A eleição já começou! Política do interior entra em “ebulição” para 2024!

Habacuque, 09 de Agosto, 2023

Estamos em agosto em 2023 e, no mesmo período no próximo ano, já estaremos dentro do clima das eleições municipais, quando o povo sergipano escolherá seus respectivos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Diferente das disputas nacionais e/ou estaduais, quando os embates geralmente não chegam com tanta ênfase nas cidades, as eleições municipais costumam ser “contaminadas” com as tradicionais “rivalidades” entre grupos políticos tradicionais.

À medida que os meses vão passando e a campanha eleitoral vai se aproximando, eleitores “apaixonados” se declaram e saem em defesa de seus pré-candidatos e agrupamentos, como também, não medem as críticas direcionadas aos adversários. Se em Aracaju, por exemplo, a disputa pela Prefeitura Municipal ainda é mantida sob sigilo, nos bastidores, no interior alguns nomes já se posicionam e as disputas findam começando bem antes do que a própria legislação impõe.   

Prefeitos que pensam na reeleição já começam a se preparar para dividirem suas agendas administrativas e políticas; aqueles que já exercem o segundo mandato também não querem ficar de fora das conversas e querem ajudar a eleger o sucessor. Já temos, inclusive, vários casos de vice-prefeitos que romperam politicamente com o gestor por não aceitarem determinadas imposições e pretendem apoiar outro candidato ou até mesmo encabeçar uma chapa majoritária.

Por sua vez, já temendo as dificuldades sem as coligações proporcionais, muitos vereadores mandatários iniciam tratativas para a formação de um bloco forte para possível “filiação concentrada” assim que a “janela partidária” permitir a troca de legenda no início do próximo ano. Correndo por fora, pré-candidatos a vereador, sem mandatos, também conversam entre si com o objetivo da formatação de um grupo forte e que garanta condições de igualdade na disputa.

Itabaiana, Lagarto, Nossa Senhora do Socorro, Itaporanga, Propriá, São Cristóvão, Barra dos Coqueiros, Campo do Brito, Areia Branca, Capela, Canindé do São Francisco, Ribeirópolis, Estância e em tantos outros municípios os embates começam a ficar mais “aquecidos”: quem é situação só quer enumerar boas notícias e realizações; quem é oposição vai cobrar as promessas não cumpridas e as mazelas sem solução do “administrador de plantão”! Quem quiser que se engane: a eleição 2024 já começou...

 

Veja essa!

Uma investigação já antecipada por este colunista aqui está em andamento e, possivelmente, num futuro bem próximo, teremos “fortes emoções” no interior sergipano, sobretudo ao que se refere a eleição estadual do ano passado.

 

E essa!

Há quem diga que a Polícia Federal já estaria acompanhando bem de perto os gastos públicos de um determinado município e que, “quando a bomba estourar” já não deverá ser novidade para ninguém!

 

Dica!

A informação é que muitos recursos foram aplicados com o objetivo de garantir uma eleição em 2022. Existem rumores de que se tratava de uma “candidatura estadual”; é preciso aguardar o “desfecho” das investigações...

 

Bomba!

Como este colunista gosta de “agitar” o cenário vai outra “quente”: informações chegam ao titular deste espaço de que já existem documentos que supostamente comprovam desmandos em outra administração municipal de Sergipe e que “o pior ainda pode acontecer”...

 

Exclusiva!

Uma fonte “despretensiosa” aposta alto: entre as provas, supostamente incontestáveis, constam possíveis “interceptações telefônicas” que ainda devem dar muito o que falar no nosso Estado! As eleições estão se aproximando e os ânimos vão se inflamando...

 

Alô Laranjeiras!

Diferente do que vem sendo propagado por aí, o empresário Renilson de Laranjeiras, o “Gordinho da Mercearia” não está disposto a “compor” na chapa de possíveis pré-candidatos como vice-prefeito. O Gordinho está trabalhando para fortalecer uma terceira via no município...

 

Chega da Mesmice!

