Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose médicos citam importância do esporte

Jose Costa, 16 de Setembro, 2023

O único alerta é para usar o esporte como prevenção, respeitando a condição física

 

Hoje, 16 de setembro é o Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose, data definida para aumentar a conscientização do povo sobre essa doença. Além disso, os médicos especialistas em cirurgia vascular Dra. Silvia Iglesias, do Hospital Sírio-Libanês, e Dr. Sascha Werner, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, revelaram a importância do esporte nesse combate.

 

A importância do esporte no Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose

“Sim, o exercício físico pode desempenhar um papel importante na prevenção e no tratamento da trombose. Afinal, ele estimula o fluxo sanguíneo e a circulação, o que ajuda a prevenir a formação de coágulos”, declarou a Dra. Silvia em entrevista exclusiva para o Sport Life.

 

Nesse sentido, há muitos motivos para uma pessoa se exercitar com intuito de se prevenir dessa enfermidade, mas coincidentemente existe o “alerta” do doutor Werner para quem está na fase aguda dessa doença.

 

“Na fase aguda, não há contraindicação para prática de exercício físico, porém este deve ser leve e condizente com o bem-estar do paciente, pois a dor persistente também deve ser um fator limitante”, acrescentou o Dr. Sascha em contato com a reportagem.

 

Ritmo de treino para um paciente com trombose

Sendo assim, o ritmo de treino correto se estabelece com base no estado de um sujeito. Que depende da condição de saúde geral e condicionamento físico, e, também, com sugestões de modalidades.

 

“Basicamente, o ideal é evitar o sedentarismo. Geralmente recomenda-se um programa de exercícios que inclua atividades aeróbicas, como caminhada, natação, e exercícios de fortalecimento muscular”, aconselhou Iglesias.

 

A duração desse ciclo esportivo tem cerca de três semanas. Tempo que solicita que os exercícios ocorram com baixa carga e frequência reduzida pelo fato de um paciente estar em vigência de tratamento temporário com anticoagulante.

 

“Exercícios de grande impacto ou de contato não possuem indicação, devido ao risco de sangramentos. Porém, vale lembrar que o repouso absoluto também é contraindicado, pois esse é um fator de risco importante para formação de novos trombos”, detalhou Werner.

 

Além do esporte, o que serve de prevenção e combate à trombose?

“Manter bons hábitos de vida, como boa alimentação e hidratação adequada. Além de evitar hábitos, como tabagismo, álcool, drogas e sedentarismo”, encerrou o Dr. Sascha Werner.

 

“Evitar longos períodos de imobilidade. Fazer pausas para se movimentar durante voos longos ou longos períodos sentados, uso de meia elástica, sem reposição hormonais e sem obesidade”, sugeriu a médica do Sírio-Libanês.

 

O que é a trombose?

É a formação do coágulo dentro de um vaso sanguíneo, em uma veia ou artéria, criação que ocasiona uma obstrução e impede a circulação correta do sangue. Dessa forma, a trombose pode ser profunda ou superficial e em ambos os casos o tratamento médico torna-se urgente. A trombose profunda aparece quando esse o coágulo se forma nas veias fundas. Se esse dano já atinge por baixo da pele, temos a trombose superficial.

 

“Isso pode causar sintomas de inchaço, dor e vermelhidão na área afetada. Em casos mais graves, o coágulo pode se soltar, viajar para os pulmões e causar uma condição chamada embolia pulmonar, que pode ser potencialmente fatal”, concluiu a Dra. Silvia Iglesias.

 

Fonte: https://sportlife.com.br/dia-nacional-de-combate-e-prevencao-a-trombose-medicos-citam-importancia-do-esporte/ - By Guilherme Faber - Shutterstock

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc