AS DATAS DE OUTUBRO por Manoel Moacir Costa Macêdo

Manoel Moacir, 21 de Outubro, 2022 - Atualizado em 21 de Outubro, 2022

 


O Brasil, segue o calendário Gregoriano, criado pelo Papa Gregório XIII em 1582. A sua lógica temporal é o nascimento de Jesus Cristo e o ciclo solar de trezentos e sessenta e cinco dias. O mês de Outubro é agraciado por datas relevantes àhumanidade. Algumas são conhecidas e comemoradas, outras nem tanto, mas todasimportantes. Umas nativas, outras de fora, mas merecedoras de aplausos e reconhecimento.

Destaque para algumas delas. 01, dia internacional da música e da pessoa idosa. 02, dia internacional da não–violência. 08, dia do nordestino. 12, dia da criança, de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil, e do engenheiro agrônomo. 15, dia do professor. 17, dia internacional da erradicação da pobreza. 18, dia do médico. 21,dia nacional da alimentação na escola. 28, dia do servidor público e 29, dia nacional do livro.

Outubro, mês iluminado por mensagens civilizatórias e humanistas. “Outubro Rosa”, aprevenção do câncer de mama, o cuidado com amulher, matriz divina da vida terrena. Mês de apenas um feriado nacional, o da Padroeira do Brasil, num país majoritariamente cristão nas vertentes católica, evangélica e espírita. Para uns a “pátria do evangelho e o coração do mundo”, para outros “não existe pecado abaixo da linha do Equador”.

Outubro acolhe datas que reverenciam aprodução de alimentos, a educação, a saúde e a proteção do meio ambiente. Abraça o direito dascrianças, muito mais que doar presentes, cachorro quente e algodão doce, mas proteção, lazer, educação, amor e acolhimento familiar, milhões delas abandonadas e desprovidas de um lar.

Outubro louva o engenheiro agrônomo no seu ofício de produzir comida, cuidar dos biomas e da biodiversidade estratégica. Inaceitável a persistentefome de brasileiros e brasileiras, num país comoferta abundante de alimento, mas carente de rendapara os pobres comprar comida, pela abismal desigualdade social. Na perspectiva moral, a comida não pode ser uma mercadoria vendida nos balcões das imperfeições do mercado.

Outubro registra a erradicação da pobreza e celebração da música. A arte pode estar distante das necessidades imediatas, mas não se vive sem música, teatro, cinema e poesia. Saúda o médico, o profissional da vida.

Outubro homenageia o servidor público, necessário e espoliado numa sociedade desigual que carece da proteção dos serviços estatais e inclui uma ímpar referência ao nordestino. Gente viva e vibrante, que jamais esmorece. Nordeste rico em potencialidades e resistente a seca e as cercas. Região que deu vida ao Brasil e identidade pátria. Nela aportou os descobridores portugueses e causou cobiça ao Velho Mundo.

Outubro acolhe e abraça o Dia do Professor, celebrado em 15 de outubro. Homenagem aos profissionais que contribuem para a formação e desenvolvimento das pessoas e das profissões. A maior de todas as datas. Uma data indispensável à humanidade. Marca advinda do decreto de Dom Pedro I, em 15 de outubro de 1827, que resultou na criação da Escola de Primeiras Letras, a educação em nível básico no país. Em 1963, o Decreto nº 52.682, de 14 de outubro oficializou o Dia do professor como feriado escolar nacional.

Professor é mestre, sabedoria, arte e técnica. Síntese das qualificações e competências. Público, privado ou voluntário. Consciente e libertador. Não se forma um professor, ele forma os outros. O professor unifica harmonicamente e louva as profissões, datas e celebrações de Outubro.

O Dia do Professor, não significa apenas um dia do mês de Outubro, mas o ano por inteiro, pois sem ele, o calendário gregoriano seria menor.

Manoel Moacir Costa Macêdo é engenheiro agrônomo e advogado.

 

O que você está buscando?

google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc api.clevernt.com/3ed9a8eb-1593-11ee-9cb4-cabfa2a5a2de/ google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc UA-190019291-1 google-site-verification=GspNtrMqzi5tC7KW9MzuhDlp-edzEyK7V92cQfNPgMc