Protagonismo de André Moura para o Senado já começa a incomodar

Habacuque, 02 de Outubro, 2023

Em Sergipe há quem tenha uma verdadeira admiração pelo político, como também há quem resista e alimente uma rejeição, mas é inegável o potencial, a liderança e o poder de articulação do ex-deputado federal André Moura. Muito importante para a eleição do governador Fábio Mitidieri (PSD) na eleição de 2022, André também ajudou sua filha (Yandra) a ser a deputada federal mais bem votada de Sergipe com mais de 131 mil votos e, agora, com os direitos políticos assegurados, ele olha para o Senado Federal em 2026 como uma meta a ser alcançada.  

Em todas as entrevistas que concede, André Moura confirma que seu compromisso é com a reeleição do governador, mas também não esconde o desejo de conquistar uma cadeira no Senado. Em 2018 ele chegou a concorrer a uma das vagas para o cargo, mas findou não tendo êxito. É evidente que ainda falta muito tempo e que, como ele vem colocando, as discussões acontecerão no momento adequado com os líderes do agrupamento governista, mas em qualquer roda política, na capital ou no interior, seu nome começa a “ganhar musculatura” para 2026.

O fato de ser hoje o líder maior do União Brasil no Estado já começa a incomodar, tanto aos adversários que já se posicionam fazendo oposição quanto entre alguns aliados que também sonham em construir seus respectivos projetos políticos para o futuro. André tem o apoio de diversos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças em todo o Estado. Deputados estaduais e federais também caminham com ele, reconhecem a sua importância e prestígio político. Hoje, a depender da situação, é possível que André tenha mais prestigio em BSB do que a maioria da atual bancada federal.

E isso independente se ele faz oposição ou apoia o governo federal; André soma para o governo do Estado, abre portas em Ministérios e órgãos federais para secretários de Estado, secretários municipais, diretores de empresas públicas e para políticos sergipanos em geral, como prefeitos, vereadores e deputados, por exemplo. Não é à toa que vem respondendo por uma secretaria estratégica representando o governo do Rio de Janeiro na capital do País. Seu apoio político para quem almeja chegar a uma prefeitura no próximo ano é cada vez mais relevante.

Não custa lembrar o volume de recursos federais que André Moura viabilizou para Sergipe, como líder do governo na Câmara dos Deputados e, em seguida, no Congresso Nacional, superando a marca de R$ 1 bilhão. Dinheiro que foi assegurado para prefeitos aliados e até para adversários, mas que beneficiou a sociedade como um todo. Todo esse “movimento” acaba atraindo “holofotes” para André, contribui para que a “ciumeira” se concentre no seu entorno. Por mais que seja positivo para o Estado e para os municípios, adversários/aliados não o querem “fortalecido” por demais!

Quando “deixa no ar” a possibilidade de voltar a disputar o Senado, agora em 2026, André joga uma “carga” em outros postulantes porque reconhecem sua experiência e seu estilo combativo para vencer uma eleição. É evidente que, a partir daí, começam a surgir rumores e boatos relacionados a supostas tensões ou estranhamentos. Nada mais é do que um “joguete político” antigo na expectativa de tentar afastar Moura da base governista ou, mais precisamente, do próprio Fábio Mitidieri. Coisa de quem quer o governador e/ou o poder político só para si...

 

Veja essa!

O ministro dos Transportes, Renan Filho, esteve em Sergipe para acompanhar as obras de duplicação da BR-101 (interminável) no trecho Norte, sentido Alagoas. Na oportunidade o auxiliar do governo falou que a duplicação da BR-235 já está sendo projetada.

 

E essa!

O ministro disse ainda que caberá ao governo do Estado a duplicação da rodovia que liga Itabaiana a Lagarto e da pista que liga Lagarto à BR-101. Na teoria as propostas são positivas para o Estado de Sergipe e representam sim desenvolvimento e atração de investimentos.

 

Bomba!

Mas, apesar de o ministro ser bem intencionado, este colunista vai questionar: como é que o governo federal fala que está projetando a duplicação da BR-235 se ele não tem previsão de concluir sequer o trecho Norte da BR-101? E o trecho Sul? Não será feito até a divisa com a Bahia?

 

A verdade!

A verdade que muitos não querem dizer, mas que provavelmente ocorrerá: como o custo para a conclusão de toda a duplicação da BR-101 é muito alto e vai precisar do empenho da bancada federal do Estado, ou o ministro terá que interromper a obra atual para iniciar a da BR-235 ou (o mais provável) vai terminar o governo atual e o Agreste dificilmente verá as “máquinas na pista”.

 

Exclusiva!

A informação ainda sob forte sigilo é que alguns gestores públicos sergipanos realizaram algumas “travessuras” com dinheiro alheio e, apesar de não terem sido identificados, findaram deixando as suas “digitais” e podem ser responsabilizados com algum tempo. O boato já começou a circular...

 

Alô Moita Bonita!

Chega a informação que o vereador Paulo do Oiteiro (PL), presidente da Câmara Municipal de Moita Bonita e um dos mais votados no pleito passado, pode ser o pré-candidato a prefeito do agrupamento de oposição liderado pelo ex-deputado Bosco Costa. Paulo não confirma, por enquanto, mas também não descarta a possibilidade.

 

Edvaldo x CMA

No novo capítulo da “novela” entre o prefeito “chinês” Edvaldo Nogueira e o “grupo dos 15” vereadores da capital existem rumores de que os dois lados devem conversar com o governador Fábio Mitidieri para apresentarem suas respectivas alternativas para a cidade; Edvaldo insiste em Luiz Roberto e os vereadores podem caminhar com a deputada Yandra Moura.

 

Conselhos Tutelares

Para quem imagina que teremos “eleições limpas” em 2024, este colunista faz um alerta às autoridades competentes: nesse domingo (1º), durante a escolha de conselheiros tutelares (que serão candidatos a vereador ou cabos eleitorais de mandatários) o que mais se ouvia era a “troca de votos” por caixas de cerveja ou dinheiro em espécie. Daqui a praticamente um ano, os mesmos “eleitores” estão “escolhendo” seus vereadores nas urnas...

 

Sobre Emília I

Este colunista participou do Podcast da vereadora de Aracaju, Emília Corrêa, essa semana, e na oportunidade questionou se ela disputará ou não a prefeitura da capital no próximo ano. Emília disse que primeiro vai ouvir os anseios da sociedade e analisar bem que partido vai se filiar. Sua legenda atual vai passar por uma fusão e ela não tem certeza se seguirá. Vai adotar toda a cautela possível...

 

Sobre Emília II

A vereadora está com razão em ter toda a cautela possível. Seu nome está bem posicionado em todas as pesquisas e, um passo mal calculado pode lhe custar todo um projeto político. Na oportunidade Emília soltou essa: “os donos de partidos, os grandes acordos, não querem Emília candidata para prefeita”.

 

Sobre Emília III

Para este colunista o maior desafio de Emília na atualidade é a construção de um forte agrupamento que “dê liga” à sua pré-candidatura. Ela tem uma reeleição encaminhada e pontua bem nas pesquisas para prefeita, mas ela precisa se sentir segura para arriscar ir para a disputa do Poder Executivo. Precisa montar uma boa estratégia...

 

Inácio-Coroa do Meio

A ponte que ligará o Inácio Barbosa à Coroa do Meio está prestes a sair do papel. O governador Fábio Mitidieri assinou o edital de licitação para construção da nova obra de infraestrutura do Governo de Sergipe na capital. O projeto contempla a construção de um viaduto, uma ponte estaiada e uma ciclovia, totalizando um investimento de mais de R$ 363 milhões. Mitidieri enfatizou que pretende assinar a ordem de serviço em dezembro e o prazo de execução das obras é de 30 meses. 

 

Nova presidência

Nome já conhecido na administração pública estadual, George Trindade assumiu a presidência da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), no lugar da diretora-técnica Lucimara Passos, que comandou interinamente a autarquia por três meses. Trindade é formado em Administração de Empresas e atua há mais de 20 anos no setor público, especialmente na área de projetos e planejamento. O novo presidente da Adema já foi secretário de Estado de Agricultura, da Indústria e Comércio e do Meio Ambiente do município de Boquim.

 

Adema

Os concurseiros de Sergipe devem ficar atentos ao iminente lançamento de um edital para o provimento de vagas na Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema). O governador Fábio Mitidieri foi quem deu a notícia, durante solenidade de posse de George Trindade, novo presidente da autarquia. Ainda não há informações quanto ao número de vagas e áreas do conhecimento, mas para quem se dedica ao ingresso na administração pública por meio de concurso esta é uma deixa que não pode passar batida.

 

Olha o TCE!

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), conselheiro Flávio Conceição, recebeu em seu gabinete representantes do grupo Mães e Pais Voluntários, responsável pela campanha “Autismo - não julgue, compreenda!”. Durante o encontro, o conselheiro assegurou o apoio da Corte à causa.

 

Flávio Conceição

“Fomos convidados a participar desse importante trabalho de conscientização e aceitamos de imediato”, comentou o presidente do TCE, lembrando ainda que no último mês de abril o órgão também promoveu uma série de ações alusivas ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo - 2 de abril.

 

Batatinha

Um dos coordenadores da ação, José Andrade Júnior, conhecido como Batatinha, agradeceu a receptividade do Tribunal: “o objetivo é conscientizar cada vez mais e passar essa mensagem para que as pessoas aprendam sobre o autismo", concluiu Batatinha, que esteve ainda no gabinete do conselheiro Ulices Andrade.

 

Repercutiu

Após a adesão do Tribunal de Contas do Estado à campanha “Autismo - não julgue, compreenda!”, os membros do colegiado abriram a sessão plenária parabenizando o conselheiro-presidente, Flávio Conceição, pela receptividade aos representantes do grupo e pelo imediato apoio à campanha. 

 

Ulices Andrade

Propositor da adesão, o conselheiro Ulices Andrade destacou a relevância da campanha: “Quero agradecer a Vossa Excelência, presidente, por esta Corte ter se somado à campanha de conscientização em torno do espectro autista. Fui procurado pelos representantes do grupo Mães e Pais Voluntários, responsáveis pela campanha e que agora foi abraçada de imediato pelo Tribunal de Contas, assim como já foi abraçada pelo Tribunal de Justiça e outros órgãos, e merece os nossos esforços e engajamento”. 

 

Luiz Augusto 

Logo em seguida, o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro se juntou aos votos de congratulações. “Reforço as palavras ditas pelo conselheiro Ulices Andrade, salientando a relevância do engajamento desta Corte contra o preconceito e na promoção da conscientização em torno do espectro autista”, reiterou. 

 

Luis Alberto

Em suas palavras iniciais, o conselheiro Luis Alberto Meneses validou: “Quero parabenizar todos os membros do colegiado e os servidores que estão engajados na campanha. Esta Corte tem nos lembrado periodicamente a importância de nos juntarmos a causas que precisam ser discutidas”. ​

 

José Carlos Felizola

Por fim, o conselheiro José Carlos Felizola se somou aos demais, evidenciando o empenho da Casa. “Me somo às congratulações e destaco a emoção que vivenciamos ontem, com a visita dos representantes do grupo Mães e Pais Voluntários, principalmente com a presença do menino Emanuel. Na Alese ocorreu uma sessão especial pelo engajamento a campanha e quero parabenizar o Poder Legislativo pela iniciativa”, finalizou o conselheiro Felizola. 

 

Resíduos Sólidos

Com a perspectiva de conscientizar agentes públicos e a sociedade como um todo sobre a temática do meio ambiente, será realizado no próximo dia 9, a partir das 9h, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), o Seminário Gestão de Resíduos Sólidos. A ação foi elaborada de forma conjunta pelo TCE e os ministérios públicos de Contas (MPC/SE), do Estado (MPSE) e do Trabalho (MPT/SE).

 

Eduardo Côrtes I

“Será uma oportunidade de discutir não só a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, mas diversos aspectos relacionados à sustentabilidade financeira e econômica da gestão, a questão das cooperativas e outros mecanismos previstos na Lei", destaca o procurador do MPC e um dos palestrantes do evento, Eduardo Côrtes.

 

Eduardo Côrtes II

Segundo ele, o Seminário é voltado, sobretudo, aos gestores e técnicos responsáveis pela área ambiental no Estado e municípios, além dos vereadores, “já que muitos temas relacionados precisam ser debatidos no legislativo”, comentou.  

 

Programação I

A programação terá início com o promotor de Justiça Sandro Costa, que irá abordar a “Gestão e gerenciamento de resíduos sólidos sob a ótica da Lei da Política Nacional de Resíduos sólidos". Na sequência, a promotora de Justiça Aldeleine Melhor Barbosa apresentará os resultados do projeto "Lixão Mais Não! Por um Sergipe Sustentável", que tem como objetivo a erradicação dos lixões em Sergipe.

 

Programação II

Já o procurador Eduardo Côrtes falará sobre "Sustentabilidade econômico-financeira da gestão de resíduos", enquanto o procurador do Trabalho, Emerson Albuquerque Resende, discorrerá acerca da atuação do MPT na defesa dos direitos das catadoras e catadores. Por fim, o auditor do TCE de Pernambuco, Pedro Teixeira, vai apresentar a experiência pernambucana na gestão de resíduos.

 

Zezinho Sobral

O vice-governador e secretário de Estado da Educação, Zezinho Sobral, foi recebido pelo presidente do TCE/SE, conselheiro Flávio Conceição, na ocasião acompanhado da conselheira Angélica Guimarães, que é a relatora dos processos referentes à Secretaria. “Importante esse diálogo porque o Tribunal tem sido protagonista, um indutor das boas práticas na área de gestão educacional”, afirmou Zezinho Sobral. 

 

Projeto Acolher

Durante a visita, o gestor fez uma apresentação sobre o projeto Acolher, que visa instituir uma equipe de apoio psicossocial escolar em cada diretoria regional, de caráter multidisciplinar, a ser composta de psicólogos e assistentes sociais que atuarão com a finalidade de oferecer suporte às escolas das respectivas regiões da rede pública estadual de ensino.

 

Angélica Guimarães

Já a conselheira enfatizou que o diálogo com os jurisdicionados é sempre oportuno em prol do melhor acompanhamento das gestões públicas, “ainda mais numa área fundamental como a educação”, concluiu.

 

Neto Batalha I

O governador Fábio Mitidieri sancionou a lei que torna obrigatória a assinatura física de pessoas idosas em contratos de empréstimos consignados e operações de crédito que possam causar prejuízos. A lei é de iniciativa do deputado estadual Neto Batalha (PP) e tem a missão de evitar fraudes contra o consumidor idoso em todo território sergipano.

Neto Batalha II

“Inicialmente agradeço a agilidade da Assembleia Legislativa para aprovar o nosso projeto e depois ao governador do Estado pela sensibilidade ao sancionar uma lei super importante para Sergipe”, declarou Neto Batalha. A lei 9.283/23 determina que as operações firmadas por meio eletrônico ou telefônico não podem ser concluídas como aconteciam anteriormente. “Os idosos estão mais vulneráveis a usarem celulares e contraírem dívidas em seu nome, por essa razão a lei vem pra combater essa vulnerabilidade”, destacou.

 

Neto Batalha III

Neto Batalha chama a atenção para os procedimentos de segurança que devem ser observados agora em diante. São eles: biometria, geolocalização, registro fotográfico, confirmação positiva de dados ou qualquer outro tipo de tecnologia capaz de garantir a legitimidade da contratação e assegurar a correta identificação do consumidor. “Não é considerado como procedimento de segurança o uso de senha ou contra-senha pela pessoa idosa. Queremos evitar a possibilidade de golpes, tendo em vista sua posição de vulnerabilidade perante a relação de consumo”, acrescentou o deputado.

 

Paulo Júnior

O deputado estadual Paulo Júnior (PV) cobrou a recuperação da rodovia das Indústrias, em Nossa Senhora do Socorro. O parlamentar também questionou o motivo da paralisação das obras da rodovia Raimundo Juliano, em São Cristóvão. “Recebemos reclamações de moradores da região. É uma rodovia importante para o escoamento da produção do município. Faço um apelo ao diretor-presidente do DER para que adote as providências e realize, pelo menos, uma operação tapa buraco. Também solicito informações sobre a rodovia Raimundo Juliano, em São Cristóvão, cujas obras estão paradas. Essa rodovia será um novo acesso ao município e o trecho que faz ligação com a BR-101 está com serviço paralisado”, disse.

 

Netinho Guimarães

O deputado estadual Netinho Guimarães (PL) recebeu homenagem na Assembleia Legislativa durante comemoração à marca de 20 anos de atividades culturais, sociais, educacionais, democráticas e cidadãs desenvolvidas pela Escola do Legislativo João de Seixas Dória (ELESE). O parlamentar recebeu no Plenário uma placa pela contribuição para o desenvolvimento e a valorização da educação política e cidadã no Poder Legislativo Estadual.

 

Alessandro Vieira I

O Edital de Emendas Participativas do mandato do senador Alessandro Vieira (MDB/SE) é uma iniciativa que inovou a forma de destinar recurso público em Sergipe. Dessa vez, o senador Alessandro convoca governo e prefeituras no Edital de Emendas 02/2023. Até o dia 11 de outubro, secretarias e autarquias, municipais e estaduais podem inscrever projetos para receber recursos do senador. O Edital 02/2023 contempla 10 áreas temáticas: Educação, Saúde, Segurança, Agricultura Familiar, Cultura, Esporte, Assistência Social, Transporte e Trânsito, Sustentabilidade Ambiental e Inovação. 

 

Alessandro Vieira II

“Quando pensamos em recurso público, muitas vezes vem o sentimento de que os processos não são transparentes, e a população não sabe exatamente quanto foi investido e em que. Com o Edital de Emendas Participativas buscamos democratizar o acesso ao recurso público. Nessa segunda etapa, fazemos o chamamento para que secretarias e autarquias, municipais e estaduais participem e formalizem seus pedidos de emendas. Dessa forma, o processo fica transparente e os sergipanos e sergipanas podem acompanhar a execução dos investimentos”, ressalta Vieira.

 

Alessandro Vieira III

Um primeiro Edital foi lançado em Julho/2023, destinado a Organizações Sem Fins Lucrativos, Cooperativas de Agricultura Familiar ou de Reciclagem, Hospitais Filantrópicos, Instituições Públicas de Ensino da Rede Federal (UFS, UFS-HU e IFS), Guardas Municipais e Superintendências Municipais de Transportes e Trânsito. Ao todo, 106.924 sergipanos e sergipanas participaram do processo, votando e escolhendo as iniciativas que vão receber recursos para desenvolver projetos que impactam todo o estado de Sergipe.

 

Outubro Rosa I

Sergipe ganha uma nova cor para alertar as mulheres sobre a prevenção ao câncer de mama. A campanha Outubro Rosa é um movimento que ocorre em todo o mundo para despertar e reforçar a ideia que é preciso (e urgente) cuidar da saúde, fazer o autoexame, ter uma frequência nas consultas preventivas e, caso sejam detectados sinais da doença, iniciar o tratamento o mais rápido possível. Dessa forma, a Sociedade Brasileira de Mastologia – Regional Sergipe (SBM-SE), reforça a mensagem à população: ‘quanto antes, melhor’! Para 2023, a SBM vem com o slogan ‘Juntos somos mais fortes’, que destaca a importância da união na luta contra o câncer de mama.

 

Aline Valadão I

De acordo com a médica mastologista Aline Valadão, presidente da SBM-SE, além de estimular comportamentos para prevenção do câncer de mama, o Outubro Rosa é um momento oportuno para lutar pelo diagnóstico precoce e assertivo, tratamento e reabilitação eficazes.

 

Aline Valadão II

“A união entre toda a sociedade, em todos os seus setores, é fundamental para expandirmos a mensagem da campanha e transformar vidas, reforçando a ideia que todo mês é preciso estimular o autocuidado, que a doença tem cura e que podemos alcançá-la por meio de avanços médicos, detecção precoce e tratamentos eficazes”, destaca a médica mastologista Aline Valadão, presidente da SBM-SE.

 

O Movimento

O movimento internacionalmente conhecido como Outubro Rosa simboliza a luta contra o câncer de mama. Tudo começou nos anos 90 do século XX, quando a Fundação Susan G. Komen for the Cure, de Dallas (Texas – EUA) distribuiu laços cor-de-rosa para os participantes da primeira Corrida pela Cura, promovida anualmente na cidade desde 1990. A ideia foi tão positiva que se expandiu no mundo todo. O câncer de mama é o mais incidente em mulheres, com 74 mil casos novos previstos por ano até 2025, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

 

Prevenção

A mastologista destaca a importância de fazer o exame de mamografia anualmente. “A mamografia anual, a partir dos 40 anos, é o único exame capaz de reduzir a mortalidade por câncer de mama em 25%. Apesar do Ministério da Saúde recomendar ser bianual entre 50 a 69 anos, a recomendação da SBM, CBR e Febrasgo é anual a partir dos 40 anos. Vale destacar  que, segundo o Amazona Study, 25% dos casos de câncer de mama estão entre 40 e 49 anos. Inclusive, a Lei 14.335/2022 frisa que todas as mulheres devem fazer mamografia a partir da puberdade”, ressalta. Durante todo o mês de outubro, a SBM mobiliza toda sociedade quanto à importância do diagnóstico precoce, com a realização de exames preventivos e visitas regulares ao médico.

 

Filantrópicos I

A Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais Filantrópicos e Entidades de Filantropia e Beneficência do Estado de Sergipe (Federase), em parceria com o Governo do Estado de Sergipe e com a Superintendência do Ministério da Saúde em Sergipe realizou o Primeiro “CAPACITA FEDERASE”, um projeto que reúne uma série de capacitações voltadas ao aprimoramento das instituições filantrópicos sendo este primeiro relacionado à gestão de projetos de convênios e contratos oriundos de transferências voluntárias através da Plataforma TransfereGov.

 

Filantrópicos II

O curso promovido pela FEDERASE, teve como objetivo abordar todas as fases de um projeto, desde a sua elaboração, a captação de recursos passando pela execução até a prestação de contas. Ao todo, participaram cerca de 30 colaboradores dos Hospitais associados à Federase (Hospital São José, Hospital de Cirurgia, Hospital Santa Isabel, Hospital Nosso Senhor dos Passos, Hospital Amparo de Maria, Hospital São Luiz Gonzaga, Hospital São Pedro de Alcântara, Hospital Nossa Senhora da Conceição e Maternidade Zacarias Júnior).

 

Carolina Teixeira

Para a Presidente da Federase, Carolina Teixeira, a capacitação dos colaboradores que atuam com os convênios é importante para a segurança dos gestores das instituições e a implementação de boas práticas nos processos relacionados à aplicação dos recursos recebidos oriundos de emenda parlamentar. “Com colaboradores mais capacitados podemos fazer uma gestão adequada dos projetos, garantindo que os recursos sejam utilizados de forma eficiente e que os resultados esperados sejam alcançados”, afirmou. A capacitação foi dividida entre módulo teórico e prático. O conteúdo foi ministrado pelos técnicos do Ministério da Saúde Nilson Barros e Roberto Moraes.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

 

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc