Academia de Letras de Aquidabã chega ao seu 7º aniversário

Domingos Pascoal, 03 de Dezembro, 2023 - Atualizado em 03 de Dezembro, 2023

 


O município de Aquidabã na noite desta quarta-feira, 29/11/23, esteve em festa, pois a Academia Aquidabãense de Letras, Cultura e Artes (AALCA) promoveu sessão solene em comemoração ao seu 7º aniversário. 

A Academia ao longo desses sete anos vem desenvolvendo ações em prol da cultura, arte e literatura local, através da criação de projetos como a publicação de Antologia, preservação da memória como é o caso da vida e obra do cantor aquidabãense José Augusto, concurso de poesia e das ações que seus membros desenvolvem individualmente em espaços escolares e comunitários. 

Para celebrar o 7º Aniversário, a AALCA realizou a 2ª edição do Concurso de Poesia Profº Acelino Pedro Guimarães para os estudantes das redes públicas e privadas do município. O concurso além de estimular que crianças e jovens adentrem ao universo da leitura e escrita faz uma homenagem a um dos filhos ilustres de Aquidabã. O professor Acelino nasceu no dia 14 de fevereiro de 1927 e faleceu no dia 15/02/2002. Ele foi contador, advogado, poeta, historiador, escritor, professor de Direito Civil nas Faculdades Integradas Tiradentes e Membro Academia Sergipana de Letras, cadeira 12. Publicou mais de 20 livros e uma Gramática da Língua Portuguesa.

A sessão solene iniciou com a fala do presidente Joaquim Macedo acolhendo os estudantes, professores, acadêmicos e a comunidade em geral, ressaltando a importância da AALCA para a sociedade e o quanto a presença do público estudantil engrandece o horizonte da Academia. Após a fala do presidente, o público ouviu o professor Edson Gomes, representando o secretário municipal de educação, parabenizando a participação dos estudantes no II Concurso de Poesia e agradecendo à Academia pela ação. Em seguida, o professor Lucas Lamonier, vice-presidente da Academia Gloriense de Letras e Membro da Academia Cristinapolitana de Letras e Humanidade, falou da importância de ações que incentivem crianças e jovens a desbravarem o universo das palavras. O neto do professor Acelino, Eduardo Guimarães, membro da AALCA, falou sobre sua convivência com seu avô e o quanto ele gostava do mundo da escrita.

Após as falas deu-se início a premiação das três modalidades do concurso: I – Estudantes do 4º ao 6º Ano, II – Estudantes do 7º ao 9º Ano e a III – Estudantes do Ensino Médio. O certâmen recebeu texto de 246 estudantes advindos de 12 escolas municipais, estaduais e privadas do município. A premiação para os ganhadores era 1º Lugar – R$300,00, 2º Lugar – 200,00 e 3º Lugar – 100,00. Além de Certificado e Medalha. Ainda as escolas participantes foram agraciadas com um kit de livros e um certificado de participação. Foram essas premiações a Academia entregou prêmios especiais a outros participantes do Concurso.

No momento da premiação os ganhadores eram convidados a recitarem seu poema. Aqueles que não conseguiam recitar por conta da emoção teve o auxílio da professora Evandra Gomes de Souza a qual fez belíssimas recitações dos poemas que foram premiados.

O presidente da Academia anunciou que os 100 melhores poemas farão parte de uma Antologia que será publicada no dia 04/04/2024, dia da Emancipação Política de Aquidabã. Assim, a Academia vai estendendo suas ações para o seio da comunidade. 

Durante a sessão solene houve a apresentação musical de Pablo e Miltinho, cantores locais e a partilha de um bolo em comemoração ao 7º aniversário da AALCA.

A cerimônia contou com a presença dos acadêmicos, professores, estudantes e da sociedade aquidabãense.

 Viva a Poesia! Vida longa à AALCA!

 


Carlos Alexandre Nascimento Aragão

Membro da AALCA

O que você está buscando?

mgid.com, 539646, DIRECT, d4c29acad76ce94f amxrtb.com, 105199704, DIRECT