Aliados do Gordinho da Mercearia já tem um discurso pronto diante das especulações sobre seu futuro político: “chega de mesmice!”. O “Gordinho” é primo do ex-prefeito Valmir de Francisquinho e conta com seu apoio para “ganhar musculatura” na disputa em Laranjeiras.

 

Mitidieri e Renan

As semelhanças políticas entre o governador Fábio Mitidieri e o ministro dos Transportes foi pauta durante evento de secretários de Estado da Fazenda. Questionado sobre a dinâmica de trabalho dos dois, Fábio afirmou serem irrequietos. O sergipano espera que essa compatibilidade traga obras. “Somos irrequietos porque nosso povo tem pressa. Queremos emprego qualificado, mão de obra preparada. Temos uma janela de oportunidade fantástica para Sergipe com a exploração de óleo e gás. Nosso desafio é qualificar nosso trabalhador”, afirmou Mitidieri.

 

Ponte Neópolis-Penedo

Em entrevista, o ministro dos Transportes, Renan Filho, afirmou que irá trabalhar pela construção da ponte entre Neópolis e Penedo. De acordo com ele, haverá reunião com governadores dos dois estados, prefeitos e bancada federal com objetivo de discutir recursos e projeto. “Essa ponte é imprescindível para o desenvolvimento da região”.

 

Duplicação da BR-235

O projeto de duplicação da BR-235, de Aracaju até Itabaiana, será licitado em setembro. A informação foi dada pelo ministro dos Transportes, Renan Filho, em evento realizado na capital sergipana. A expectativa é iniciar a obra em 2024. “A duplicação da BR-235 irá garantir um fluxo melhor de escoamento entre Aracaju e Itabaiana. A meta é, até o fim de 2023, estar com 70% das rodovias consideradas boas para voltarmos ao nível de qualidade rodoviária que Sergipe tinha lá atrás”, afirmou o ministro. Isso será possível considerando a previsão orçamentária para o estado: são R$ 300 milhões, quatro vezes mais do que o destinado pela gestão anterior em 2022, R$ 70 milhões.

 

Relação republicana

Durante encontro de secretários de Estado da Fazenda, o governador Fábio Mitidieri destacou a relação republicana com o governo Federal. Na opinião dele, diálogo permanente com os Estados é uma marca do governo Lula. “Nunca se teve uma relação tão boa com o governo Federal. O diálogo aberto permanece uma marca do governo Lula. Sergipe virou caminho de roça para os ministros. De forma conjunta, vamos colocar o Brasil no caminho do desenvolvimento, gerando emprego de qualidade e renda”.

 

Ricardo Marques I

Após muitas cobranças do vereador Ricardo Marques (Cidadania), o prefeito de Aracaju anunciou o funcionamento do corredor exclusivo para ônibus na Avenida Hermes Fontes. O parlamentar foi o que mais cobrou essa organização no trânsito e foi participar do anúncio na sede da prefeitura. Desde o início do seu mandato na Câmara Municipal de Aracaju, Ricardo tem feito várias cobranças com relação à mobilidade urbana da capital.

 

Ricardo Marques II

O vereador disse que finalmente a prefeitura marcou a data para a liberação do corredor da avenida Hermes Fontes. “Tenho meus questionamentos com relação a concepção e segurança desse corredor, mesmo assim cobrava a sua liberação. Os quatro corredores de ônibus custaram mais de R$ 54 milhões”.

 

Ricardo Marques III

O vereador reforçou que a mobilidade urbana ainda é um gargalo na Prefeitura de Aracaju. “Aproveitei para mais uma vez cobrar a licitação do transporte público, afinal, do que adianta corredores novos para ônibus sucateados?”, questiona.

 

Polícia Civil

O Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) publicou em suas redes sociais a foto de uma reunião na Secretaria de Administração com a seguinte informação: “O encontro serviu para acertar os últimos detalhes sobre a formação do grupo de trabalho que tratará sobre o projeto de reestruturação dos cargos de Agente e Escrivão de Polícia...”.  Concluiu dizendo que já na próxima semana haverá o agendamento da primeira reunião desse grupo de trabalho.

 

E os militares?

Agora a pergunta que não quer calar: a reestruturação será mesmo apenas dos cargos de agente e escrivão da Polícia Civil? Não haverá reestruturação para os militares estaduais? Com a palavra, o Governo do Estado...

 

Orla de Atalaia I

Considerada como um dos principais cartões postais de Aracaju, a Orla de Atalaia encontra-se abandonada e com equipamentos que comprometem a segurança dos visitantes. Diante da situação de descuido, o vereador Pastor Diego (PP) advertiu sobre a ausência de manutenção nos equipamentos públicos da localidade e considera que o ambiente merece “intervenção para já”.  

 

Orla de Atalaia II

Munido de vídeo e imagens fotográficas, o parlamentar tornou trouxe a público, o relato de um pai que quase se desesperou ao perceber que a trave de uma das quadras da orla caiu sobre seu filho pequeno. “A oxidação da base que fez a trave desabar. Graças a Deus não cedeu batendo na cabeça ou provocando lesões mais graves. Pegou nas mãos, nos pés, ele saiu machucado e não tivemos um acidente fatal. O espaço precisa de reformas, revitalização e quem sabe até de uma intervenção imediata. O que não pode é uma criança correr risco de vida”, endossou.

 

Pastor Diego I

Além disso, o pastor defende que o município se responsabilize pelo incidente e transtornos gerados à família do jovem. “Não precisa deixar esse caso se judicializar. Seria nobre da parte da prefeitura, da parte da secretaria do governo, entrar em contato com essa família. Procurar saber o estado de saúde do menino e se colocar à disposição arcar com todos os custos e despesas médicas que essa família teve e está tendo por falha do Poder Público Municipal”, defende.

 

Pastor Diego II

Na avaliação de Diego, fatalidades desta natureza podem ser evitadas com a devida infraestrutura dos espaços de uso coletivo. “Infelizmente por falta de manutenção, de cuidado e de prevenção quase tivemos uma fatalidade. Nós precisamos urgentemente de uma varredura na Orla de Atalaia, na cidade de Aracaju. Para que as áreas de lazer sejam inspecionadas, tornem-se seguras e nossas crianças possam se divertir. Ter seu momento recreativo com dignidade e segurança”, salientou.

 

Yandra Moura I

Como relatora do Projeto de Lei 2750/21, que assegura às pessoas com deficiência visual o direito de receber certidões de registro civil em braile, a deputada federal Yandra Moura (União) apresentou parecer pela aprovação na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). O projeto tramitou em caráter conclusivo, portanto, segue ao Sendo Federal.

 

Yandra Moura II

A implementação do método braile na confecção de certidões de registro civil é um avanço significativo para garantir a igualdade de condições às pessoas vulneráveis, especialmente aquelas com deficiência visual. “Ao adotar o braile, o acesso à informação e a participação na sociedade se tornam mais acessíveis, reforçando o compromisso com a inclusão e o respeito à diversidade”, disse Yandra.

 

Yandra Moura III

No relatório aprovado pelos membros da CCJC, a deputada informou que toda e qualquer política voltada para a pessoa com deficiência deve seguir os princípios da universalidade, indivisibilidade, interdependência e inter-relação de todos os direitos fundamentais. Para Yandra, é possível colocar em Lei a exigência de uso de novos recursos tecnológicos que, com menor burocracia e custo do imposto pelo sistema braile, podem assegurar à pessoa com deficiência visual grau equivalente de acessibilidade.

 

Olha a Codise!

Visando à ampliação de duas empresas de confecções do ramo da moda em Itabaianinha, município do Centro-Sul Sergipano, gestores estaduais da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise) visitaram as empresas Oxintty e Cativante. O objetivo foi apresentar os incentivos do Estado para a ampliação das indústrias, a exemplo dos incentivos fiscal e locacional, ofertados através do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), executado pela Codise.

 

Ronaldo Guimarães

O presidente da Codise, Ronaldo Guimarães, destacou os efeitos que os incentivos buscam gerar na cadeia produtiva. “Apresentamos os benefícios do estado para que os empresários possam aderir e, assim, potencializar a comercialização de suas mercadorias, gerando mais competitividade no mercado, emprego e renda”, elencou Ronaldo. Já o diretor de Operações da Codise, Abner Melo, evidenciou a organização das empresas. “Constatamos as excelentes estruturas e a qualidade de vida oferecida aos funcionários”, completou.

 

Laércio Oliveira I

Foi realizada no auditório do Senac em Aracaju, a entrega do XI Prêmio João Ribeiro de Divulgação Científica e Inovação Tecnológica, uma iniciativa do Governo do Estado através da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE). Além de premiar 18 profissionais, entre pesquisadores, bolsistas, profissionais de comunicação e estudantes, o evento também reconheceu personalidades da política e instituições que contribuem para a ciência e a pesquisa. Um dos homenageados foi o Senador Laércio Oliveira (PP).

 

Laércio Oliveira II

Laércio tem atuado para impulsionar o desenvolvimento de projetos científicos e tecnológicos em Sergipe, incentivando parcerias entre universidades, instituições de pesquisa e o setor privado. Sua defesa de políticas públicas que favorecem a pesquisa e a inovação tem sido fundamental para impulsionar a economia do estado. Uma das ações mais significativas como Deputado Federal foi a relatoria da Lei do Gás, que abriu o mercado de Gás Natural no país, impulsionando o desenvolvimento e a geração de empregos. Ele também destinou emenda para a criação do Centro de Biotecnologia da Reprodução Animal da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

 

Laércio Oliveira III

Como presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Laércio criou a Câmara Empresarial de Tecnologia da Informação (TI), para promover ainda mais a inserção das empresas nos segmentos governamental, industrial, setor terciário e prestadores de serviços, e criou o projeto Inova + Sergipe, atividade focada no desenvolvimento da economia através da evolução dos processos de tecnologia e inovação, com objetivo de transformar a realidade econômica do estado até o ano de 2030, promovendo geração de emprego e renda para a população, atuando nas diversas áreas do setor produtivo do estado.

 

Roseniura Santos I

Leitora assídua de temas ligados ao Direito e à sociedade, a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmen Lúcia recebeu com entusiasmo o livro ‘A Reforma Trabalhista Brasileira e o Projeto Doing Business: influências do Banco Mundial’, da auditora-fiscal do trabalho Roseniura Santos. Superintendente Regional do Trabalho adjunta em Sergipe, a autora entregou a obra à magistrada mineira durante audiência na sede da Corte, em Brasília.

 

Roseniura Santos II 

Durante o encontro, Roseniura explicou a Carmen Lúcia a importância em compartilhar com ela o texto – que é fruto da experiência acumulada pela auditora ao longo de mais de 25 anos de atuação no direito do trabalho e no administrativo-fiscal. “Ministra, sei da sua atenção ao tema. O livro foi concebido com a expectativa de contribuir para uma reflexão crítica do processo de reforma trabalhista e construção de uma nova concepção da relação entre empregados e empregadores baseada colaboração harmônica”, resumiu a escritora à integrante do STF, que afirmou que lerá o livro, pois se trata de um assunto muito relevante e que ela acompanha com atenção.

 

Carmem Lúcia

Carmen Lúcia presidiu o Supremo durante a tramitação da Reforma Trabalhista (Lei 13.467/17) no Congresso Nacional e tem votado de forma decisiva, nos últimos anos, no Plenário do Tribunal, ações que questionam a constitucionalidade da lei. A ministra foi a segunda mulher a integrar o STF e a primeira ministra a usar calça comprida durante uma sessão plenária, fato aparentemente simples mas com força simbólica por representar a atuação das mulheres no mercado de trabalho. O mesmo marco simbólico aconteceu com a primeira-dama do Brasil Janja Lula da Silva na posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Fruto de pesquisa

O livro é resultado de pesquisas acadêmicas e da experiência profissional de Roseniura. Auditora fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego desde 1996, a sergipana do município de Capela possui doutorado em Políticas Sociais e Cidadania pela Universidade Católica do Salvador e já foi servidora da Justiça Federal em Sergipe e da Justiça do Trabalho da Bahia. 

 

Banco Mundial

Em sua obra, Roseniura demonstra a influência direta das diretrizes do Banco Mundial no processo de reforma trabalhista brasileiro pela análise da metodologia e relatórios produzidos no âmbito do Projeto Doing Business, que visa monitorar os países quanto à normatização do mercado de trabalho.

 

Salão 1985 Aracaju I

O Salão 1985 Aracaju promoveu um dia de beleza e transformação nas lindas atletas da seleção brasileira de conjunto de Ginástica Rítmica. Em um ambiente acolhedor e confortável, as meninas fizeram tratamento capilar, maquiagem, manicure e pedicure, sendo recepcionadas pela empresária Carla Machado.

 

Salão 1985 Aracaju II

Estiveram no salão parte da comissão técnica da Confederação Brasileira de Ginástica, como a treinadora Camila Ferezin e a coreografa da seleção, Bruninha Marttins, além das consagradas atletas que estão se destacando mundialmente. As meninas estão em preparação final para o Campeonato Mundial de Valência, na Espanha.

 

Ruas Vivas

A Câmara de Aracaju aprovou em primeira discussão o Projeto de Lei 206/2022 de autoria do vereador Breno Garibalde que dispõe sobre a criação do Projeto Ruas Vivas. A iniciativa consiste na destinação temporária de trechos de vias públicas para atividades de lazer, esporte, cultura e mobilidade ativa.

 

Breno Garibalde I

“O intuito do nosso projeto é fechar algumas vias no final de semana e feriado, para que as pessoas possam ter mais áreas de lazer. Principalmente na Zona Norte e na Zona de Expansão de Aracaju, que são locais onde a comunidade não tem tanto acesso a essas áreas. Inclusive em alguns bairros não tem sequer espaço para essa finalidade. Então, esse projeto vem para permitir que algumas vias sejam fechadas em horários específicos para o lazer da população”, ressalta o parlamentar.

 

Breno Garibalde II

Ainda segundo Breno, é muito importante que as pessoas passem a viver mais a cidade. “Precisamos aproveitar melhor mais os nossos bairros, a nossa cidade, ampliar os espaços de lazer nas ruas de Aracaju. Que a prefeitura, por sua vez, possa criar incentivos para isso, que as secretarias trabalhem de forma multidisciplinar trazendo eventos, trazendo mais cultura e lazer para a população aracajuana”, complementa.

 

Acompanhamento

Após entrar em vigor, o Ruas Vivas contará com um Comitê de Acompanhamento e Fortalecimento, com o objetivo de apoiar a Prefeitura no aprimoramento das ações do programa, tendo em vista o papel construtivo da participação popular no acompanhamento das ações da gestão municipal. O Comitê de Acompanhamento e Fortalecimento do Programa Ruas Vivas será intersetorial, com representantes da prefeitura e por entidades da sociedade civil ligadas à agenda de mobilidade e novas formas de uso do espaço público.

 

Georgeo Passos I

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) quer trazer mais transparência para os contratos de aluguéis de imóveis particulares feitos pelo Poder Público em Sergipe. O parlamentar protocolou, este ano, na Assembleia Legislativa, um projeto de lei visando garantir que todos os contratos sejam disponibilizados de forma clara e acessível ao público em geral.

 

Georgeo Passos II

A divulgação deve conter espécie e número do contrato, endereço do imóvel locado, valor do aluguel, bem como os reajustes ao longo dos anos. Segundo Georgeo, a iniciativa tem como objetivo principal promover maior transparência nos gastos públicos relacionados aos aluguéis de imóveis, assegurando que a utilização dos recursos seja realizada de maneira justa e eficiente em benefício da sociedade. "Temos que ver de perto quais contratos estão ativos e os valores gastos com eles", assegurou.

Georgeo Passos III

“A transparência é uma das bases da gestão pública responsável. A população tem o direito de saber como o dinheiro público está sendo aplicado, e o controle social é um instrumento poderoso para combater desvios e garantir a correta aplicação dos recursos. É uma proposta que traz segurança e garantias para que todos possam fiscalizar”, completou o parlamentar.

 

Transparência

O projeto aguarda tramitação na Alese. Georgeo diz que a expectativa é de que a proposta receba apoio e se torne uma importante ferramenta no aprimoramento da gestão pública no Estado, combatendo irregularidades. “É uma lei que representará um avanço significativo na transparência e no controle dos gastos e merece todo o apoio", finalizou.

 

Boa Luz

Há apenas 15 minutos de Aracaju encontra-se o maior complexo de lazer e turismo do Nordeste: A Reserva Boaluz. Oferecendo uma experiência única de contato com a natureza, o complexo reúne em um só lugar parque aquático, milhões de metros quadrados de mata nativa, lagoas, bosques, além de opção de hotelaria e diversos pontos de gastronomia com café da manhã, almoço e jantar. Passando por um momento de transição e melhorias em toda a sua estrutura, o Boaluz Park vai inaugurar ainda mais opções de atrações nos próximos meses, mas o local segue em funcionamento recebendo centenas de pessoas diariamente.

 

Atrações I

O moderno sistema Multiclubes permite que o visitante garanta seu ingresso day use antecipado com valor promocional. Com o ingresso em mãos, o visitante possui acesso ao parque e seus atrativos: piscinas com paisagens naturais para garantir as melhores fotos instagramáveis, tobogã, escorregador gigante, cachoeiras e piscina infantil com diversos brinquedos. Também estão disponíveis quadras de areia para vôlei, futevôlei e beach tênis. 

 

Atrações II

Para quem curte o contato com animais, a Boaluz Park possui uma fazendinha que promove o contato com zebras, lhama, mini-bois, cavalos, pôneis, coelhos, pintinhos e vários outros animais da fazenda que prendem a atenção da criançada e dos adultos. O valor do ingresso antecipado no site é de R$ 79,90 para adultos e R$ 49,90 para crianças de 4 a 11 anos. Crianças de 0 a 3 anos possuem entrada gratuita.  O parque funciona de terça à domingo das 9h às 17h.

 

Escola de Goleiros I

Nos dias 12 e 13 de agosto será realizado o Workshop Escolas RC de goleiros na Arena Golaço. A realização tem a assinatura de Tio Edson Futebol Clube e as inscrições custam R$ 150 (30 vagas) para professores e R$ 100 (30 vagas) para alunos (goleiros). No dia 12 pela manhã o evento inicia com aula teórica no Colégio do Salvador e, à tarde, com aula prática na Arena Golaço.

 

Escola de Goleiros II

No dia 13 pela manhã tem uma clínica para goleiros (alunos de escolinhas e de escolas de modo geral), onde os professores da RC se utilizarão de sua metodologia para ajudar a aprimorar a técnica dos alunos escritos. O objetivo deste workshop é trazer conhecimento específico para profissionais que trabalham em escolinhas de futebol e futsal, visto que a posição “goleiro”, exige um padrão motor diferenciado das demais posições desta modalidade.

 

Tradição

A Escola RC de goleiros vem de uma tradição na formação de atletas nesta posição, tem como figura principal o Professor de Educação Física, Rodrigo Cesar, ex-goleiro profissional e mentor da metodologia e fundador da escola RC de goleiros, pioneira e referencia regional e nacional na formação de atletas de alto nível nas modalidades futsal e futebol de campo. Será a primeira vez que Aracaju recebe um evento como este, colocando nossa cidade no mapa referência neste tipo de especialidade no futebol.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc