A MEDICINA NA TERRA DA CULTURA

O evento acadêmico teve transmissão ao vivo pelo YOUTUBE da Academia Sergipana de Medicina e contou com representantes de diversas academias literárias, culturais e científicas do Estado.

Domingos Pascoal, 28 de Março, 2023 - Atualizado em 28 de Março, 2023

     A histórica Laranjeiras foi sede em 25 de março último, da III Tertúlia de Humanidades da Academia Sergipana de Medicina, que homenageou ilustres médicos nascidos na cidade. A sessão foi comandada pelo Acad. Presidente William Soares e foi conduzida pelo secretário-geral da entidade, o Acad. Lúcio Prado Dias que, de forma inusitada, começou os trabalhos cantando a música “Vou voltar pra Laranjeiras”, do saudoso médico Antônio Garcia Filho. Ele também leu em seguida trecho do famoso discurso de Garcia, “Acorda Laranjeiras...”, proferido na abertura do I Encontro Cultural de Laranjeiras, em 1976.

     O evento acadêmico teve transmissão ao vivo pelo YOUTUBE da Academia Sergipana de Medicina e contou com representantes de diversas academias literárias, culturais e científicas do Estado. Além de membros das Academias de Medicina e de Letras, foram observadas as presenças de representantes da Academia Riachuelense de Letras, Ciências e Artes (Acad. Nelma dos Santos), da Confraria Sancristovense de História e Memória (Acadêmicos Adailton Andrade e Celso Menezes Costa), da Academia Literária de Vida, da Academia Lítero Cultural de Sergipe ( Cris Souza, presidente e Eunice Guimarães), da Academia Sergipana de Cordel ( Alaíde Souza Costa), da Academia Feminina de Letras e Artes de Sergipe (Ana Cláudia Mendonça), da Academia Maruinense de Letras e Artes ( Acad. Maria Lúcia Marques e Inácia ), da Academia Maçônica ( Eduardo Almeida), da Academia de Jovens Escritores de Japoatã ( Rita Freire), da Academia Japoatenense de Letras e Artes ( Célia Mônica), da Academia Estanciana de Letras ( Luzia Nascimento), da Academia de Letras Areiabranquense ( Ednaldo Sampaio e Edijan Góis), dos secretários da prefeitura de Laranjeiras Plácido Lira ( Cultura), Paulo Leite e Geraldo Vieira (Educação). Dos integrantes da família Bragança, os médicos Ricardo Bragança e Tatiana Bragança de Azevedo (essa vindo diretamente de Porto Alegre), além dos irmãos Tadeu Rollemberg, Fabiana Guimarães e Flávia Barbosa. O Campus da UFS esteve representado pelo Professor Pedro Ribeiro. Já o Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe foi representado pelo imortal da Academia Itabaianense de Letras Rivadálvio Lima.
     A mesa dos trabalhos foi composta pelo Acad. William Soares, da ASM, do Sr. Plácido Lira, Secretário de Cultura e Turismo, pelo Acad. José Anderson Nascimento Presidente da Academia de Letras, pelo Acad. Domingos Pascoal, representando as demais Academias Literárias do Estado e pelo Acad. Lucio Prado Dias, presidente da Sobrames Sergipe.
Após a abertura oficial da sessão feita pelo Acad. William Soares dando as boas-vindas aos presentes, o Acad. José Hamilton Maciel Silva, que no ato representava a Federação Brasileira de Academias de Medicina, discorreu sobre a vida e a obra do Dr. Garcia Moreno, patrono da III Tertúlia. Em seguida, o Acad. Roberto César Pereira do Prado proferiu a conferência “Enjolras Vampré: um laranjeirense no panteão da Neurologia Brasileira”. Depois o médico urologista Ricardo Bragança traçou o perfil biográfico do laranjeirense Francisco Rollemberg, médico, escritor e ex-senador da República. Encerrando a programação, o Acad. Lucio Prado Dias descreveu a saga dos Braganças médicos, em um consistente trabalho de pesquisa, enaltecendo as figuras inolvidáveis de Francisco Alberto de Bragança, o primeiro a chegar à cidade, ainda no Século XIX, passando por Antonio Militão de Bragança, e dos descendentes diretos, Francisco Plácido Tavares, já falecido, Ricardo Viana e Ricardo Fontes, estes últimos médicos ainda atuantes na medicina sergipana, na área de urologia.
     Após a sessão, houve sorteio de livros entre os presentes e a doação de obras das Sobrames para as bibliotecas públicas do município. Para finalizar o grande encontro, houve o plantio de uma muda de pau-brasil em frente ao Campus e visita guiada à Igreja Sagrado Coração de Jesus. Após o almoço em um restaurante da cidade, a delegação regressou à capital e aos seus municípios.


(Por Lúcio Prado Dias, da ASM, ASL e Sobrames – 25 de março de 2023) 

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT