonha para o legado de Juscelino!

Habacuque, 19 de Junho, 2023

Iniciada em meados de 2021, mais de dois anos depois, a gestão do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), parece não conseguir concluir sua obra que, pela demora, deve ser a “mais importante”: a ampliação da ponte Juscelino Kubitscheck, que fica localizada sobre o Rio Poxim, mais precisamente na Avenida Beira Mar, nas proximidades do Parque dos Cajueiros, na Zona Sul da capital. O registro é oportuno porque parte da “Ponte JK” (ainda em obras) cedeu, na última semana, gerando um transtorno no trânsito da região, chegando a afetar outras vias.

Retardar (ou não concluir) obras públicas tem sido uma “marca” da gestão de Edvaldo Nogueira que, bem diferente de Juscelino, demorou uma “eternidade” para colocar em funcionamento a obra da Maternidade Pública do bairro 17 de março; a obra do corredor da Hermes Fontes, por exemplo, já está deteriorada em alguns pontos, até por conta da ação do tempo, sem que nunca o prefeito anunciou o seu término e/ou a sua efetividade. O projeto inicial previa uma transformação radical no trânsito daquela via que, diga-se de passagem, caiu em descrédito perante à população...

O presidente da República, Juscelino Kubitscheck, ficou marcado pelo investimento na indústria nacional, fortalecendo a economia, gerando emprego e renda e tendo como lema “Cinquenta anos em Cinco”. Um grande desenvolvimentista! Ficou marcado pela construção de Brasília, nossa capital federal; no outro “extremo”, temos Edvaldo Nogueira, um gestor que, em sete anos no cargo, não fez a licitação do transporte coletivo, que não revisou o Plano Diretor, não tem solução para a falta de mobilidade de Aracaju e que “arrasta” por mais de dois anos a ampliação de uma Ponte!

Não é a crítica pela crítica! As ruas e avenidas da cidade estão esburacadas; o centro comercial sofre com abandono e falta de incentivo; os terminais de integração, em sua maioria, estão “caindo aos pedaços”! A Orlinha do Bairro Industrial e o Calçadão da Praia Formosa foram para o esquecimento! Categorias do funcionalismo municipal estão nas ruas, mobilizadas, protestando contra um prefeito que prometeu a “qualidade de vida”, mas está deixando muita gente com um “gosto amargo” de arrependimento! E a Ponte JK, que já deveria ter sido concluída, subitamente desabou!

Isso não é razoável! Segundo o vereador Ricardo Marques (Cidadania) a obra orçada em R$ 21 milhões, já ultrapassou a marca dos R$ 21 milhões por conta dos aditivos e, ainda segundo o parlamentar, ainda será necessário o aporte de mais recursos públicos para garantir a sua conclusão, cuja previsão era em 2022 e que, diante da realidade, é possível que não fique pronta ainda este ano. Um absurdo que precisa ser acompanhado bem perto pelos órgãos fiscalizadores do Estado. É preciso, inclusive, apurar a efetiva aplicação do dinheiro do povo!

Pior é que, apesar de negar qualquer discussão sobre sua sucessão em 2024, chega a ser visível para qualquer um o trabalho de setores da administração municipal no sentido de tentar viabilizar, politicamente, uma pré-candidatura da secretária municipal de Saúde. Enquanto isso, o povo de Aracaju tem que se contentar com dois “méritos” de Edvaldo: pagar o salário dos servidores e promover campanhas de vacinação! A obra da “Ponte JK” é uma vergonha para o legado de Juscelino Kubitscheck! Se estivesse vivo, certamente também teria que fazer uma Ponte: de Safena...

 

Veja essa!

As falas recentes do senador Alessandro Vieira (PSDB) contra seus aliados e vereadores de Aracaju, Ricardo Marques e Sheyla Galba (ambos do Cidadania), soaram muito mal e só fortaleceram a tese deste colunista de que a oposição tem um ótimo trabalho de fiscalização, mas peca na falta de projetos para a cidade.

 

E essa!

Alessandro questionou a falta de projetos por parte dos vereadores para ele assegurar os recursos; os parlamentares não só desmentiram, como estão mostrando que tiveram pleitos não atendidos pelo senador. Mas este é mais um caso de inabilidade política. Tinha que ser tratado internamente, mas...

 

Sem projetos

Este colunista já disse e vai repetir: a oposição em Aracaju precisa ser propositiva, tem que se debruçar sobre os problemas da cidade e encontrar soluções ouvindo a população. Só apontar os erros não é garantia de vitória nas urnas. Ou melhor, o povo entende que, quem faz um bom trabalho de fiscalização, tem que continuar fazendo...

 

Cadê o grupo?

Outra informação: setores da oposição precisam entender que eles estão bastante divididos. Isso beneficia quem está no Poder. Sem contar que os agrupamentos são mínimos. Quem faz oposição hoje ou tá louco para ter Poder ou, pelo menos, não quer ter problemas com quem governa. Ninguém vence eleição sozinho, sem o apoio de um grupo fortalecido.

 

Exclusiva!

Muito prejudicada, politicamente falando, pelas opções políticas do senador Alessandro Vieira, hoje a secretária de Estado da Mulher, a delegada Danielle Garcia, começa a “recuperar o terreno”, pelo trabalho que vem realizando e, na entrevista ao Cinform On Line, confirma Fábio Mitidieri como seu líder político.

 

Pronto, preparado...

Que ninguém duvide: a eleição para prefeito de Aracaju está completamente indefinida, mas quem está “pronto, preparado e querendo” disputar a eleição municipal de 2024 é o ex-governador Belivaldo Chagas (PSD). O “galeguinho” se posicionou e colocou seu nome à disposição. Existem rumores que uma mulher poderia ser a vice...

 

Bomba!

Enquanto há uma indefinição muito grande sobre as pré-candidaturas do grupo liderado pelo governador Fábio Mitidieri, há quem avalie que o PT está aguardando um anúncio para construir um projeto próprio que pode ser Eliane Aquino. O fato dela hoje morar em BSB não seria um empecilho, considerando o “peso” do governo federal. É aguardar...

 

Antônio João I

O advogado sergipano, bem relacionado por onde, durante um recente embarque para Brasília (DF), onde teria uma agenda de compromissos profissionais, ficou surpreso com a quantidade de políticos e autoridades que estavam se deslocando para a capital federal, inclusive com partidos políticos diversos.

 

Antônio João II

Diante daquela “torre de babel” à espera de uma aeronave, Antônio João soltou essa para este colunista: “este voo de Aracaju para BSB tem de tudo; de gregos a troianos; de bárbaros a romanos (risos)”; realmente chamou bastante atenção o clima amistoso entre políticos de situação e de oposição. Pelo bem de Sergipe, que eles continuem mantendo as “questiúnculas políticas” de lado e trabalhem pelo nosso povo...

 

Olha o TCE!

A obra de reforma e ampliação da ponte sobre o rio Poxim, em Aracaju, é objeto de auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), por meio da Diretoria de Controle Externo de Obras e Serviços (Dceos). Conforme informação divulgada pela conselheira Susana Azevedo, o deslizamento registrado após erosão do solo, motivou novo deslocamento de técnicos do Tribunal ao local da obra para levantamento de informações complementares. ​

 

Susana Azevedo

“A Dceos já vem acompanhando o andamento desta obra, inclusive no aspecto dos prazos para conclusão, e ontem mesmo, assim que ocorreu o deslizamento, já estiveram lá atualizando os dados, mostrando que o Tribunal vem monitorando, fazendo sua parte para que logo possamos dar o devido retorno à sociedade”, afirmou. Ainda em fase preliminar, a ação fiscalizatória já resultou em relatório encaminhado à conselheira, que é a relatora responsável pela respectiva área de controle e inspeção.​

 

Cidadão Socorrense I

Em sessão especial a Câmara Municipal de Nossa Senhora do Socorro concedeu ao senador Alessandro Vieira (PSDB) o título de Cidadão Socorrense. A sessão contou com a presença dos vereadores e moradores do município, do deputado estadual Samuel Carvalho, da ex-deputada Kitty Lima, autoridades, familiares e amigos do homenageado. A honraria foi proposta pelo vereador Alysson Santos, conhecido como Lalo, em reconhecimento ao trabalho do senador em favor do município de Nossa Senhora do Socorro. A indicação foi aprovada por unanimidade.

 

Cidadão Socorrense II

“Desde o início da minha carreira política, eu sempre tive uma afinidade, uma aproximação pelo perfil do senador Alessandro, combatente da corrupção, que constrói a política de forma transparente, contributiva, atendendo a todos. Sergipe precisa de políticos assim, honrados e comprometidos com o bem da população. Essa homenagem, hoje, é um reconhecimento do nosso município ao grande trabalho que o senador Alessandro vem desenvolvendo em prol dos socorrenses", destaca.


Cidadão Socorrense III

Em 4 anos como senador da República por Sergipe, Alessandro Vieira já destinou mais de R$ 21 milhões para o município de Nossa Senhora do Socorro. Foram R$ 10 milhões para reforma e ampliação do 5º Batalhão da Polícia Militar (parceria com o Governo do Estado); R$ 4 milhões para programa de habitação popular; R$ 2,5 milhões para aquisição de equipamentos para o Hospital Zé Franco (parceria com o Governo do Estado); R$ 2,4 milhões para infraestrutura da Orlinha do São Braz e Porto Grande (parceria com o Governo do Estado); R$ 1,8 milhão para pavimentação; R$ 500 mil para a equipagem da Guarda Municipal; R$ 500 mil para construção de areninha de futebol.

 

Laércio Oliveira I

O senador Laércio Oliveira integra a comitiva brasileira na 111ª sessão da Organização Internacional do Trabalho (OIT) que está acontecendo em Genebra, na Suíça. Participam também da comitiva o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, os presidentes da CNT, Vander Costa e da CNC José Roberto Tadros, entre outros representantes. Durante a cúpula estão sendo realizadas palestras e painéis de discussão reunindo chefes de Estado e governo, o diretor-geral da OIT e representantes de alto nível das Nações Unidas, outras organizações internacionais e organizações de empregadores e trabalhadores.

 

Laércio Oliveira II

O senador se reuniu com o embaixador Tovar da Silva Nunes, representante permanente do Brasil junto à ONU (Organização das Nações Unidas) e também esteve com toda a delegação e para tratar do panorama geral dos andamentos dos trabalhos das comissões do ponto de vista dos empregadores, dos trabalhadores e do governo.

 

Laércio Oliveira III

De acordo com o senador Laércio, a conferência, realizada totalmente de forma presencial pela primeira vez desde 2019, tem por objetivo debater diversas questões relativas com o mundo do trabalho, “especialmente uma transição justa para as economias sustentáveis e inclusivas, as aprendizagens de qualidade, a proteção dos trabalhadores e trabalhadoras, e ainda há discussões  sobre as desigualdades salariais entre o Brasil e os países do primeiro mundo”, disse.

 

Lixões I

O presidente do Consórcio de Saneamento Básico do Baixo São Francisco Sergipano (CONBASF), Flávio Dias, também prefeito do município de Telha, destacou a atuação do consórcio no encerramento de lixões. De acordo com levantamento do consórcio, o CONBASF foi a entidade que mais contribuiu para o encerramento de lixões no estado de Sergipe. Dos 26 municípios consorciados, 17 já desativaram as atividades de depósitos de resíduos em áreas inapropriadas.

 

Lixões II

O CONBASF é um consórcio público que atua na área de resíduos sólidos e abrange as regiões do Baixo São Francisco e do Médio e Alto Sertão Sergipano. O presidente ressalta que a operação da Unidade de Transbordo (UT) de Resíduos Sólidos localizada na cidade de Propriá foi um importante empreendimento para alavancar esse dado.

 

Lixões III

Os municípios de Telha, Canhoba, Amparo do São Francisco, Gararu, Nossa Senhora de Lourdes, Itabi, Cedro de São João, Santana de São Francisco, Japoatã, Neópolis, Brejo Grande, Ilha das Flores, São Francisco, Propriá, Pacatuba, Nossa Senhora de Lourdes e Aquidabã, que desativaram os lixões, utilizam a UT e encaminham os resíduos para o aterro Sanitário da Orizon, em Rosário do Catete/SE. Flávio também explicou que o município de Porto Real do Colégio/AL, também faz uso compartilhado da UT, e o município de Canindé de São Francisco realiza o translado para o aterro sanitário do SIGRES, em Olho D’Água das Flores/AL.

 

Yandra Moura I

A deputada federal Yandra Moura, vice-líder do União Brasil, foi eleita presidente da Comissão Especial sobre a Perda da Nacionalidade (PEC 16/2021). A parlamentar sergipana foi eleita por unanimidade, resultado do trabalho técnico e de um bom relacionamento no parlamento federal.

 

Yandra Moura II

A PEC em questão, que será analisada pela Comissão Especial, visa alterar o art. 12 da Constituição Federal para suprimir a perda da nacionalidade brasileira em razão da mera aquisição de outra nacionalidade, ela inclui a exceção para situações de apatridia e acrescenta a possibilidade de a pessoa requerer a perda da própria nacionalidade.

 

Yandra Moura III

“Agradeço os votos recebidos para me tornar presidente e tenho a certeza que o trabalho com a relatora, a deputada Bia Kics, será ágil para que possamos entregar o resultado como a população almeja”, disse Yandra ao completar que o resultado final da comissão beneficiará milhares de brasileiros. A deputada federal Bia Kicis (PL-DF); como 1º vice-presidente foi o deputado Cabo Gilberto (PL-PB); como 2º vice-presidente o deputado Domingos Neto (PSD-CE) e como 3ª vice-presidente a deputada Rogéria Santos (REPUBLICANOS-BA).

 

Alô Siriri!

A prefeitura de Siriri entregou para a população o Mercado Municipal Enoque de Oliveira Souza completamente restaurado graças à emendas do então deputado federal André Moura.

 

Zé Rosa

Na oportunidade, o prefeito Zé Rosa destacou o trabalho de André pelo município. “Siriri tem muito a agradecer a André Moura, foi o deputado federal que mais trouxe recursos para nossa cidade. Perdemos muito quando André não foi eleito como senador. Mas, saiba que você pode contar sempre conosco”, destacou.

 

André Moura

“Quando o prefeito Zé Rosa me procurou prontamente atendi enviando R$ 800 mil para a reforma do mercado municipal. E a cidade não só ganhou isso, conseguimos a liberação de mais de R$ 3 milhões para serem convertidos em benefícios para os cidadãos”, relembrou André Moura.

 

Breno Garibalde I

A Câmara de Aracaju aprovou por unanimidade o Projeto de Lei n° 234/2022 de autoria do vereador Breno Garibalde, que garante o direito de prioridade de matrícula entre irmãos na mesma escola da rede municipal de Aracaju. “Ao longo do processo de aprendizagem, as criancas passam por diversas fases, muitas vezes difíceis de enfrentar. Por isso, é de extrema importância que isso tudo possa ser compartilhado com pessoas que elas convivem, se sentem seguras, o que gera um maior conforto e economia para as famílias” ressalta o parlamentar.

 

Breno Garibalde II

O PL garante ainda que a prioridade de matrícula aplique-se também aos estudantes que possuem os mesmos representantes legais, em razão de guarda, tutela ou processo de adoção em andamento. Além disso, é assegurado aos irmãos a preferência de matrícula na unidade escolar mais próxima de sua residência. Com a aprovação, o PL segue para a sanção da Prefeitura de Aracaju.

 

Georgeo Passos I

Os moradores da Batinga, em Ribeirópolis, estão vivendo um período de apreensão. Cerca de 400 famílias estão ameaçadas de perder suas residências por conta de uma ação para reintegração de posse de uma área de 283 hectares. O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) está acompanhando de perto a situação. Após conversas com os moradores, o parlamentar resolveu se colocar ao lado deles. “Vamos fazer de tudo para ajudar. Não poderia fazer diferente", afirmou.

 

Georgeo Passos II

A questão é antiga e envolve os moradores, o Governo de Sergipe e uma pessoa que se diz herdeira da área onde está localizada a Batinga. Para entender melhor, é preciso voltar no tempo - precisamente ao final dos anos 1980, quando o Estado, a pedido do saudoso Francisco Passos, doou o terreno para famílias carentes da cidade. Nessas quase quatro décadas, os moradores constituíram residência. No entanto, em 2012, um possível herdeiro do antigo proprietário da área ingressou na Justiça para solicitar a reintegração. A ação está correndo desde então.

 

Georgeo Passos III

O deputado Georgeo esteve na Procuradoria Geral do Estado (PGE), onde se reuniu com o procurador Carlos Pinna Júnior para tratar sobre o assunto. O deputado solicitou o apoio do órgão, uma vez que o Governo é parte interessada neste processo. “Entregamos documentos, inclusive a escritura do terreno onde mostra que o Estado de Sergipe é o real proprietário. Esperamos agora também que o Estado entre nesse processo para defender toda essa área e as pessoas que estão lá há muitos anos de boa fé”, assegurou.

 

Ricardo Marques I

O vereador Ricardo Marques comemora mais uma vitória para população, desta vez com o início da reforma do terminal de integração da zona oeste, o Leonel Brizola. Depois de fiscalizar o terminal Leonel Brizola junto com a promotora Euza Missano, ficou constatado que a estrutura estava totalmente desgastada e prestes a cair. O Ministério Público entrou com ação na Justiça, que determinou uma reforma imediata no local.

 

Ricardo Marques II

Na decisão, o juiz Augusto José de Souza Carvalho, da terceira Vara Cível de Aracaju determinou que além da reforma seja feita a elaboração de projeto de combate a incêndio e pânico e colocação de itens básicos de segurança. Na última semana a prefeitura de Aracaju, por meio da SMTT, cumprindo a determinação da justiça, começou a reforma, que vai custar R$ 1. 562.221, 57. O vereador Ricardo Marques disse que vai acompanhar de perto os prazos e o dinheiro aplicado.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc