Governo Lula descumpre promessas e aumento do desemprego é um risco

Habacuque, 27 de Novembro, 2023

Sentado na cadeira de presidente da República, desde 1º de janeiro de 2023, Lula (PT) dá impressões que o cargo lhe começa a “pesar”, sobretudo pelo fato de não ter mais o controle do Congresso Nacional e, principalmente, por ter “alimentado” a estruturação de um Supremo Tribunal Federal (STF) “militante” para confrontar o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Ao ponto de que nem o líder do petista no Senado, Jaques Wagner (PT/BA) acompanhou a orientação e votou a favor da proposta que “põe um freio” em alguns abusos que estão sendo cometidos pelo STF.

Talvez Wagner tenha ponderado que até os ministros do Supremo devem ter limites estabelecidos por lei, até para se preservar o Estado Democrático de Direito. Mas não é só isso! A maioria dos formadores de opinião, que levantaram suas vozes e redes sociais em meados do ano passado e ganharam espaços “generosos” na “grande mídia”, quando denunciavam queimadas na Amazônia, incêndios continuados na região pantaneira, hoje parecem viver num “silêncio ensurdecedor”! Pior é ter uma ministra da área, e da região Norte, extremamente omissa a tudo o que está ocorrendo por lá!

O “desmantelo” parece tão grande que, num dia, o governo anuncia uma portaria que mudava a regra para o expediente dos funcionários do setor de comércio aos feriados; diante da pressão dos empresários, o governo Lula se equipara a tudo aquilo que ele condenava e determina que o ministro do Trabalho revogue a portaria para que um “estudo” seja feito para ser apresentado e debatido no próximo ano! Nesse intervalo, cabe uma outra pergunta polêmica: os combustíveis continuam com preços elevados, após quase um ano de governo. Não era o PT quem condenava esses valores?

Mas ainda não é só isso! No “pós-pandemia”, depois do “fique em casa que a economia a gente vê depois”, muitos empregos continuam prejudicados com o fechamento de postos no mercado de trabalho. E agora, mais recentemente, a “cereja do bolo”: Lula decide vetar, integralmente, a proposta que prorroga a desoneração da folha de pagamento, colocando o País sob o risco de uma forte desaceleração econômica, isso com a indústria e o comércio ainda tentando superar os efeitos da crise, medida do governo que além de atrapalhar a geração de empregos, ainda derruba a arrecadação.

E, como perguntar não ofende, como atrair grandes investidores em um cenário de profunda instabilidade econômica? Será que essa medida do governo Lula não vai afetar a arrecadação já “combalida” de Estados e Municípios? Será que não teremos produtos mais caros e uma “inflação pujante”? Se até alguns sindicatos estão reclamando e temendo pelo risco do fechamento de postos de trabalho no País? Voltando ao STF, a impressão é que Lula não sabe exatamente o que fazer: se aperta o Congresso pelo recuo da proposta ou se soma à tese para limitar o Supremo.

É evidente que, pelo perfil em outros cenários de seus governos, Lula está avaliando, politicamente qual a melhor medida, mesmo que lá na frente sua decisão possa reunir consequências prejudiciais para todos. É o tal “colocar a política em primeiro lugar”, sem priorizar o que é mais importante: o povo! Em síntese, Lula prometeu demais em 2022 e, após quase um ano de governo, cumpriu bem menos do que se esperava dele. Sua gestão é toda “fatiada” e, para garantir a governabilidade, é possível que ele venha a dividir “o bolo” ainda mais em breve. Não foi isso o prometido na campanha...

 

Veja essa!

Em Aracaju um grupo político defende que a base governista lance uma chapa majoritária com a Delegada Katarina (PSD) para prefeita e a secretária e Delegada Danielle Garcia (PODE) como vice; essa possibilidade agrada aliados do governador Fábio Mitidieri, mas desagrada a Edvaldo Nogueira.

 

E essa!

Já outro agrupamento da base governista tem como meta o fortalecimento da pré-candidatura da deputada federal Yandra Moura (União). Uns sonham com a chapa “casada” com Danielle Garcia, mas aí dependeria da liberação ou não do governador Fábio Mitidieri.

 

Exclusiva!

A coluna tomou conhecimento que uma decisão política que deverá ocorrer, em breve, aqui no Estado, terá reflexos em uma cidade importante do Estado, já no próximo ano e, possivelmente, nas eleições de 2026. É possível que um entendimento seja “costurado” em meados de dezembro ou início de janeiro próximos...

 

Olho nele!

Tem um político em Sergipe que manda um “representante” acender uma “vela para Deus” e ele mesmo acende uma “vela para o diabo”! Na política você não consegue agradar a “dois senhores” ao mesmo tempo, ou só o faz até que os cenários entrem em ebulição! Isso não deve terminar bem...

 

Samuel Carvalho I

Há de se reconhecer o fortalecimento da pré-candidatura de oposição a prefeito de Nossa Senhora do Socorro, do deputado estadual Samuel Carvalho (Cidadania). Só na última semana aderiram ao seu projeto os vereadores Alan Mota, Geová de Jesus, Barbosinha e Carlos da Prestação.

 

Samuel Carvalho II

Na semana anterior, o pré-candidato a prefeito de Socorro recebeu as adesões do ex-vereadores Maria da Taiçoca, Carlos Cunha, Edjane Farias e Hélio Passos. Tudo isso sem contar as dezenas de lideranças que estão “desembarcando” no agrupamento liderado por Samuel.

 

Bomba!

Questionado por este colunista sobre uma possível composição com Fábio Henrique em Nossa Senhora do Socorro, Samuel Carvalho reforçou seu compromisso com a unidade da oposição e disse que “inclusive estou disposto e aberto para uma conversa política com o ex-deputado André Moura (que tem incentivado FH a disputar a prefeitura mais uma vez). Não vejo problema em dialogar”, disse.

Alô Moita Bonita!

Quem também demonstra simpatia com a pré-candidatura do vereador Paulo do Oiteiro para prefeito de Moita Bonita é a vereadora de Aracaju e pré-candidata à prefeita da capital, Emilia Corrêa. A informação é que a parlamentar tentará ajudar alguns amigos durante a campanha do próximo ano em cidades do interior.

 

Yandra Moura I

A deputada federal Yandra Moura (União) cumpriu agenda estreitando laços com comunidades de diferentes bairros de Aracaju. O dia começou com a participação da parlamentar na Santa Missa realizada no Santuário Nossa Senhora Aparecida, no bairro Bugio. Após a celebração, Yandra Moura conversou com o Padre Euclides, líder espiritual do Santuário, que expressou sua gratidão pela presença da deputada e pelo apoio às atividades religiosas e sociais da comunidade local.

 

Yandra Moura II

Em seguida, a deputada foi até o bairro Farolândia, onde assistiu a final emocionante da Copa Atalaia de Futebol, realizada no Estádio Barrosão, como parte das festividades pelos 83 anos do Atalaia Futebol Clube, o mais antigo clube de futebol amador da capital. O título de campeão foi conquistado pelo Progresso Futebol Clube, e a deputada teve a honra de entregar a Taça Desportista Reinaldo Moura ao time vencedor.

 

Yandra Moura III

Em seguida, a deputada participou da segunda edição do Projeto Ruas Vivas, uma iniciativa organizada pelo vereador Breno Garibalde. “É um projeto muito interessante que tem como objetivo ampliar áreas de lazer na nossa capital. Pude presenciar apresentações culturais, oficinas, brincadeiras para as crianças, dentre outras atividades. Um projeto que pelo que presenciei, tem a aprovação popular e a participação em massa de toda comunidade”, reforçou Yandra.

 

TCE & Sebrae

O Seminário “Pequenos negócios, compras públicas e a nova Lei de Licitações e Contratos” promovido por meio de uma parceria da Escola de Contas José Amado Nascimento, do TCE/SE, e o Sebrae, recebeu avaliação positiva entre os mais de 300 inscritos. O auditório da Corte de Contas foi palco de importantes discussões em torno da temática central do seminário.

 

Posse de Etélio I

A sessão solene de posse do promotor de Justiça Etélio de Carvalho Prado Junior no cargo de desembargador do Tribunal de Justiça (TJSE), pelo Quinto Constitucional, acontecerá na próxima quarta-feira (29), às 10 horas, no auditório José Rollemberg Leite, no térreo do Palácio da Justiça, à Praça Fausto Cardoso, Centro de Aracaju.

 

Posse de Etélio II

Etélio de Carvalho Prado Junior tem 48 anos e é natural de Aracaju. Bacharelou-se em Direito pela Universidade Federal de Sergipe e é pós-graduado em Ciências Criminais pelo Instituto Luiz Flávio Gomes. Antes de ingressar no MP, iniciou sua carreira jurídica no TJSE, tendo sido escrivão em Itabaianinha, em São Miguel do Aleixo, na 18ª Vara Cível de Aracaju e na 1ª Vara Privativa de Aracaju. Também foi assessor dos desembargadores Arthur Oscar de Oliveira Deda, Epaminondas Silva de Andrade Lima e Clara Leite de Rezende.

 

Posse de Etélio III

Ingressou no Ministério Público de Sergipe em 2003, atuando na Promotoria de Justiça de Lagarto, São Cristóvão, Nossa Senhora da Glória, Canindé do São Francisco, Ribeirópolis, Boquim, Japaratuba e Tobias Barreto. Também foi diretor do Centro de Apoio Operacional da Educação, promotor de justiça dos Direitos da Educação da Capital, coordenador Recursal da Procuradoria-Geral de Justiça e assessor da Coordenadoria-Geral do Ministério Público. É titular da 1ª Promotoria do Júri de Aracaju e, atualmente, é Secretário-Geral do Ministério Público.

 

Trâmite

A vaga do quinto constitucional, destinada desta vez ao Ministério Público de Sergipe, foi aberta após a aposentadoria do desembargador Edson Ulisses de Melo, em agosto deste ano. A escolha do novo desembargador foi iniciada no Ministério Público no dia 22 de setembro, quando o Conselho Superior apontou seis nomes, todos enviados ao TJ naquele mesmo dia. A sessão administrativa do Tribunal Pleno que escolheu a lista tríplice aconteceu no dia 25 de outubro e foi entregue ao governador Fábio Mitidieri, no dia 30 de outubro, que assinou o decreto de nomeação no último dia 20.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc